VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

terça-feira, 4 de agosto de 2015

GOLPE É ROUBAR O ALHEIO

Com informações do Blog do Magno Martins -

A prisão do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, na 17ª fase da Operação Lava Jato, caiu como uma bomba, ontem, em Brasília e no resto do País. Como sempre, o PT reagiu como vítima, politizando o crime. Coube ao líder na Câmara, Sibá Machado (AC), usar a expressão “aberração” e tentativa de “golpe”.

É uma perseguição declarada ao PT. O juiz Sérgio Moro trabalha com suposições, vai à imprensa, faz show. E a Polícia Federal acompanhando esse show. Isso está virando uma aberração ao estado de direito. Está caminhando para um golpe político da caneta. Moro trabalha para institucionalizar um golpe e para prejudicar o PT”, disse Sibá, para acrescentar:

“Existe um olhar diferente para os mesmos fatos. O Dirceu já estava em prisão domiciliar. Não tinha motivo. É uma orquestra para colocar povo na rua. O juiz Moro faz show calculado, pensado, para que isso se desenrole dessa maneira". Líderes da oposição disseram que a nova fase da operação demonstra o "fortalecimento das instituições" e afirmaram que a nova prisão mostra que as investigações chegaram ao alto escalão do PT.

"Temos que aplaudir essa mais nova etapa da Lava Jato, que não se restringe a intermediários e finalmente começa a chega aos cabeças pensantes, elaboradores de todo esse esquema corrupto dentro do Palácio do Planalto alimentado por 'pixulecos”, reagiu o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO).  Com mais essa prisão do ex-ministro José Dirceu, segundo ele, fica claro que Lula e Dilma levaram para a política nacional o que há de pior em alguns sindicatos do ABC.

“Implantaram esse método sujo que coloca em risco a nossa jovem democracia”, afirmou. Para o líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), há muito o que ser desvendado ainda e momento exige firmeza e serenidade. Ministro da Defesa, Jaques Wagner, contrariando o PT, que não quis de imediato se pronunciar, afirmou o seguinte, através de uma nota enviada aos meios de comunicação:

"Eu vou me manter na posição de preocupação de que precisamos ter dois canais paralelos. As investigações seguem, e o País também segue com suas empresas funcionando e com a economia funcionando. O ambiente é que a gente tem que tentar melhorar para estimular investidores e estimular a própria economia a crescer.  A sequência da investigação vai ser dar, até que chegue aos tribunais últimos, e vai ter que ter um desfecho, porque tudo tem um desfecho."

Mendonça Filho, líder do DEM na Câmara, disse que para o PT e para o Governo, a prisão tem um simbolismo muito forte. “O ex-ministro José Dirceu tem uma história muito ligada ao PT, dirigiu o partido, foi ministro do governo Lula. O PT enquanto governo envolveu o País numa situação muito grave em termos de corrupção endêmica. Agora, essa prisão mostra, por outro lado, o funcionamento das instituições, que espero que continuem trabalhando no quadro constitucional que assegura o direito de defesa, mas também pune os culpados”, afirmou.

As reações, como se vê, são as mais compreensíveis, mas falar em golpe é agredir a Inteligência nacional. Dirceu é acusado de roubo, de meter a mão no dinheiro público. Ele tirou da mesa do brasileiro o dinheiro do leite de muitas crianças, o pão de trabalhadores famintos, tirou o dinheiro da saúde, contribuindo para o caos no SUS. Na intenção de defender o indefensável, Sibá fala em golpe. Golpe é roubar dinheiro público!

BANCANDO O SITE– Em um despacho proferido, ontem, o juiz Sérgio Moro afirma que o dinheiro do petrolão foi usado para bancar o site Brasil 247 a pedido do Partido dos Trabalhadores. Os repasses foram feitos pela Jamp, uma empresa de consultoria controlada pelo lobista Milton Pascowitch. Em Brasília até as paredes sabem que José Dirceu é de fato o verdadeiro dono do site, mas usa laranjas. Alguma dúvida? Leia a defesa que site fez ontem do ex-ministro.

Namoro ou amizade?– Fiel aliado de Armando Monteiro, o prefeito de Garanhuns, Izaias Régis (PTB), jogou tantos confetes, ontem, no governador Paulo Câmara, por quem foi recebido no final da tarde que não fosse seu histórico de fidelidade ao ministro os mais desavisados já teriam deduzido que teria aderido de vez ao cordão socialista.

Voltando a Garanhuns– Ao governador e ao secretário da Casa Civil, Antônio Figueira, Izaias agradeceu o apoio do Estado ao festival de inverno e acertou parceria para tirar quatro projetos do papel. Acertou ainda a ida de Câmara para a posse do novo bispo de Garanhuns, Paulo Jackson, marcada para o próximo dia 23. Quem acompanhou a conversa diz que nunca viu tamanha afinidade.

Nunca se roubou tanto!– No despacho da prisão do ex-ministro José Dirceu, o juiz Sérgio Moro também acolheu pedido do Ministério Público Federal e da Polícia Federal determinando o bloqueio de valores nas contas de oito investigados no limite de até R$ 20 milhões – podendo chegar a um total de R$ 160 milhões bloqueados nesta fase da operação. Nunca se roubo tanto neste País!

Cunha atira no pé? – Com a volta do Congresso, o deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB) vai trabalhar intensamente para colocar em votação a PEC 313/13, de sua autoria, que torna automática a perda do mandato do parlamentar condenado por improbidade administrativa ou por crime contra a administração pública. A matéria, já aprovada no Senado, está adormecendo na gaveta do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que, a esta altura, lutará bravamente para não vê-la na ordem do dia, porque representa um tiro no próprio pé.

CURTAS 

PORTO– O senador Fernando Bezerra Coelho comemora a expansão do Porto Digital para os municípios de Petrolina e Caruaru. Instalado em Recife há 15 anos, o Porto contará com mais dois “armazéns da criatividade” no interior do Estado, estimulando a inovação no Agreste e no Sertão. O Porto Digital é uma engrenagem que envolve instituições de ensino, governo e iniciativa privada, com o objetivo de desenvolver soluções inovadoras.

TENSÃO– Estudantes de universidades federais promoveram, ontem, ato em apoio à greve dos professores. Segundo o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), atualmente professores de 54 instituições federais de ensino superior paralisaram as aulas. A greve de professores afetava a rotina de dois institutos e 34 universidades federais em 22 estados.

Perguntar não ofende: José Dirceu vai continuar calado, pagando sozinho a fatura? 

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More