VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

OPOSIÇÃO LANÇA O SITE OFICIAL DO MOVIMENTO PRÓ-IMPEACHMENT - NA VERDADE, PRÓ-TEMER

Com informações do JC ONLINE/PIGA-FOGO -

Um dia após o Brasil perder o grau de investimento, o bloco de oposição à presidente Dilma Rousseff (PT) acaba de lançar em Brasília o site oficial do Movimento Pró-Impeachment. Na prática, como já escrito aqui, se trata de um “Movimento Pró-Temer”, tendo em vista que é o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), quem assumiria o País em caso de renúncia ou impedimento de Dilma.

Além disso, o PSDB e o candidato tucano derrotado em 2014, o presidente do partido, Aécio Neves, deixam de ser os protagonistas contra Dilma, diluídos em um bloco que conta ainda com o DEM, PPS, PSC e SD. Os deputados dizem já contar com 280 de 342 votos necessários para o impeachment da presidente Dilma.

Aqui já se escreveu o seguinte:

“Com o presidente do PSDB, Aécio Neves, atingido pela citação de seu nome ligado a propinas em Furnas e suas contas de campanha questionadas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o grupo do tucano, isolado na sigla, aceitou entrar na onda do impeachment. É uma mudança sensível, pois indica que Aécio desiste de ser protagonista e reforça na balança o vice-presidente Michel Temer (PMDB), que é quem assumiria o País na eventual saída da presidente Dilma Rousseff (PT).”

Voltando ao site, além de permitir a assinatura de um abaixo-assinado pela saída da presidente Dilma, traz também a íntegra do pedido de impeachment protocolado semana passada por um dos fundadores do PT, o advogado Helio Bicudo.

Nas palavras usadas pelo site, seriam estes os principais motivos para o impeachment de Dilma:

As pedaladas nas contas públicas
Abuso do poder econômico
Dinheiro ilícito na campanha
Crise de governabilidade
Para estimular o engajamento, inclusive, o movimento pede que internautas enviem vídeos, fotos ou mensagens, compartilhem a hashtag #impeachmentjá! e marque amigos.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More