WEB RÁDIO NOVA XUCURU - AO VIVO - RADIONOVAXUCURU.COM.BR

VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

sábado, 22 de setembro de 2018

Gás sobe e preço do botijão pode passar de R$ 100 nas próximas semanas

A informação vem do Correio Braziliense -

O gás de cozinha, que já está com um preço indigesto, deve ficar ainda mais caro. Além dos ajustes promovidos pela Petrobras, o aumento de salário dos trabalhadores das revendas e distribuidoras, cuja a data-base é em setembro, também vai pesar no bolso do consumidor. O valor de um botijão de 13 quilos de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) pode ultrapassar os R$ 100, nas próximas semanas, no Distrito Federal, que corre o risco de ter racionamento.

Segundo o presidente da Associação Brasileira dos Revendedores de GLP (Asmirg-BR), Alexandre José Borjaili, no início deste mês, houve dois aumentos. “A Petrobras anunciou reajuste de 4,5% no GLP industrial e as distribuidoras anteciparam a elevação de custo que terão com o acordo coletivo da categoria e que vai vigorar em outubro”, explicou. Borjaili disse que o impacto no gás de cozinha foi de R$ 2 a R$ 4 para os revendedores.

“A situação está inviável e o mercado informal está crescendo. O residencial vai ter mais um reajuste em 5 de outubro”, destacou. Borjaili também alertou para o risco de racionamento em Minas Gerais, Goiás, Brasília e São Paulo. “A refinaria de Paulínia (SP), que é maior do país, está funcionando parcialmente. Se comprarmos de terceiros, tem custo de mandar buscar e o preço vai disparar e teremos que repassar”, assinalou.

A Supergasbrás enviou comunicado aos revendedores que atendem no DF, informando que elevaria o preço em 3,61%, por conta do aumento salarial da categoria, segundo Edimar Cardoso, 40 anos, dono de um depósito da distribuidora em Brasília. Ele disse que terá de repassar o reajuste, mas teme prejuízo. Os botijões, hoje, custam entre R$ 80 e R$ 95 e os clientes já reclamam do preço. “Ouvi uma senhora me chamar de ladrão”, contou. Para o empresário, mais um aumento vai derrubar as vendas. “A concorrência é grande e os clientes migram para qualquer depósito que venda até R$ 1 mais barato. Essa situação contribui para a revenda ilegal”, afirmou.

Imagem: Reproduzida da internet

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Eleições devem mobilizar 2 milhões de mesários, no Brasil, em 07 de outubro

A informação vem da Agência Brasil -

As eleições deste ano devem mobilizar cerca de 2 milhões de mesários em todo país. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a metade dos mesários se ofereceu para o trabalho de maneira voluntária.

Para atuar como mesário, o escolhido recebe treinamentos específicos e orientações de técnicos da Justiça Eleitoral, que o prepara para atuar no dia das eleições. A cada eleição, a Justiça Eleitoral convoca eleitores maiores de 18 anos e em situação regular para atuar no dia da votação.

A convocação exclui candidatos e seus parentes, ainda que por afinidade, até o segundo grau, e seu cônjuge; membros de diretórios de partidos políticos, desde que exerçam função executiva; autoridades, agentes policiais e funcionários no desempenho de funções de confiança do Executivo; e funcionários do serviço eleitoral.

Tarefas

O mesário é o representante da Justiça Eleitoral na seção de votação. Cabe a ele receber e identificar os eleitores – seja pela verificação de documentos e coleta de assinaturas, seja pela verificação biométrica –, compor as mesas de votos e justificativas, fiscalizar e desempenhar tarefas logísticas e de organização da seção para a qual foi designado.

O eleitor que atua como mesário tem direito à dispensa do serviço pelo dobro de dias e ao desempate em concursos da Justiça Eleitoral, quando prevista essa possibilidade no edital.

O treinamento de mesários ocorre nas modalidades presencial e à distância. Neste ano, a Justiça Eleitoral preparou cerca de 180 mil mesários por meio de curso à distância.

Imagem: José Cruz/Agencia Brasil

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Pesquisa Datafolha para o Senado em Pernambuco: Jarbas, 36%; Mendonça, 31%; Humberto, 30%

A informação vem do G1 PE -

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (20) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o Senado em Pernambuco:

Jarbas (MDB): 36%
Mendonça Filho (DEM): 31%
Humberto Costa (PT): 30%
Bruno Araújo (PSDB): 12%
Silvio Costa (Avante): 11%
Pastor Jairinho (Rede): 6%
Adriana Rocha (Rede): 3%
Hélio Cabral (PSTU): 2%
Lídia Brunes (Pros): 2%
Albanise (PSOL): 1%
Eugênia (PSOL): 1%
Alex Lima Rola (PCO): 1%
Em branco/nulo/nenhum para a 1ª vaga: 20%
Em branco/nulo/nenhum para a 2ª vaga: 28%
Não sabe para a 1ª vaga: 6%
Não sabe para a 2ª vaga: 10%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo”.

No levantamento anterior, feito de 4 a 6 de setembro, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes:

Jarbas (MDB): 38%
Humberto Costa (PT): 28%
Mendonça Filho (DEM): 27%
Silvio Costa (Avante): 10%
Bruno Araújo (PSDB): 6%
Pastor Jairinho (Rede): 5%
Adriana Rocha (Rede): 3%
Hélio Cabral (PSTU): 2%
Eugênia (PSOL): 1%
Albanise Pires (PSOL): 1%
Lídia Brunes (PROS): 1%
Alex Rola (PCO): 0%
Em branco/nulo/nenhum para a 1ª vaga: 22%
Em branco/nulo/nenhum para a 2ª vaga: 38%
Não sabe para a 1ª vaga: 7%
Não sabe para a 2ª vaga: 10%

A Datafolha também ouviu eleitores em Pernambuco a respeito da disputa para o governo.

Sobre a pesquisa
Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Quem foi ouvido: 1.232 eleitores de 50 municípios do Estado, com 16 anos ou mais

Quando a pesquisa foi feita: 18 e 19 de setembro
Registro no TSE: PE 09351/2018

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

Imagem: Reproduzida da internet

Pesquisa Datafolha em Pernambuco: Paulo Câmara, 35%; Armando Monteiro, 31%

A informação vem do G1 PE -

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (20) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o governo de Pernambuco: (Veja vídeo acima)

Paulo Câmara (PSB): 35%
Armando Monteiro (PTB): 31%
Julio Lossio (Rede): 3%
Ana Patrícia Alves (PCO): 2%
Maurício Rands (Pros): 2%
Dani Portela (PSOL): 1%
Simone Fontana (PSTU): 1%
Branco/nulo: 19%
Não sabe: 6%

Os candidatos Paulo Câmara e Armando Monteiro estão empatados tecnicamente.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo”. É o terceiro levantamento Datafolha realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito de 4 a 6 de setembro, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes:

Paulo Câmara (PSB): 34%
Armando Monteiro (PTB): 25%
Julio Lossio (Rede): 2%
Maurício Rands (PROS): 2%
Ana Patrícia Alves (PCO): 1%
Simone Fontana (PSTU): 1%
Dani Portela (PSOL): 1%
Branco/nulo: 26%
Não sabe: 6%

Sobre a pesquisa desta quinta-feira, 20
Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Quem foi ouvido: 1.232 eleitores de 50 municípios de Pernambuco, com 16 anos ou mais

Quando a pesquisa foi feita: 18 e 19 de setembro
Registro no TSE: PE-09351/2018

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro

Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa Datafolha (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:

Paulo Câmara (PSB): 19%
Armando Monteiro (PTB): 13%
Outros: 10%
Branco/nulo/nenhum: 19%
Não sabe: 39%

Rejeição
A Datafolha também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome, por isso, os resultados somam mais de 100%. Veja os índices:

Simone Fontana (PSTU): 33%
Dani Portela (PSOL): 32%
Paulo Câmara (PSB): 31%
Julio Lossio (Rede): 31%
Ana Patrícia Alves (PCO): 30%
Maurício Rands (PROS): 29%
Armando Monteiro (PTB): 23%
Rejeita todos/não votaria em nenhum: 10%
Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 1%
Não sabe: 9%

Simulações de segundo turno
• Paulo Câmara (PSB): 42% x 39% Armando Monteiro (PTB) (branco/nulo: 15%; não sabe: 4%)

A Datafolha também ouviu eleitores em Pernambuco a respeito da disputa para o Senado.

Imagem: Reproduzida da internet

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Segurança é morto a tiros e mulher fica ferida durante assalto a padaria em Santa Cruz do Capibaribe, PE

A informação vem do G1 CARUARU E REGIÃO -

Um segurança foi morto a tiros e uma mulher ficou ferida durante uma tentativa de assalto a uma padaria na tarde desta quarta-feira (19) em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco.

De acordo com a Polícia Civil, dois criminosos chegaram ao estabelecimento comercial, anunciaram o assalto e dispararam contra o segurança, que morreu no local.

Ainda segundo a polícia, uma cliente da padaria foi atingida durante a ação dos criminosos. Ela foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento do município em estado grave e, em seguida, transferida para o Hospital da Restauração, no Recife.

A dupla de criminosos fugiu sem levar nada do estabelecimento. Até o momento da publicação desta matéria, ninguém foi preso.

Imagem: Reproduzida da internet

Assaltantes tomam motos e dinheiro nesta quarta-feira, em Xucuru e sítios Arara e Casa Nova

A informação é do Blog -

Depois de algum tempo, a região de Xucuru sofre com assaltos e duas motos são tomadas por quatro elementos, em outras duas motocicletas, na tarde desta quarta-feira (19), num pequeno intervalo de, aproximadamente, meia-hora entre o sítio Arara, Xucuru e o sítio Casa Nova de Belo Jardim.

Informações chegadas à nossa redação, dizem que os suspeitos vinham sentido Brejo ou Jataúba, assaltaram o revendedor de bolos, tomando uma certa quantia em dinheiro não informada, em seguida eles tomaram uma moto bros 150 de cor branca, em Xucuru, depois seguiram sentido Sítio Casa Nova, e tomaram uma outra moto titan 150 vermelha, de um estudante. 

Depois eles tomaram destino ignorado. Seguranças civis e policiais foram avisados, mas até o momento, não se sabe se conseguiram obter êxito na tentativa de capturar os supostos envolvidos.

Mais informações em breve.

Imagem: Reprodução da internet

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Mortes por câncer devem chegar a 9,6 milhões neste ano, estima OMS

A informação vem da Agência Brasil -

O número de mortes em razão de câncer deve chegar a 9,6 milhões neste ano em todo o mundo. Já o total de novos casos deve atingir 18,1 milhões. A estimativa é de um estudo é da Agência Internacional para a Pesquisa sobre Câncer (IARC, na sigla em inglês), órgão vinculado à Organização Mundial de Saúde (OMS).

Segundo a entidade, um em cada cinco homens e uma em cada seis mulheres devem desenvolver câncer em algum momento da vida. Já as mortes decorrentes da doença devem acometer um a cada oito homens e uma a cada onze mulheres.

Conforme as expectativas da associação, quase metade dos novos casos e mais da metade das mortes devem ocorrer na Ásia. O continente concentra cerca de 60% da população mundial. Já a Europa é responsável por 23% das novas ocorrências e 20% dos óbitos, embora contenha somente 9% da população mundial.

Pela projeção, as Américas devem ser responsáveis por 21% dos casos novos identificados e 14,4% da mortalidade global. Assim como na Europa, os índices são maiores do que a participação da região na população mundial, atualmente em 13,3%.

Tipos
Os tipos de câncer que mais levam a mortes devem ser os de pulmão (18,4%), reto (9,2%) e estômago (8,2%). Já nos novos casos, as modalidades com maior incidência devem ser as de pulmão (11,6%), mama (11,6%) e reto (10,2%). Juntos, estas representam cerca de um terço dos registros da doença em todo o mundo.

No recorte por gênero, entre os homens os tipos de câncer mais comuns devem ser os de pulmão (14,5% do total), próstata (13,5%) e reto (10,9%). Já entre as mulheres, as modalidades com maior incidência devem ser câncer de mama (24,2%), seguido por de reto e de pulmão. Nos dois gêneros, o câncer de pulmão deve fechar o ano como o principal responsável por mortes.

Causas
De acordo com o IARC, as causas para os números são distintas, variando do crescimento e envelhecimento da população a fatores ligados ao desenvolvimento econômico. Em economias emergentes, pontua a associação, há uma transição de doenças relacionadas à pobreza para aquelas vinculadas a determinados estilos de vida.

Imagem: Reproduzida da internet

Pesquisa Ibope para o Senado em Pernambuco: Jarbas, 34%; Humberto, 31%; Mendonça, 22%

A informação vem do G1 PE -

Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (17) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o Senado em Pernambuco:

Jarbas (MDB): 34%
Humberto Costa (PT): 31%
Mendonça Filho (DEM): 22%
Silvio Costa (Avante): 10%
Bruno Araújo (PSDB): 8%
Pastor Jairinho (Rede): 4%
Adriana Rocha (Rede): 2%
Eugênia (PSOL): 1%
Hélio Cabral (PSTU): 1%
Albanise Pires (PSOL): 1%
Lídia Brunes (Pros): 1%
Alex Rola (PCO): 0%
Brancos/nulos – Vaga 1: 22%
Brancos/nulos - Vaga 2: 34%
Não sabe/não respondeu: 28%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo "Jornal do Commercio”. É o terceiro levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito entre os dias 2 e 4 de setembro, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes:

Jarbas (MDB): 33%
Humberto Costa (PT): 30%
Mendonça Filho (DEM): 23%
Silvio Costa (Avante): 12%
Bruno Araújo (PSDB): 8%
Pastor Jairinho (Rede): 5%
Adriana Rocha (Rede): 2%
Eugênia (PSOL): 1%
Hélio Cabral (PSTU): 1%
Albanise Pires (PSOL): 1%
Alex Rola (PCO): 1%
Lídia Brunes (Pros): 1%
Brancos/nulos – Vaga 1: 22%
Brancos/nulos - Vaga 2: 35%
Não sabe/não respondeu: 24%

Sobre a pesquisa divulgada nesta segunda, 17
Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Quem foi ouvido: 1.204 eleitores de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais

Quando a pesquisa foi feita: 14 a 16 de setembro
Registro no TRE: PE-02931/2018
Registro no TSE: BR-01251/2018

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro

0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado

Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa Ibope (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:

Jarbas (MDB): 12%
Humberto Costa (PT): 10%
Mendonça Filho (DEM): 6%
Bruno Araújo (PSDB): 2%
Silvio Costa (Avante): 2%
Adriana Rocha (Rede): 0%
Albanise Pires (PSOL): 0%
Eugênia (PSOL): 0%
Hélio Cabral (PSTU): 0%
Pastor Jairinho (Rede): 0%
Alex Rola (PCO): -
Lídia Brunes (Pros): -
Outros: 2%
Brancos/nulos: 31%
Não sabem/preferem não opinar: 55%

O Ibope também ouviu eleitores a respeito da disputa para o Governo de Pernambuco.

Imagem: Reproduzida da internet

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Pesquisa Ibope em Pernambuco: Paulo, 33%; Armando, 25%

A informação vem do G1 PE -

Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (17) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o governo de Pernambuco:

Paulo Câmara (PSB): 33%
Armando Monteiro (PTB): 25%
Julio Lossio (Rede): 2%
Maurício Rands (PROS): 2%
Ana Patrícia Alves (PCO): 1%
Simone Fontana (PSTU): 1%
Dani Portela (PSOL): 1%
Brancos/nulos: 24%
Não sabe/não respondeu: 10%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo "Jornal do Commercio". É o terceiro levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito entre os dias 2 e 4 de setembro, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes:

Paulo Câmara (PSB): 33%
Armando Monteiro (PTB): 24%
Julio Lossio (Rede): 3%
Maurício Rands (PROS): 2%
Ana Patrícia Alves (PCO): 1%
Simone Fontana (PSTU): 1%
Dani Portela (PSOL): 1%
Brancos/nulos: 24%
Não sabe/não respondeu: 11%

Sobre a pesquisa desta segunda-feira, 17

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
Quem foi ouvido: 1.204 eleitores de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais
Quando a pesquisa foi feita: 14 a 16 de setembro
Registro no TRE: PE-02931/2018
Registro no TSE: BR‐01251/2018

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro

0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado

Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa Ibope (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte, no levantamento feito entre 14 e 16 de setembro:

Paulo Câmara (PSB): 18%
Armando Monteiro (PTB): 12%
Julio Lossio (Rede): 1%
Dani Portela (PSOL): 0%
Maurício Rands (PROS): 0%
Simone Fontana (PSTU): 0%
Ana Patrícia Alves (PCO): -
Outros: 3%
Branco/nulo: 25%
Não sabe/não respondeu: 40%

Rejeição
O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os índices no levantamento feito entre 14 e 16 de setembro:

Paulo Câmara (PSB): 30%
Armando Monteiro (PTB): 24%
Simone Fontana (PSTU): 22%
Dani Portela (PSOL): 21%
Julio Lossio (Rede): 21%
Ana Patrícia Alves (PCO): 20%
Maurício Rands (PROS): 18%
Poderia votar em todos: 3%
Não sabe/não respondeu: 20%
Simulação de segundo turno
Paulo Câmara 41% x 37% Armando Monteiro (branco/nulo: 17%; não sabe: 6%)

O Ibope também ouviu eleitores em Pernambuco a respeito da disputa para o Senado.

Imagem: Reprodução da internet

Concurso da Secretaria de Saúde de PE com mil vagas e salário de até R$ 9,3 mil tem inscrições prorrogadas


A informação vem do G1 PE -

Foram prorrogadas, nesta segunda-feira (17), as inscrições para o concurso da Secretaria Estadual da Saúde (SES). Os candidatos têm até o dia 28 de setembro para se inscrever no certame, que oferece mil vagas para cargos de níveis médio e superior, com salários de até R$ 9,3 mil.



As taxas de inscrição custam R$ 40 para o nível médio e R$ 60 para o nível superior. O prazo para solicitar a isenção da taxa também foi prorrogado e, com isso, os candidatos têm até a quinta (20) para fazer o pedido.



Das mil vagas, 970 são para o grupo ocupacional saúde pública. Desse total, 260 são para o cargo de médico, 250 para analista em saúde e 460 para o cargo de assistente em saúde.



As outras 30 vagas são destinadas ao grupo ocupacional de fiscalização sanitária da saúde, com todas as oportunidades destinadas para fiscal de vigilância sanitária.



A prova objetiva, que está marcada para o dia 21 de outubro, será aplicada nos municípios do Recife, Nazaré da Mata, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Salgueiro e Petrolina. A divulgação do resultado final está prevista para 26 de novembro.



A convocação dos candidatos classificados para avaliação de títulos ocorre entre os dias 26 e 30 do mesmo mês. A previsão é de que o resultado final do concurso, depois do período de recursos, seja divulgado em 15 de janeiro. O certame tem validade de dois anos e pode ser prorrogado por igual período.



Especialidades e salários
As vagas para o cargo de analista em saúde são nas especialidades de assistente técnico de administração, técnico de enfermagem, técnico de imobilização ortopédica, técnico de laboratório, técnico de necropsia, técnico em radiologia, técnico em saúde bucal e técnico em farmácia. O salário é de R$ 954 para o regime de diarista ou de R$ 1.087,17 para o regime de plantão.


As oportunidades para os cargos de assistente em saúde englobam as seguintes especialidades: assistente social, biomédico, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo, sanitarista, médico veterinário, administrador, contador, analista em educação na saúde. O salário é de R$ 1.714,67 para regime de diarista ou de R$ 2.513,27 para o regime de plantonista.



As especialidades para o cargo de médico são anatomopatologista; anestesiologista; cardiologista; cirurgiões de cabeça e pescoço, geral, pediátrico, torácico e vascular; clínico geral; coloproctologista; endoscopista; infectologista; intensivista de adulto e pediátrico; neonatologista; neurocirurgião; neuropediatra; neurologista; oncologista; otorrinolaringologista; pediatra; pneumologista; psiquiatra; em radiologia e diagnóstico por imagem; tocoginecologista; traumato ortopedista e urologista.



Para os cargos de médico, a remuneração é de R$ $ 5.707,86, para regime de diarista, ou de R$ 9.326,57 para plantonistas.



Para o cargo de fiscal de Vigilância Sanitária, o salário é de R$ 4.228,81 e as vagas são para enfermeiro, farmacêutico e nutricionista.

Imagem: Reproduzida da internet

Campanha de vacinação contra pólio e sarampo atinge meta, diz governo

A informação vem da Agência Brasil -

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite atingiu a meta de imunizar 95% do público-alvo estabelecida pelo governo federal. Enquanto a média geral de vacinação contra sarampo foi de 95,3%, a de poliomielite ficou em 95,4%. No total, 21,4 milhões de doses imunizantes foram aplicadas, beneficiando 10,7 milhões de crianças. O balanço foi divulgado hoje (17) pelo Ministério da Saúde.

A campanha foi encerrada na sexta-feira (14), depois de ter sido prorrogada pela pasta. Alguns estados e municípios, no entanto, mantêm a vacinação.

Os números do ministério mostram variações da cobertura vacinal entre estados. Quinze deles atingiram a meta para as duas vacinas. Já São Paulo e Tocantins alcançaram o índice mínimo de 95% somente na vacinação contra pólio.

O Rio de Janeiro foi a unidade federativa com o pior desempenho da campanha, com uma cobertura de 83,3% contra poliomielite e de 84,4% contra sarampo, taxas que poderão ser melhoradas, já que a Secretaria de Saúde do estado decidiu prorrogar a ação até o próximo sábado (22). Na sequência, aparece o Distrito Federal, com 88% e 87,5%, respectivamente.

De acordo com o ministério, 1.180 municípios não alcançaram a meta estabelecida pelo governo e cerca de 516 mil crianças ainda não tomaram as vacinas contra as duas doenças. A única faixa etária que não chegou ao índice esperado foi o de crianças de 1 ano, cuja cobertura está em 88%. Na última terça-feira (11), a abrangência vacinal dessa faixa etária se encontrava em torno de 85%.

A orientação da pasta, este ano, era de que todas as crianças com mais de 1 ano e menos de 5 anos de idade recebessem doses das vacinas, inclusive se já tivessem sido imunizadas anteriormente. Caso a criança já tivesse sido vacinada, a nova dose serviria, portanto, de reforço.

A medida foi adotada em um contexto de surtos de sarampo no país, registrados no Amazonas e em Roraima e que foram relacionados à importação de uma variedade do vírus causador da doença. Segundo o governo federal, o genótipo do vírus (D8) que circula, hoje, no território brasileiro é o mesmo detectado na Venezuela, que enfrenta um alastramento da doença desde o ano passado.

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, destacou que o empenho da população e de profissionais de saúde foi fundamental para que se alcançassem os objetivos da campanha. “O sucesso da campanha é responsabilidade de todos que entenderam a importância de mantermos elevadas coberturas vacinais para evitar que doenças eliminadas voltem a circular no país, como tem acontecido com o sarampo. A vacina é a forma mais eficaz de proteger nossas crianças contra essas doenças”, afirmou.

O sarampo e a poliomielite são doenças infectocontagiosas que podem resultar em complicações graves para as crianças, podendo levar até a morte. Entre as sequelas da poliomielite estão, por exemplo, paralisia de membros inferiores e de músculos da fala e de deglutição, osteoporose e atrofia muscular. Já o quadro de pacientes com sarampo, por sua vez, pode evoluir para doenças como pneumonia.

Casos de sarampo
Boletim do Ministério da Saúde mostra que, até o dia 10 de setembro, 1.673 casos de sarampo haviam sido confirmados no Brasil. Do total, 1.326 foram confirmados no Amazonas, unidade federativa que soma, ainda, 7.738 ocorrências em investigação. No Amazonas, 301 casos da doença foram confirmados e 74 casos ainda estão sendo averiguados.

Alguns casos isolados da doença foram identificados nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Pernambuco e Pará. Além disso, até o momento, no país, oito pessoas morreram em decorrência do sarampo, sendo quatro em Roraima e quatro no Amazonas.

Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

domingo, 16 de setembro de 2018

Em Pernambuco, campanhas eleitorais ignoram vítimas do vírus zika

A informação vem da AE e do DIARIO DE PE -

De acordo com levantamento feito pelo Estado nas diretrizes dos programas de governo registrados na Justiça Eleitoral, apenas um cita o problema e, ainda assim, apresenta uma proposta em duas linhas. Enquanto isso, a falta de atendimento adequado e as filas de espera fazem parte das reclamações das famílias, que se dizem abandonadas pelo poder público.

De agosto de 2015 a julho deste ano, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, foram notificados 2.555 bebês com microcefalia. Desses, 456 tiveram o diagnóstico confirmado e outros 304 estão “em investigação” ou tiveram o laudo “inconclusivo”. Do total de casos registrados, a pasta contabiliza 164 óbitos - 11 das mortes ocorreram em 2018.

Diagnosticado com a síndrome congênita do zika vírus só depois de três meses de vida, Bernardo Henrique de Oliveira, de 2 anos e 8 meses, vai completar 60 dias sem reabilitação. Ele não anda, não fala e tem dificuldades de deglutição. A ex-secretária e mãe do menino, Bárbara Ferreira, de 30 anos, diz que eles aguardam, em quatro listas de espera, a oportunidade para realizar as sessões de terapia ocupacional, fonoaudiologia e fisioterapia, que, segundo os especialistas, são determinantes para o futuro do bebê.

Bárbara e Bernardo se mudaram há seis meses, junto com o pai, o motorista Moab Henrique de Oliveira, de 28 anos, de Caruaru (PE) para o Recife “para ter mais chances de acompanhamento médico”. A família vive em um apartamento cedido por uma amiga.

“Em Caruaru, o atendimento é precário. Tinha a esperança que aqui meu filho fosse ao menos conseguir se sentar, mas, com menos de um ano de reabilitação, foi desligado porque o médico disse que ele não tinha atingido o objetivo do tratamento. Tentamos fazer alguns exercícios em casa, mas não é o suficiente”, disse Bárbara.

Oferta
Com o surto de casos da síndrome congênita do vírus zika, a gestão Paulo Câmara (PSB) diz que implantou 25 unidades de reabilitação. Porém, segundo a União de Mães de Anjos (UMA) - associação que representa as famílias das crianças -, a oferta de serviços não atende à demanda dos pacientes. “As famílias do interior ainda precisam viajar horas para o Recife para tentar atendimento”, afirmou a presidente da UMA, Germana Soares.

O presidente do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 1.º Região, Silano Barros, enviou na sexta-feira passada um questionário às coordenações de campanha dos postulantes ao Palácio do Campo das Princesas. Segundo ele, a intenção é provocar os candidatos para colocar o tema da zika no debate.

“Hoje, por falta de uma política pública a essas crianças e a todas as outras pessoas com deficiência não existe um acompanhamento correto. Para os pacientes do zika, por exemplo, as sessões são semanais e não passam de 20 minutos. Como essas crianças vão evoluir?”, questionou Barros.

Além da saúde, o desafio para o próximo governo será garantir o acesso à educação desses meninos e meninas. Conforme dados da UMA, apenas 8,3% dessas crianças estão matriculadas em creches. Até o ano de 2022, elas estarão entrando na fase de alfabetização.

“Não é a deficiência que incapacita essas pessoas. São as barreiras causadas pela falta de políticas públicas que impedem esses cidadãos de serem alfabetizados e, posteriormente, economicamente ativos”, declarou o doutor em psicologia e professor de educação inclusiva da Universidade Federal de Pernambuco, Francisco Lima.

Para o docente, não é surpresa que o tema não esteja contemplado nos programas de governo dos candidatos nem apareça nos debates.

“Em 2015, como na década de 1980 e 1990 com a paralisia infantil tivemos mais um momento de sensibilização, e não de conscientização. Nossos candidatos não têm consciência do problema e, assim, condenam mais uma geração à invisibilidade”, afirmou o professor.

Candidatos 
Os candidatos minimizaram a ausência das consequências do vírus zika nos plano de governo registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e disseram que vão apresentar as promessas até o primeiro turno das eleições 2018, no dia 7 de outubro. Entre as propostas está a construção de centros regionais, concessão de auxílio financeiro e mutirões de atendimento.

Candidato à reeleição, o governador Paulo Câmara (PSB) não comentou as denúncias das famílias e especialistas em relação à precariedade do atendimento às crianças com a síndrome. Por meio de nota, Câmara afirmou que vai manter o atual modelo, mas “as propostas são construídas com a sociedade durante o debate eleitoral”.

O senador Armando Monteiro (PTB) disse que está construindo seu programa para as crianças ouvindo as famílias e os especialistas. O candidato pretende fortalecer o mapeamento dos pacientes e fazer parceria com os municípios. 

Dani Portela (PSOL) é a única que cita a síndrome congênita do vírus zika. Ela propõe a criação de um centro de reabilitação para essa e outras doenças raras. Em, nota, a candidata disse que se eleita vai fazer um levantamento dos casos, atender às questões de saúde básica e estruturar uma rede de educação a partir das creches. Os recursos, segundo a candidata, viriam do corte de secretarias e cargos comissionados.

Único médico entre os concorrentes, Júlio Lóssio (Rede), disse que sua plataforma contempla as crianças afetadas ainda que não citadas no eixo “acessibilidade”. Lóssio promete fortalecer e criar centros regionais de atendimento - quatro no sertão, um no agreste e outro em Recife. “Quando prefeito colocamos 100% de professores de AEE (Atendimento Educacional Especializado) para atender as crianças com deficiência.” 

Maurício Rands (PROS) declarou, em nota, que seu programa está sendo construído por meio de plataforma interativa na internet. O candidato afirma que pretende integrar a rede de saúde, investir em agentes comunitários e realizar mutirões para zerar a fila de espera. 

Simone Fontana (PSTU) disse que pretende implantar “reabilitação multidisciplinar”, hospitais regionais e a construção de novas creches e escolas para atender as crianças. Ana Patrícia Alves (PCO) não foi localizada. 

Imagem: Venilton Kuchler/ ANPr

sábado, 15 de setembro de 2018

Bandidos explodem caixa eletrônico em posto bancário na Zona da Mata Norte de PE

A informação vem do G1 PE -

Um posto de atendimento do Bradesco foi alvo de bandidos em Aliança, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, distante 81 quilômetros do Recife. De acordo com o registro feito pela Polícia Civil, houve explosão de um caixa eletrônico.

O crime aconteceu na sexta-feira (14), no posto bancário localizado na Rua Getúlio Vargas, no Centro. A Polícia Civil informou, por meio de nota, que uma equipe esteve no local para realizar as primeiras investigações.

O caso foi registrado na Delegacia de Aliança. A polícia disse também que vai repassar mais informações no fim do procedimento de apuração. O G1 procurou a assessoria do Bradesco e aguarda retorno.

Em julho deste ano, bandidos agiram no mesmo município. Eles atacaram uma agência do Banco do Brasil, no Centro da cidade.

Segundo informações repassadas pela Delegacia de Aliança, houve troca de tiros entre policiais militares e assaltantes. O tiroteio durou cerca de 15 minutos. A polícia disse, ainda, que ninguém ficou ferido e não aconteceram prisões.

Estatísticas
De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), em agosto deste ano, ocorreu uma ação contra bancos ou carros-fortes no estado. As investidas desse tipo tiveram redução de 90%, em relação ao mesmo mês de 2017, segundo a pasta. Nem agosto do ano passado, foram 12 crimes registrados.

Entre janeiro e agosto de 2018, ocorreram 47 ações contra bancos, caixas e carros-fortes. Segundo a SDS, a queda de registro de ocorrências chega a 36%, em relação ao mesmo período de 2017, quando aconteceram 73 casos.

Imagem: Reprodução/WhatsApp

Igreja Assembleia de Deus, realiza Culto de Avivamento, neste sábado (15), em Xucuru

A informação vem da Assessoria -


A Igreja Evangélica Assembleia de Deus, congregação de Xucuru, distrito de Belo Jardim - PE, realizará o Culto de Avivamento com o tema; Assim diz o Senhor Jeová a estes ossos: Eis que farei entrar em vós o Espírito e vivereis. Ez. 37:5.

Será no dia 15 de setembro, a partir das 18h30min, na Quadra Poliesportiva Natanael Tavares, na Escola Municipal Luíza Leopoldina Lopes. 

Participe! 

Deus tem uma Palavra para você e sua família!

Imagem: Divulgação

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More