VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

NÁUTICO VENCE O SANTA CRUZ NO CLÁSSICO DE ESTREIA NO PERNAMBUCANO 2016

Com informações do Blog de Primeira -

Um clássico na estreia do Campeonato Pernambucano põe em risco dois rivais de uma pressão desnecessária no início do ano. Neste cenário, Náutico e Santa Cruz se enfrentaram ontem, na Arena Pernambuco. E quem fugiu com méritos de qualquer tipo de tensão foi o mandante. Com gols de Ronaldo Alves, de pênalti, e Bergson, ambos no segundo tempo, os alvirrubros venceram os tricolores por 2×0 e largaram na frente no Estadual. Na próxima quinta-feira, as duas equipes voltam a campo: o Timbu pega o Central, em Caruaru, e a Cobra Coral recebe o Salgueiro.

Era de se esperar que por ainda ser início de temporada, Náutico e Santa Cruz não apresentassem um grande futebol. A expectativa negativa, infelizmente, foi concretizada no primeiro tempo. Jogo pegado, com lances ríspidos, muitas faltas, reclamações e poucas jogadas trabalhadas. Até por isso, foram seis cartões amarelos na etapa inicial: dois para o Timbu e quatro para a Cobra Coral. Só este número já demonstra o clima de rivalidade entre os jogadores no campo. Roni e Tiago Costa se estranharam num dos primeiros lances do clássico. Em seguida, Vitor e Gastón discutiram. Emerson Sobral teve de intervir para não perder o controle da partida e começou a punir os atletas.

Com esquemas táticos espelhados, o 4-2-3-1, as duas equipes tiveram dificuldades na criação. Os jogadores de meio-campo foram pouco participativos. As oportunidades do time de Martelotte se resumem a arremates de fora da área com Daniel Costa e Raniel. Enquanto para os alvirrubros a chance mais nítida foi com Bergson, que livre na área cabeceou fraco nas mãos de Tiago Cardoso, após cruzamento da direita.

A marcação ficou em segundo plano na volta do intervalo, os rivais retornaram ao campo para tirar o zero do placar. E o Náutico conseguiu logo no início. No primeiro minuto, Caíque Valdivia deu um lindo lançamento para Roni, que avançou e foi derrubado na área por João Paulo. O árbitro marcou pênalti. Ronaldo Alves cobrou e converteu: 1×0. Foi o quinto gol de pênalti do zagueiro alvirrubro desde sua volta para o clube. O placar poderia ter sido ampliado pouco tempo depois. Contudo, Bergson saiu na cara de Tiago Cardoso e mandou para fora. Depois, Roni não finalizou e foi desarmado.

Com o passar do tempo, o Timbu reforçou seu sistema de marcação e passou a controlar a partida. A aposta seguiu sendo nos contra-ataques, mas em sequência as oportunidades foram desperdiçadas. O Santa Cruz chegou a ser perigoso e exigiu grandes defesas de Rodolpho, ainda que apresentasse dificuldades principalmente após a saída de Raniel. Quando parecia que o placar não seria mais alterado, o Náutico deu o tiro de misericórdia no rival. Bergson ganhou a bola no meio-campo, avançou e mandou para o fundo das redes no canto de Tiago Cardoso.

Ficha do jogo

Náutico 2

Rodolpho; Rafael Pereira, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Gastón; Elicarlos (Fernando Pires), Rodrigo Souza, Caíque Valdivia (Eduardinho), Bergson e Roni; Daniel Morais (Thiago Santana). Técnico: Gilmar dal Pozzo

Santa Cruz 0

Tiago Cardoso; Vitor, Danny Morais, Alemão e Tiago Costa; Wellington Cézar, Daniel Costa (Renatinho), João Paulo, Lelê (Pedrinho) e Raniel (Bruno Moraes); Grafite.

Local: Arena Pernambuco (São Lourenço da Mata)

Árbitro: Emerson Luiz Sobral

Assistentes: Fernanda Colombo e Albino de Andrade Albert Júnior

Gols: Ronaldo Alves (2 do 2ºT) e Bergson (41 do 2ºT)

Cartões amarelos: Lelê, Tiago Costa, Alemão, Danny Morais, João Paulo, Wellington Cézar (S); Rodrigo Souza, Bergson, Elicarlos, Gil Mineiro (N)

Público: 9.296 torcedores

Renda: R$ 248.610,00.

Foto: Reprodução

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More