VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

segunda-feira, 13 de julho de 2015

QUADRO SUCESSÓRIO EM BELO JARDIM – ELEIÇÕES 2016

Com informações do A VOZ DO POVO -

Com a aproximação das eleições de 2016, diversas lideranças políticas pavimentam o caminho visando a sucessão municipal de Belo Jardim; 

Veja abaixo, os prováveis candidatos:

Cecílio Galvão: 


Comanda o PTB em Belo Jardim-PE e tem o apoio incondicional do senador Armando Monteiro para filiar, desfiliar, dá e negar legendas.

Esconde o jogo, porém, deseja retornar ao executivo municipal. É filho do ex-deputado Cintra Galvão e seu herdeiro político.

Dr. Maneco:


Teve mais de 12 mil votos como candidato a prefeito em 2012, pelo  Grupo Galvão. Causou ciúmes, teve a oportunidade negada de disputar o cargo de deputado estadual, para que não tivesse a mesma votacão, pois se credenciaria a disputar de novo em 2016. Não terá o apoio novamente em 2016. Se não conseguir um partido ficará a ver navios.

Cristiano Cabeludo:


Mostrou força eleitoral nas eleições de 2014, quando disputou o cargo de deputado estadual. Ele afirma que: QUEM TEM PRAZO, NÃO TEM PRESSA. É  vice Prefeito do município,Presidente do PSC e tem o apoio incondicional do Deputado Silvio Costa, Presidente estadual do PSC, que não esconde de ninguém que deu carta branca ao seu aliado para fazer as alianças que lhe convier. Esse tem voo próprio.

Mendonça Filho:


Foi o  deputado majoritário e deve lançar a sua irmã Andrea Mendonça, que foi candidata na última eleição. Mendonça Filho tem um capital eleitoral a ser preservado. A votação de Mendonça em Belo Jardim foi decisiva para a sua reeleição. Esse patrimônio não será jogado fora.

Hélio dos Terrenos:


Estão de olho em seu dinheiro. Está isolado. Pois, mau orientado e INOCENTE POLITICAMENTE,   foi chamado para participar de algumas  reuniões, com vans promessas de apoio geral das Oposições. Essas reuniões  consistem  em apenas deixa-lo em casa sonhado com um apoio politico praticamente impossível de acontecer.

Quem não disputar em 2016 será carta fora do baralho em 2018.

Fábio Galvão:


Filiado ao PT, que deixou o palanque dos Galvão, Fábio, que foi um excelente prefeito entre 1977 a 1982, poderá disputar pela legenda o cargo de prefeito nas eleições de 2016. Fábio é sobrinho do ex-prefeito Cintra Galvão e disputou o cargo de deputado federal nas eleições de 2014, para demarcar o território.

Valdeci Torres:


Dos quadros do PMDB, está fora da política desde 2008, Valdeci foi prefeito e vice duas vezes da terra do Bitury, atuou pelos grupos Galvão e Mendonça, não conseguiu eleger sua esposa vereadora em 2012, mas pode ser candidato em 2016 ao executivo.


Marco Coca-Cola: 


Eleito em 2008, sem direito à reeleição em 2012, Coca Cola, atualmente sem partido, tem pretensões de disputar o cargo de prefeito outra vez com possível acordo das oposições, nada confirmado atéo momento.

João Mendonça:


Atual Prefeito e candidato à reeleição. Tem um grupo forte. Conquistou o apoio de cinco vereadores eleitos no palanque de Andrea Mendonça. Conta hoje, declaradamente, com o apoio de sete vereadores.

O Prefeito vem afirmando que está preocupado com a gestão e só falará de politica partidária  em 2016. Passou dois anos pagando conta, ajustando a gestão e que a gora O TIRINETE VAI COMEÇAR.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More