VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

terça-feira, 7 de julho de 2015

O PSDB VÊ A CRISE DE DIVERSAS FORMAS

Com informações do Blog de Inaldo Sampaio -

Maior partido de Oposição do Brasil, o PSDB não unificou ainda o seu linguajar em relação às crises que o Brasil atravessa e à possibilidade de Dilma Rousseff não concluir o seu mandato. A perspectiva de poder é clara, mesmo que a atual presidente chegue a 2018. E talvez por causa disto falte clareza aos tucanos para lidar com a crise que os favorece. 

O ex-presidente FHC, por exemplo, o primeiro a detonar a tese do “impeachment”, escreveu anteontem no “Estadão” que o Brasil espera das oposições que “reiterem não ter o propósito antidemocrático de derrubar governos, nem tampouco o temor de cumprir seus deveres constitucionais, se os fatos e a lei assim o impuserem”. Já o senador José Serra não vê saída para a crise no presidencialismo e passou a defender o parlamentarismo. E o líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), continua apostando na queda de Dilma e na convocação imediata de novas eleições.

A fraqueza de Dilma

Domingo passado, na convenção nacional do PSDB que elegeu Bruno Araújo (PE) para uma das vice-presidências do partido, o senador José Serra (SP) afirmou que, comparado com o de Dilma Rousseff, o governo do presidente João Goulart, que foi deposto por um golpe militar em 1964, era de uma “solidez granítica”. O ex-governador de SP disse também que Jango tinha apoio popular e sabia cercar-se de bons ministros, o que não ocorre com a atual presidente.

Prévias – Para aparentar unidade partidária, Aécio Neves chegou à convenção do PSDB acompanhado por FHC e o governador Geraldo Alckmin. Aécio seria o candidato mais forte à sucessão de Dilma se a eleição fosse hoje. Mas se a presidente sustentar-se até 2018, o que é difícil, o senador terá que disputar a indicação com o próprio Alckmin e o senador José Serra.

Presente! – Mandachuva nacional do PSC, o pastor Everaldo Pereira foi um dos políticos mais festejados na convenção nacional do PSDB pela promessa de apoiar Aécio Neves em 2018.

Posse – O deputado Ricardo Teobaldo (PTB) prestigiou ontem a posse de Dayse Viana Ferraz de Araújo na diretoria regional dos Correios, já que ela foi indicada pela bancada petebista.

Desfalque – Dos partidos que compõem a base de sustentação do prefeito Geraldo Júlio (PSB), três (além do PMDB) já teriam se comprometido com a candidatura de Jarbas Vasconcelos.

Que falta! – Quando se vê o deputado Sibá Machado (PT-AC) escalado pelo Planalto para rebater críticas das Oposições ao governo de Dilma é que se nota a falta que fazem à bancada do PT na Câmara Federal os ex-deputados pernambucanos Maurício Rands, Fernando Ferro, Pedro Eugênio e Paulo Rubem. Sibá é fraco de dar dó.

Garantia – O ministro Armando Monteiro garantiu ontem que a meta do PTB para 2016 é reeleger todos os prefeitos do partido e que não haverá prioridades. Todos terão o mesmo tratamento na RMR, Mata, Agreste e Sertão, como é o caso do de Tabira, Sebastião Dias, que lhe deu a vitória no município por 1.600 votos de diferença.

Saída – Os irmãos Ciro e Cid Gomes, que estão a um passo de deixar o PROS, conversaram com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, sobre a possibilidade de entrarem no partido. Lupi ficou animado, dada a força política que ambos têm no Ceará. Mas o único representante que o partido tem na Assembleia Legislativa, deputado Heitor Férrer, já mandou o seguinte recado: “É eles entrando por uma porta e eu saindo por outra”.

Vácuo – A ausência mais sentida na convenção do PSDB foi a do sanfoneiro pernambucano Dominguinhos, que compôs os “jingles” das duas campanhas de FHC, das duas de José Serra e também da de Geraldo Alckmin. O autor de “Contrato de separação” não se engajou nas campanhas dos tucanos apenas pelo cachê, e sim porque fazia restrições ao “companheiro” Luiz Inácio Lula da Silva, seu conterrâneo de Garanhuns.

Foto: Reprodução

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More