VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

WEB RÁDIO - NOVA XUCURU

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

MEGA-SENA ACUMULA, E PRÊMIO PODE CHEGAR A R$ 38 MILHÕES NO SÁBADO (30)

Com informações do G1 -

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas sorteadas no concurso 1.630 da Mega-Sena realizado nesta quarta-feira (27), em Osasco (SP). No próximo sorteio, que vai acontecer no sábado (30) a previsão é que o prêmio chegue a R$ 38 milhões.

Veja as dezenas: 01 - 07 - 30 - 43 - 44 - 54.

A quina teve 81 acertadores e cada um vai levar R$ 39.324,58. Já a quadra pagará R$ 709,67 para cada um de seus 6.412 ganhadores.

Para apostar
A Caixa Econômica Federal faz os sorteios da Mega-Sena duas vezes por semana, às quartas-feiras e aos sábados. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 2,50.

FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA FAZEM PROTESTO EM BREJO DA MADRE DE DEUS

Com informações do NE10 INTERIOR -

Cerca de 100 funcionários contratados da prefeitura de Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco, fizeram um protesto na manhã desta quarta-feira (27) em frente a sede do governo municipal. Segundo eles, com a posse do novo prefeito, Edson Souza (PDT), muitas secretarias municipais estão fechadas e os contratados impedidos de trabalhar.

Ainda segundo os manifestantes, vários contratados estão assinando uma folha em branco, que representaria o ponto de trabalho, mas não sabem se vão receber ou não. Eles estão reinvidicando que o prefeito explique o que vai ocorrer com os contratados, se eles serão dispensandos ou retornarão às atividades. 

A assessoria de imprensa da prefeitura do município informou que se pronunciaria por meio de nota. Até o momento, a nota não foi recebida.

ENTENDA - Edson Souza (PDT) reassumiu na quinta-feira (21) o mandato de prefeito de Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco. Ele foi eleito em 2012 por maioria de votos, mas teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em abril de 2013, por abuso de poder público.

Em julho de 2013, foi realizada uma eleição suplementar e Roberto Asfora (PSDB) foi eleito. Ele assumiu a prefeitura até uma nova decisão do ministro João Otávio de Noronha, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Esta decisão foi tomada na quarta-feira (20) e devolveu o mandato à Edson Souza. A decisão ainda cabe recurso.

Foto: Nayara Vila Nova/TV JORNAL CARUARU

RESUMO DA ENTREVISTA DE MARINA AO JORNAL NACIONAL

Com informações do BR247 -

A esperada entrevista com Marina Silva no Jornal Nacional começou quente, entrando no tema inevitável das irregularidades no uso do jatinho, mas a atuação de William Bonner deixou a desejar, em comparação com os encontros anteriores, com os candidatos Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB).

Bonner questionou a candidata do PSB a presidente sobre a aeronave na qual viajava Eduardo Campos. Marina disse que o pagamento do aluguel do jatinho seria feito pelo Comitê Financeiro da campanha. Ela afirmou também que não sabia que as empresas dos proprietários eram "laranjas". 

Marina disse ainda que a situação do avião está sendo investigada pela Polícia Federal e recorreu à memória de Eduardo Campos. "Espero que não se cometa injustiça contra Eduardo Campos", afirmou. 

William Bonner retrucou: "a senhora fala em nova política, mas utiliza o mesmo argumento de seus adversários, de que não sabia de nada". 

Ela disse que não perdeu a coerência e que sempre manteve a mesma forma de lidar com todas as situações. "Neste momento, queremos todos os esclarecimentos. Pedimos o avião emprestado. E isto seria pago posteriormente. Esperamos que a PF investigue, porque eu, assim como todos os brasileiros, quero respostas", ressaltou.

A partir daí entrevista mudou de tema e seguiu sem grandes sobressaltos. Patrícia Poeta questionou o fato de Marina ter ficado em terceiro lugar nas eleições de 2010 no seu Estado natal, o Acre. Marina Silva demonstrou irritação e disse que Patrícia Poeta não a conhece bem e não conhece a função de senador. Marina tentou minimizar o resultado da eleição passada e afirmou que enfrentou situações difíceis em seu Estado.

Bonner mudou de assunto. Ele afirmou que o candidato a vice-presidente de Marina, o senador Beto Albuquerque (PSB), tem posições conflitantes com as bandeiras que ela defende. A candidata minimizou ao dizer que tem uma trajetória de "trabalhar com os diferentes".

Questionada sobre o fato de Albuquerque ter sido um dos principais articuladores no Congresso da aprovação da medida que permitiu o plantio da soja transgênica, Marina disse que eles são diferentes. "Há uma lenda de que sou contra os transgênicos, mas isso não é verdade. Eu defendia o modelo de coexistência [entre transgênicos e não transgênicos]. Infelizmente, não.

Foto: O Globo

DILMA VETA PELA SEGUNDA VEZ NOVAS REGRAS PARA CRIAÇÃO DE MUNICÍPIOS

Com informações do G1 -

A presidente Dilma Rousseff vetou integralmente o projeto de lei aprovado no início do mês pelo Senado que definia critérios para criação, emancipação e fusão de municípios. A decisão foi publicada na edição desta quarta-feira (27) do “Diário Oficial da União”.

A proposta havia sido elaborada após Dilma vetar integralmente, no ano passado, uma proposta semelhante, sob o argumento de que aumentaria as despesas públicas. Diante da ameaça de derrubada do veto pelo Congresso Nacional, a base aliada no Senado elaborou um novo texto, em acordo com o governo federal, tornando mais rigorosos os critérios para a emancipação de municípios.

Na justificativa do veto, dirigida ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a chefe do Executivo federal afirmou ter consultado o Ministério da Fazenda sobre os possíveis efeitos da nova legislação. De acordo com Dilma, a pasta apontou que, embora negociado entre o governo e os parlamentares, o texto aprovado pelos congressistas geraria despesas para custear a criação dos novos municípios, mas não condicionava as emancipações ao aumento de receitas.

“Ouvido, o Ministério da Fazenda manifestou-se pelo veto ao projeto de lei complementar pelas seguintes razões: Embora se reconheça o esforço de construção de um texto mais criterioso, a proposta não afasta o problema da responsabilidade fiscal na federação. Depreende-se que haverá aumento de despesas com as novas estruturas municipais sem que haja a correspondente geração de novas receitas”, informou a presidente.

Com a decisão, o veto da presidente deverá ser analisado pelo Congresso em sessão conjunta da Câmara e do Senado. Os parlamentares poderão manter o veto ou derrubá-lo.

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), disse que será “muito difícil” manter o veto presidencial quando o assunto foi analisado pelo Congresso Nacional. Ele lembrou que o texto foi construído com participação de deputados, senadores e órgãos do próprio Planalto, como Casa Civil e Secretaria de Relações Institucionais.

“A presidente pode ter tido as suas razões para vetar, mas ainda não tenho conhecimento das razões, porque, de fato, foi uma construção conjunta entre governo e Parlamento. É muito difícil que esse veto seja mantido. Já foi difícil manter no projeto anterior”, declarou.

Relator do projeto na Câmara, o deputado Moreira Mendes (PSD-RO) classificou o veto como "deboche com o Congresso Nacional" e disse que trabalhará para derrubá-lo durante votação. "Isso é uma coisa escandalosa, um deboche, pouco caso com Congresso duas vezes. O que foi feito foi acertado com os líderes do governo.  O Senado e a Câmara aprovam e depois ela veta. Da minha parte, gera crise, sim", disse o parlamentar.

O senador José Agripino (DEM-RN), líder do DEM no Senado, disse que o Congresso vai “apreciar o veto oportunamente”.

Desde fevereiro está na pauta do Congresso o veto ao primeiro projeto que dizia respeito à criação de municípios, que também havia sido cortado integralmente pela presidente. As lideranças do governo, porém, vinham segurando a votação para dar tempo de um novo texto ser elaborado, a fim de evitar que os parlamentares derrubassem o veto.

Novo projeto
O texto enviado pelo Congresso Nacional ao Palácio do Planalto no início do mês previa a exigência de 20 mil habitantes para a criação de municípios nas regiões Sul e Sudeste, 12 mil, no Nordeste, e 6 mil, no Centro-Oeste e Norte. A expectativa era de que fossem criados 200 novos municípios nos próximos cinco anos com as novas regras.

Conforme a redação do Legislativo, não haveria exigência de tamanho mínimo para a emancipação dos municípios. De acordo com a proposta, o primeiro passo para a criação de um município seria a apresentação, na Assembleia Legislativa, de um pedido assinado por 20% dos eleitores residentes na área geográfica diretamente afetada, no caso da criação ou desmembramento.

Após o pedido, a Assembleia teria que coordenar um "estudo de viabilidade" do novo município, que deveria comprovar, por exemplo, se na região havia condições de arrecadação suficientes para sustento próprio.

Além disso, um plebiscito deveria ser realizado e, se a maioria da população aprovasse a criação do município, a Assembleia elaboraria e votaria uma lei estabelecendo o nome e limites geográficos. A instalação do município se daria oficialmente com a posse do prefeito e vice-prefeito.

HOSPITAL REGIONAL DO AGRESTE GANHA REFORÇO DE 15 MÉDICOS

Com informações do Liberdade.com.br -

O Hospital Regional do Agreste (HRA), vai ganhar o reforço de 15 novos médicos. O ato de nomeação dos novos servidores, aprovados no concurso público realizado pelo Governo do Estado em 2013, foi assinado pelo governador João Lyra Neto, nesta terça-feira (26), e publicado no Diário Oficial do Estado de hoje.

Os profissionais convocados são das especialidades de clínica médica (09) e traumato-ortopedia (06). Todos serão chamados, por meio de telegrama, para perícia, posse e posterior lotação. Após esse trâmite, os médicos terão 30 dias para entrar em exercício. A previsão é que estejam na unidade já na primeira semana de outubro.

Concursos – Do concurso público de 2013, o segundo voltado, exclusivamente para médicos, realizado pelo Governo do Estado, já foram convocados 699 profissionais, sendo 58 para reforçar os plantões do HRA. No primeiro certame, realizado em 2009, foram nomeados 1.580 médicos para toda a rede estadual de saúde.

Na última segunda-feira (26), foi autorizada pelo governador a publicação de edital para um novo concurso, desta vez, voltado para a contratação de profissionais de saúde de diversas áreas. Ao todo, o certame vai oferecer 1.905 vagas. As inscrições estão abertas até o dia 25 de setembro no site www.upenet.com.br.

PAULO: AÇÕES PARA POTENCIALIZAR O TURISMO EM PERNAMBUCO

Com informações da Assessoria de Imprensa do PSB -

A experiência acumulada durante a sua passagem na Secretaria de Turismo do Estado garantiu a Paulo Câmara (PSB) a percepção das demandas e, principalmente, das muitas possibilidades de avanços que o setor possui. Durante café da manhã, nesta quarta-feira (27), com o Trade Turístico, o candidato da Frente Popular ao Governo pontuou ações que desenvolverá, a partir de 2015, para potencializar os resultados de uma área que já representa 8% do Produto Interno Bruto (PIB) pernambucano.  

Junto com seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB/senador), Paulo destacou que o segmento será beneficiado por iniciativas que melhorarão a infraestrutura dos municípios, além do apoio ao desenvolvimento das diferentes cadeias produtivas existentes.

A capacitação da mão-de-obra foi indicada por Paulo Câmara como um compromisso seu para o fortalecimento do segmento em Pernambuco. O socialista ressaltou que a administração estadual ofertará, através de diferentes mecanismos, oportunidades para que a população possa contribuir mais com o Trade.   

“Com as escolas técnicas e as escolas em tempo integral com cursos para as vocações das regiões do Estado, os municípios poderão apresentar uma mão-de-obra mais qualificada e que ajudará a melhorar os números do Turismo também”, frisou Paulo, destacando que Pernambuco já possui a maior rede de ensino integral do País e ampliou em mais de seis vezes as ofertas de vagas do ensino técnico. “Temos quarenta escolas com esse perfil no Estado”, lembrou. 

Paulo revelou que projeta recuperar e ampliar o número de equipamentos que contribuem para o desenvolvimento de segmentos, como o turismo de negócios. Entre as medidas que serão implementadas pelo socialista está a conclusão do Centro de Convenções de Olinda (Cecon). “O projeto já está pronto e nós vamos fazer. Teremos um Cecon mais moderno e que atenderá as demandas existentes. Mas não vamos esquecer outras regiões do Estado e da necessidade de ter novos equipamentos. Teremos outros aparelhos que ajudarão na realização de eventos”, apontou.

Presidente da Associação Brasileira de Empresa de Eventos (ABEOC), Tatiane Marques elogiou a capacidade demonstrada por Paulo em sentar com o Trade para discutir o setor. “Ele mostrou que tem disposição de fazer, disponibilidade de ouvir. Temos que exaltar isso e discutir juntos, para que possamos ter um Turismo mais forte em Pernambuco”, afirmou.

Em sua fala, Fernando Bezerra Coelho destacou a importância de investimentos para criar um ambiente necessário à atração de empreendimentos.  "Temos que ampliar nossa malha aérea, consolidando mais aeroportos no interior com rotas comerciais. O turismo de negócios é uma vocação que deve ser estimulado, porque gera mais renda e empregos", disse Fernando.  Ele destacou, ainda, que no Senado, lutará para ampliar a qualificação profissional, preparando mais pessoas para trabalhar na indústria do Turismo, que atualmente gera mais de 300 mil postos de trabalho com carteira assinada.





Fotos: Wagner Ramos

PT FALA EM RISCO DE DERROTA APÓS QUEDA DE DILMA EM PESQUISA

Com informações do TERRA NOTÍCIAS -

O resultado da última pesquisa Ibope - que demonstrou queda na intenção de voto à presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e uma possível derrota no segundo turno em um confronto com Marina Silva (PSB) – deixou a cúpula do PT preocupada, de acordo com informações da Folha de S. Paulo. Pela primeira vez, o partido conversa sobre risco de derrota na eleição presidencial deste ano.

Este cenário era visto como improvável antes de Marina Silva entrar na disputa. A campanha de Dilma esperava apenas que o candidato do PSDB, Aécio Neves, caísse nas pesquisas, mas os levantamentos indicam que a petista também perdeu apoio.

Dilma caiu de 38% para 34% das intenções de voto, segundo o Ibope. Aécio oscilou de 23% para 19%. Já Marina aparece com 29% e venceria Dilma num eventual segundo turno, com 45% dos votos contra 36% da candidata à reeleição.

Integrantes da cúpula do PT, ministros e secretários executivos foram convocados para uma reunião na terça-feira à noite no comitê do partido para discutir os rumos da campanha, segundo o jornal. Os petistas avaliam a melhor estratégia para desconstruir a imagem de Marina. “Não é por causa desses números, mas eu já tenho dito há alguns dias que lá pelos dias 7 a 10 de setembro nós teremos uma fotografia mais aproximada do embate eleitoral”, disse o secretário-geral da Presidência, ministro Gilberto Carvalho. "Qualquer pesquisa nesse momento tem que ser tomada como uma coisa muito provisória.”

No lado tucano, a assessoria de Aécio Neves afirmou que a pesquisa não surpreendeu a campanha do PSDB, que já aguardava um crescimento nas intenções de voto para Marina.

Foto: Divulgação

EM PERNAMBUCO, IBOPE APONTA: MARINA, 41%, DILMA, 37$ E AÉCIO, 3%

Com informações do G1 PE -

Pesquisa Ibope divulgada na terça-feira (26) aponta que Marina Silva (PSB) tem 41% das intenções de voto e Dilma Rousseff (PT), 37%, entre os eleitores de Pernambuco na disputa pela Presidência da República. Aécio Neves (PSDB) aparece com 3%. Esta é a segunda pesquisa de intenção de voto feita pelo instituto no estado sobre a eleição nacional, após o registro das candidaturas. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo NE.

Pastor Everaldo (PSC) tem 1%. Brancos e nulos somam 7%, e outros 11% não sabem ou não responderam. Eduardo Jorge (PV),  Eymael (PSDC ), Levy Fidelix (PRTB), Luciana Genro (PSOL), Mauro Iasi (PCB), Rui Costa Pimenta (PCO), e Zé Maria (PSTU) somam, juntos, 2%.

Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada (em que a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado) apenas no estado de Pernambuco:

Marina Silva (PSB) - 41% das intenções de voto
Dilma (PT) – 37%
Aécio Neves (PSDB) – 3%
Pastor Everaldo (PSC) – 1%
Outros com menos de 1% - 2%
Brancos e nulos - 7%
Não sabe ou não respondeu - 11%

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 25 de agosto. Foram entrevistados 1.512 eleitores em 69 municípios do estado. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo Nº PE- 00019/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo Nº BR-00424/2014.

PROCON-PE REALIZA MUTIRÃO DE NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS COM BANCOS

Com informações do JC ONLINE PE -

Consumidores inadimplentes com instituições bancárias que tenham parcelas em atrasos de empréstimos, cartões de crédito e outros contratos financeiros poderão participar de um mutirão de negociação de dívidas promovido pelo Procon Pernambuco. O encontro será realizado nesta quinta (28) e sexta-feira (29) na sede do Procon estadual, das 8h às 15h, (Rua Floriano Peixoto, 141, São José, Centro do Recife) e na sede do Procon Recife, das 8h às 13h, (Rua Carlos Porto Carreiro, 156, Boa Vista, Centro). Participarão do mutirão 17 instituições financeiras associadas à Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), entidade parceira do evento.

De acordo com o Procon, o mutirão vai funcionar da seguinte forma: "o consumidor deverá comparecer ao órgão com os documentos pessoais (RG, CPF) e os documentos que comprovem a dívida com o banco (contrato, extrato bancário, boleto etc). Durante o atendimento, após ser identificada a situação da inadimplência, a pessoa vai preencher um formulário com as informações do débito e contatos pessoais (telefones e e-mails)."

Ainda segundo o órgão, "os atendentes do Procon vão colher as informações, analisar as possibilidades de acordo mais favoráveis e enviar para os canais de atendimento da instituição bancária uma proposta. Os bancos terão um prazo de 10 dias corridos para responder diretamente ao endividado, com cópia para o Procon. Caberá ao consumidor aceitar ou não a contraproposta do banco. Caso não aceite, poderá entrar em contato diretamente com a instituição para avaliar outra opção de acordo fora do mutirão."

Excepcionalmente nos dias do mutirão, o atendimento do Procon Pernambuco e do Procon Recife estarão fechados para as aberturas de reclamação.

*Foto: JC Imagem

CNT/MDA: DILMA TEM 34%, MARINA 28% E AÉCIO, 16%

Com informações do BR247 -

A presidente Dilma Rousseff (PT) lidera a corrida presidencial, com 34,2% das intenções de voto, aponta pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) na manhã desta quarta-feira 27, realizada pelo instituto MDA.

A ex-senadora Marina Silva, candidata pelo PSB, alcançou 28,2% da preferência do eleitorado e assumiu a segunda posição no lugar de Aécio Neves, do PSDB, com 12 pontos de vantagem. O senador tucano registrou 16% das intenções de voto. Pastor Everaldo, do PSC, marcou 1,3%.

Numa simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a ex-senadora seria eleita com 43,7% dos votos, contra 37,8% de Dilma. A candidata do PSB também venceria Aécio, com 48,8% dos votos, contra 25,2% do tucano. Já em um embate entre a petista e Aécio Neves, a presidente seria eleita com 43% dos votos, dez à frente de Aécio, que teria 33,3%.

Na pesquisa de abril, ainda com Eduardo Campos na disputa, Dilma registrou 37% das intenções de voto, contra 21,6% do tucano Aécio Neves e 11,8% do então candidato do PSB. O levantamento divulgado hoje foi o primeiro do instituto após a morte do ex-governador de Pernambuco e com Marina Silva à frente da candidatura do PSB.

Foram entrevistadas 2.002 pessoas em 137 municípios de 24 estados das cinco regiões, entre os dias 21 e 24 de agosto. A MDA fez a pesquisa com o nome de Marina Silva entre as opções de voto um dia depois da oficialização da candidatura da ex-senadora à presidência pelo PSB.

POLARIZAÇÃO ABRE CICLO DE DEBATES DOS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA

Com informações do JC ONLINE PE -

O primeiro debate realizado entre os presidenciáveis foi marcado muito mais pelo confronto político entre os três principais candidatos do que pela clareza de propostas de cada postulante. Melhores colocados nas pesquisas de intenção de voto, a presidente Dilma Rousseff (PT), o senador Aécio Neves (PSDB) e ex-ministra Marina Silva (PSB) polarizaram as discussões. Temas como estabilidade da economia, redução no número de ministérios, conceito de nova política e até questões polêmicas, como a legalização do aborto, marcaram o programa, que foi transmitido na noite de ontem pela Tv Bandeirantes.

Um dos momentos mais tensos do debate foi no confronto entre a presidente Dilma Rousseff e o senador Aécio Neves, que afirmou que a petista deveria pedir desculpas à população brasileira pela má condução da Petrobras. “O senhor desconhece a Petrobras, que é a maior empresa da América Latina. O Brasil se transformará em grande exportar do petróleo. Não fomos nós que tentamos mudar a Petrobras para ‘Petrobrax’ porque soa melhor aos ingleses”, rebateu a petista, que ainda disse que Aécio estava sendo leviano. O tucano, por sua vez, respondeu que “leviandade é a forma como a Petrobras vem sendo conduzida”.

Outro momento de embate entre os candidatos foi quando Dilma Rousseff disse, em questionamento a Aécio Neves, que o PSDB “quebrou o Brasil três vezes”. “Quem fala olhando para trás tem receio de debater o presente. O governo que a senhora comanda perdeu capacidade de inspirar confiança”, disse o tucano, referindo-se a geração de empregos no último governo. 

A primeira pergunta entre os candidatos foi feita por Marina Silva. Tendo como alvo a presidente Dilma Rousseff, a socialista relembrou os pactos proposto pelo governo em julho de 2013, quando várias manifestações ocorreram no Brasil. A candidata do PSB disse que nenhuma das propostas apresentadas à época funcionou e disse que Dilma “precisa reconhecer os problemas” existentes. Em defesa do governo, Dilma afirmou que todos os pactos deram certo. Ela citou a votação dos royalties do pré-sal, que fixou o percentual de 75% para a educação, os investimentos na mobilidade, a criação do programa Mais Médicos, as ações para estabilizar a economia e o envio de uma reforma política para o Congresso Nacional, que não saiu do papel. 

Marina e Aécio Neves também travaram uma disputa acirrada durante o segundo bloco do debate. O candidato do PSDB perguntou o que representa a “nova política” na visão de Marina. Ele lembrou que a socialista não apoiou José Serra (PSDB) na eleição de 2010, mas agora disse que, se eleita, pretende contar com o apoio do tucano. “Quando digo que quero governar com os melhores é porque reconheço que existem pessoas boas em todos os partidos”, respondeu de forma incisiva.

Luciana Genro (Psol) foi a única que bateu nos três principais candidatos. “Vocês três são muito parecidos”, afirmou, ao comentar as propostas dos candidatos para a economia brasileira. Nas considerações finais, pastor Everaldo (PSC) deixou claro que é contrário ao casamento homoafetivo e ao aberto.

Foto: AFP

PAULO CÂMARA VAI CRIAR O FEM SOCIAL

Com informações da Assessoria de Imprensa do PSB -

Comprometido com a promoção de uma maior integração entre as políticas públicas desenvolvidas pelo Governo do Estado e as das prefeituras, o candidato da Frente Popular, Paulo Câmara (PSB), instituirá, a partir de 2015, o FEM Social. A ferramenta - inspirada no Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), que destina recursos estaduais às gestões municipais para a realização de obras de infraestrutura – possibilitará que os serviços públicos funcionem com mais qualidade e alcancem um número maior de pernambucanos. A medida será gradativa, com um cronograma de implantação ao longo dos próximos quatro anos.

O FEM Social ajudará as prefeituras desenvolverem iniciativas em áreas como educação, saúde, segurança, juventude e políticas de gênero, entre outras. O Governo comandará um estudo das demandas existentes nos municípios para poder ofertar parcerias específicas com cada um deles, melhorando, assim, a prestação de serviço local e a qualidade de vida da população beneficiada.

“Não vamos querer um serviço público diferenciado entre o do Estado e o que o município vai oferecer. Estaremos juntos, integrados; para que haja uma cadeia de desenvolvimento. Você ajudando os municípios na saúde, por exemplo, estará ajudando o Estado. A rede de alta e média complexidade, que é do Estado, estará mais controlada se a ação preventiva funcionar melhor”, exemplificou Paulo.

De acordo com o candidato, "não adianta ter uma educação de nível médio e fundamental de qualidade se o município não tem creche, não tem uma pré-escola adequada". "Tudo isso é para estruturar, é para que a educação de Pernambuco seja integrada. Na saúde também. As ações preventivas são de responsabilidade dos municípios, então eles precisam de recursos para alcançar melhoras na área”, destacou Paulo.

Assim como o FEM da infraestrutura, a sua versão social disponibilizará recursos através da apresentação de projetos pelas prefeituras. E tudo isso de forma desburocratizada, por meio do modelo de repasse fundo a fundo. As administrações municipais precisarão indicar ao Governo do Estado o que pretendem realizar para melhorar em áreas como educação, saúde e segurança sem os entreves que são observados em outros tipos de convênios e parcerias entre diferentes entes da União. No entanto, dentro do padrão de gestão já desenvolvido pela máquina estadual.

“Os recursos estarão garantidos para que os municípios possam fazer políticas públicas sintonizadas com as políticas públicas do Estado. Vamos buscar uma máquina pública cada vez mais desburocratizada. Com recursos diretos que serão disponibilizados com programas e convênios, mas com uma burocracia menor em suas liberações”, pontuou Paulo.

O FEM tem apoiado os municípios pernambucanos, nos últimos dois anos, na implantação de projetos que permitam a retomada da realização de investimentos que ficaram impossibilitados devido ao atual momento de fragilidade das finanças municipais. Em cada uma de suas duas edições, a ferramenta liberou R$ 228 milhões aos municípios, que hoje conseguem exibir uma série de intervenções que ajudam a melhorar significativamente a vida de suas populações.

Foto; Reprodução

IBOPE: PAULO CÂMARA SOBE 18 PONTOS E CHEGA AOS 29%

Com informações da Assessoria de Imprensa do PSB -

Pesquisa do Ibope divulgada pela TV Globo NE, nesta terça-feira (26), mostrou que o candidato Paulo Câmara subiu 18 pontos nas intenções de votos dos pernambucanos e já se aproximou do seu principal opositor. O socialista, que marcou 11% no último levantamento do instituto, em 30 de julho, saltou
para 29%.

O candidato da oposição, por sua vez, caiu 5 pontos, descendo de 43% para 38%. Ou seja, a diferença que há menos de um mês era de 32 pontos, foi para apenas 9. Os outros candidatos, juntos, somam apenas 4%. A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 25, com 1512 entrevistados. E foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número PE-00019/2014.

"A campanha está na rua e a receptividade cresceu muito. As pessoas estão querendo saber quem é Paulo Câmara, que é o candidato de Eduardo. Vamos continuar fazendo a nossa campanha, nos apresentando, falando das nossas propostas. Tudo isso é um trabalho que está dentro do nosso planejamento, que vamos intensificar nós próximos 40 dias", pontuou Paulo Câmara.

Foto: Reprodução

AGENDA DO CANDIDATO PAULO CÂMARA PARA ESTA QUARTA-FEIRA, 27 DE AGOSTO

Com informações da Assessoria de Imprensa do PSB -

8h – Café da manhã com o Trade Turístico
Local: Parraxaxá. Av. Fernando Simões Barbosa, 1.200, Casa Forte

16h – Caminhada em Paulista
Concentração: Praça Aníbal Fernandes, Jardim Paulista Baixo

19h30 – Encontro com ​​a comunidade escolar de Pernambuco
Local: Clube Internacional

terça-feira, 26 de agosto de 2014

COMUNIDADE DO SÍTIO PALHA DE XUCURU GANHA ATENDIMENTO DIÁRIO NO POSTO DE SAÚDE LOCAL

Com informações da Redação -

A comunidade do Sítio Palha de Xucuru e de outros sítios vizinhos, está feliz com o início dos trabalhos permanentes do posto de saúde da localidade, que funcionava em caráter extraordinário, em dias de vacinas e outros serviços, mas desde a semana passada, funciona diariamente com atendimentos para a população através dos cuidados da Agente comunitária de Saúde, Senira Tavares, com o auxílio de Maurício Maciel.

O posto de saúde da localidade, foi uma iniciativa do vereador Claudemir Paulino, em parceria com o governo municipal, aproveitando o espaço da antiga escola local, que foi transferida para uma área mais ampla, acomodando um número maior de alunos. Sendo que o posto de saúde está servindo aos usuários com atendimentos técnicos de enfermagem, testes rápidos de diabetes, aferição da pressão arterial, vacinas, entrega de mediamentos, e outros mais, facilitando a vida dos pacientes e de quem precisa ter um atendimento rotineiro, sem precisar se deslocar até à unidade Básica de Saúde de Xucuru. Um avanço muito importante para a região

Os serviços continuarão sendo oferecidos todos os dias úteis, podendo contar ainda com atendimentos extras de enfermagem, dentista e médico clínico geral por alguma ocasião, como já aconteceu em outros momentos. Tudo sendo realizado e apoiado pela secretaria municipal de saúde de Belo Jardim, para que a população possa estar mais perto dos atendimentos básicos, através do SUS.







Fotos: Gentilmente, cedidas do Facebook;

PESQUISA IBOPE EM PE, MOSTRA JOÃO PAULO COM 35% E BEZERRA COM 22% NA DISPUTA PARA O SENADO

Com informações do G1 PE -

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (26) aponta que o candidato João Paulo (PT) tem 35% das intenções de voto para o Senado. Na sequência, o socialista Fernando Bezerra Coelho (PSB) aparece com 22%. Simone Fontana (PSTU) tem 2%; Albanise Pires (PSOL) e Oxis (PCB) aparecem com 1% cada. Os indecisos somam 24% e os que declaram que vão votar branco ou nulo são 15%.

No levantamento anterior realizado pelo instituto, em julho, João Paulo aparecia com 37% e Fernando Bezerra Coelho, com 16%. Encomendada pela TV Globo, a pesquisa é a segunda do Ibope após o registro das candidaturas.

Veja os números do Ibope:
João Paulo (PT) - 35% das intenções de voto
Fernando Bezerra Coelho (PSB) - 22%
Simone Fontana (PSTU) - 2%
Albanise Pires (PSOL) - 1%
Oxis (PCB) - 1%
Brancos e nulos - 15%
Não sabe ou não respondeu - 24%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e realizada entre os dias 23 e 25 de agosto. Foram entrevistados 1.512 eleitores em 69 municípios do estado. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O nível de confiança é de 95%. O que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de 3 pontos para mais ou para menos, a  probabilidade do resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) sob o número 00019/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR00424/2014.

Foto: Reprodução

EM PERNAMBUCO, PESQUISA IBOPE MOSTRA ARMANDO COM 38% E PAULO CÂMARA, 29%

Com informações do G1 PE -

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (26) aponta Armando Monteiro (PTB) com 38% das intenções de voto para o governo de Pernambuco, seguido de Paulo Câmara (PSB), com 29%. Os candidatos Jair Pedro (PSTU), Miguel Anacleto (PCB), Pantaleão (PCO) e Zé Gomes (PSOL) aparecem com 1% cada.

No levantamento anterior realizado pelo instituto, em julho, Armando Monteiro aparecia com 43% e Paulo Câmara, com 11%. Encomendada pela TV Globo, a pesquisa é a segunda do Ibope após o registro das candidaturas.

Confira abaixo os números do Ibope para a pesquisa estimulada, em que a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado:
Armando Monteiro (PTB): 38%
Paulo Câmara (PSB): 29%
Jair Pedro (PSTU): 1%
Miguel Anacleto (PCB): 1%
Pantaleão (PCO): 1%
Zé Gomes (PSOL): 1%
Brancos e nulos: 13%
Indecisos: 16 %

Rejeição
O Ibope também pesquisou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Confira abaixo:

Zé Gomes (PSOL): 33%
Pantaleão (PCO): 32%
Jair Pedro (PSTU): 24%
Miguel Anacleto (PCB): 23%
Paulo Câmara (PSB): 19%
Armando Monteiro (PTB): 17%
Poderia votar em todos: 12%
Não sabe ou não respondeu: 27%

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 25 de agosto. Foram entrevistados 1.512 eleitores em 69 municípios do estado. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) sob o número 00019/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR00424/2014.

Foto: Divulgação

MARINA SINALIZA COM POSSÍVEL VIRADA INÉDITA EM ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS

Com informações do UOL NOTÍCIAS -

A pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (26.ago.2014) mostra que a disputa presidencial pode ter uma virada inédita. Nunca um candidato que começou o horário eleitoral atrás nas intenções de voto conseguiu vencer esse tipo de disputa.

Segundo o Datafolha, nos dias 14 e 15 de agosto, a corrida presidencial tinha Dilma Rousseff (PT) com 36%, seguida por Marina Silva (PSB), com 21%, e Aécio Neves (PSDB), com 20%.

O horário eleitoral com propagandas no rádio e na TV teve início em 19 de agosto. Agora, o Ibope realizado de 23 a 25.ago.2014 mostra que Dilma tem 34% contra 29% de Marina. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos, para mais ou para menos. Aécio Neves tem apenas 19%. Há sinais de que o tucano derreteu neste momento com a entrada da pessebista na disputa.

Mais relevante do que o cenário de primeiro turno é o que o Ibope aponta para o segundo turno. Na hipótese de o confronto ser entre Dilma e Marina, a petista pontuaria 36% contra robustos 45% de Marina.

A “Folha de S.Paulo” publicou reportagem em sua edição de hoje (26.ago.2014) com dados de todas as eleições presidenciais diretas pós-ditadura militar. Nota-se que sempre houve um padrão: quem estava à frente nas pesquisas de intenção de voto no início do horário eleitoral acabava vencendo a disputa –independentemente de quanto tempo disponível tinha para fazer comerciais na TV e no rádio.

Se confirmar o seu desempenho nas urnas em 5.out.2014, Marina Silva poderá protagonizar uma virada inédita em uma eleição presidencial brasileira.

Foto: Reprodução

UOL ANTECIPA PESQUISA PRESIDENCIAL DO IBOPE: DILMA TEM 34%, MARINA 29%, AÉCIO 19%

Com informações do UOL ELEIÇÕES -

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (26) mostra a ex-senadora Marina Silva (PSB) em segundo lugar na corrida presidencial, com 29% das intenções de voto.

É a primeira pesquisa que o instituto faz depois da morte do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos e da definição de Marina como candidata a presidente pelo partido. Também é o primeiro levantamento feito após o início do horário eleitoral gratuito na TV e no rádio.

Os candidatos fazem hoje o primeiro debate presidencial. O encontro acontecerá às 22h, na Band.

A presidente Dilma Rousseff (PT), que busca a reeleição, lidera a disputa, com 34%. O senador Aécio Neves (MG), candidato pelo PSDB, caiu do segundo para o terceiro lugar e tem 19%. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O resultado reforça a tendência verificada pela pesquisa Datafolha divulgada em 18 de agosto. No levantamento da semana passada, Marina já aparecia numericamente à frente de Aécio, com 21% contra 20%, mas havia empate técnico entre os dois, levando em consideração a margem de erro.

Na pesquisa Ibope divulgada hoje, o pastor Everaldo Pereira, candidato pelo PSC, e Luciana Genro, do PSOL, estão com 1%. Somados, os outros candidatos têm 1%.

A proporção de eleitores dispostos a votar em branco ou anular é de 7%. Os indecisos representam 8%.

Na última pesquisa Ibope, divulgada em 7 de agosto, Dilma aparecia com 38%, Aécio tinha 23% e Eduardo Campos, então candidato do PSB, estava com 9%.

O resultado de hoje indica que a eleição deve ir para o segundo turno já que Dilma não tem mais do que a soma dos demais candidatos.

O Ibope testou dois cenários de segundo turno. Em uma eventual disputa entre Dilma e Marina, a candidata do PSB aparece à frente, com 45%, contra 36% da petista. No outro cenário, Dilma lidera com 41% contra 35% de Aécio.

O instituto entrevistou 2506 pessoas entre os dias 23 e 26 de agosto. Contratada pela Rede Globo, a pesquisa foi registrada no TSE com o número BR-00428/2014.

Rejeição e avaliação do governo
O Ibope também mediu a rejeição aos candidatos. A presidente Dilma é a mais rejeitada. A proporção de eleitores que dizem não votar na petista de jeito nenhum é de 36%. Marina é rejeitada por somente 10%; e Aécio, por 18%.

De acordo com o instituto, 34% dos entrevistados consideram o governo Dilma ótimo ou bom. Para 36%, a administração é regular. E a proporção dos que a consideram ruim ou péssima é de 29%.

BELO JARDIM ABRE VANTAGEM NO GRUPO E DO PE SUB-23 AO VENCER POR 9x3 NA 5ª RODADA

Com informações do INFORMATIVO WILDES BRITO -

A quinta rodada do Campeonato Pernambucano Sub-23 foi bom para Belo Jardim. Após disputar a liderança do grupo E rodada a rodada com os adversários, o Calango assumiu a primeira colocação isolada e abriu dois pontos de vantagem para os adversários. 

Invicto na segunda fase, o Belo Jardim possui 11 pontos, dois a mais que o Jaguar, que também não sofreu derrotas no grupo E. Neste final de semana o Calango venceu o Ferroviário por 9x3, enquanto a equipe de Jaboatão dos Guararapes chegou a estar perdendo por dois gols de diferença, mas alcançou o empate por 2x2 com Araripina. 

A terceira colocação pertence ao íbis que possui seis pontos e duas vitórias na chave. No último domingo o Pássaro Preto derrotou o Altinho, de virada, por 2x1. 

Araripina e Altinho também possuem seis pontos, entretanto, com apenas um triunfo na segunda fase. O Bode está em quarto e a equipe altinense em quinto por causa do saldo de gols (2x1). 

Com apenas um ponto, o Ferroviário segue na sexta posição. 

Os quatro primeiros colocados do grupo E avançarão para as quartas de final do Pernambucano Sub-23. 

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More