VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

WEB RÁDIO - NOVA XUCURU

sexta-feira, 25 de julho de 2014

DILMA CUMPRIU BEM O SEU PAPEL NO VELÓRIO DE ARIANO SUASSUNA

Com informações do Blog de Inaldo Sampaio -

Mesmo tendo fama de durona, inafetiva e mal educada, a presidente Dilma Rousseff praticou um gesto de elegância, ontem, ao resolver vir ao Recife para marcar presença no velório do escritor Ariano Suassuna. É certo que ela foi apoiada por ele em 2010, assim como o ex-presidente Lula nas duas eleições que disputou. À época, Dilma era aliada em Pernambuco do então governador Eduardo Campos e o autor de “O auto da compadecida”, como militante disciplinado do PSB, acompanhou a decisão do partido. 

Divulgação
Ariano fez jus à homenagem, pela contribuição que deu à literatura brasileira, e a presidente será sempre lembrada pelo simpático gesto que praticou. Lula também é capaz de gestos parecidos. Quando estava na presidência da República, fez questão de comparecer ao sepultamento de um sertanejo de São José do Egito que havia sido motorista dele ao tempo em que morou em Brasília como deputado constituinte.

O desafio dos desconhecidos

Lançado em fevereiro deste ano como candidato do PSB ao Governo de Pernambuco, Paulo Câmara conta com o horário político do rádio e da TV para anular a distância que o separa do candidato Armando Monteiro (PTB). No Ceará, o candidato Camilo Santana (PT), que tem o apoio dos irmãos Cid e Ciro Gomes (PROS), está com pressa. Foi lançado há menos de um mês e já tem, segundo o Ibope, 14% das intenções de voto, ante 44% de Eunício Oliveira (PMDB).

Roteiro – Por conta da morte de Ariano Suassuna, Eduardo Campos (PSB) cancelou um roteiro de visitas que faria ontem e hoje a dois Estados da região Norte: Acre e Rondônia. Na capital acreana, Rio Branco, onde o PSB apoia a reeleição do governador Tião Viana (PT), ele faria a palestra de abertura da 66ª reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Presença – Não será mais amanhã, e sim domingo, o ato que Mendonça Filho (DEM) fará em Belo Jardim para apresentar Raquel Lyra (PSB) como seu candidato a deputado estadual.

Calçadas – Até o fim do mandato do prefeito Geraldo Júlio (PSB), diz o secretário de Serviços Públicos, João Braga, a PCR terá feito o que nenhum outro prefeito fez: 130 km de calçadas.

Apoio – Jarbas Vasconcelos será apoiado em Pesqueira para a Câmara Federal por velhos companheiros do PMDB e também pelo médico José Peixoto, duas vezes candidato a prefeito.

Mistura – Deputado Roberto Freire, presidente nacional do PPS, tem acompanhado Eduardo Campos nas andanças do presidenciável do PSB pelo Estado de SP, onde o partido prega o voto “edualdo”: Eduardo para presidente e Geraldo Alckmin (PSDB) para governador.

Solidão – Eduardo da Fonte (PP), Augusto Coutinho (SDD) e Mendonça Filho (DEM) têm algo em comum em suas campanhas para a Câmara Federal. Os adesivos colados em automóveis têm apenas os seus próprios rostos. Nada de propaganda de presidente ou de governador.

Comitê – O vice-presidente Michel Temer (PMDB) esteve ontem na Paraíba para inaugurar o comitê de campanha do senador Vital do Rego, candidato do partido ao governo estadual. O PT nacional gostaria de apoiar o senador mas a secção regional fez opção pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), que disputa a reeleição. O senador Cássio Cunha Lima (PDB) está correndo por fora.

Pista – Em depoimento à Comissão Nacional da Verdade, o delegado capixaba Cláudio Guerra manteve a versão que já contara em livro dois anos atrás: que o estudante pernambucano Fernando Santa Cruz, cujo nome consta da lista dos desaparecidos políticos, foi assassinado por agente da repressão no RJ e o seu corpo incinerado numa usina de açúcar da cidade de Campos dos Goytacazes.

VICE DO PSB, MARINA COBRA APURAÇÕES SOBRE SUBORNO

Com informações do PE247 -

Candidata a vice na chapa à Presidência de Eduardo Campos (PSB), a ex-senadora Marina Silva, defendeu nesta quinta-feira (24) uma investigação sobre a denúncia de compra de apoio político para o candidato do partido ao governo de Pernambuco, Paulo Câmara.

"Se existe uma denúncia, existe um processo de investigação. A Justiça Eleitoral está aí para fazer a investigação, então toda e qualquer denúncia deve ser investigada e apurada. Essa é a minha posição e a do Eduardo", disse Marina.

O deputado José Augusto Maia (Pros-PE) afirmou ter recebido oferta de "vantagem financeira" para que seu partido integrasse a coligação de Câmara.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

HOMEM COM PARENTES EM XUCURU, MORRE AO SER JOGADO DE UMA PONTE EM BELO JARDIM

Com informações do Jardim do Agreste -

Na tarde desta quinta feira (24) um Homem conhecido por Beiçola, foi jogado de cima de uma ponte e foi a óbito em Belo Jardim, agreste de Pernambuco, de acordo com informações de populares, Beiçola vivia perambulando pelas ruas da cidade e algumas pessoas diziam que ele era doente mental, e corria atrás de mulheres e crianças, mostrando seus órgãos genitais em via pública. 

E na tarde desta quinta, teria tomado uma bolsa de um mulher que  passava próximo a Ponte Nova, populares saíram em defesa da mulher, pegaram Beiçola e o jogaram de cima da ponte, com a queda, o mesmo foi a óbito no local.  

Do Blog de Xucuru; Ele tinha familiares em Xucuru, e sempre visitava a localidade, montado em um cavalo.

SPORT VENCE O PAYSANDU, MAS É ELIMINADO DA COPA DO BRASIL

Com informações do Blog de Primeira

Não era segredo para ninguém que o Sport não queria chegar à quarta fase da Copa do Brasil para não perder o direito de disputar a Taça Sul-Americana. Mas o Rubro-Negro não alcançou nem a terceira. Mesmo com a vitória de ontem, 3 x 2 sobre o Paysandu-PA, na Ilha do Retiro,o time pernambucano despediu-se da competição (havia perdido o jogo de ida por 2 x 1).

Danilo marcou um dos três gols do 

Rubro-negro (Foto: Folha PE)
O Papão segue sua trilha no certame. E o Leão tem caminho aberto para tentar conquistar a América – mas com protestos da torcida, que entendeu como deliberada a lentidão da equipe no segundo tempo.

Apesar do silêncio das arquibancadas quase vazias, o primeiro tempo se deu em ritmo intenso. Aos 14, o placar apontava 2 x 0 para o Sport. Dois gols nascidos numa fragilidade da defesa do Paysandu na bola aérea: Ananias, de peixinho, e Danilo, de cabeça, foram os autores.

Quando a coisa já parecia pender para o lado Sport, o Paysandu surpreendeu com ajuda de dois jogadores leoninos. Aos 17, o zagueiro Oswaldo tentou afastar bola alçada na área, mas acabou cabeceando contra seu próprio gol. Saulo, em noite pouco feliz, tomou um frango. O 2 x 1 àquela altura levaria aos pênaltis.

O Sport tomava controle das ações, o Paysandu buscava o contra-golpe. Duas defesas ruins: sem Durval, o Leão perdeu a liga na retaguarda O Papão não funciona lá atrás. Aos 40, em nova jogada pela direita, Patric cruzou e Ananias, de novo pelo alto, marcou para a equipe pernambucana.

Tudo tranquilo de novo? Que nada. Dois minutos mais tarde, o Paysandu aproveitou-se de novo erro da defesa do Sport . Marcos Paraná diminuiu: 3 x 2. Por conta do critério do gol fora de casa (o jogo de ida foi 2 x 1 para o Papão), a vantagem passou a ser dos paraenses.

Ou seja: para seguir adiante, o Sport precisaria fazer mais um gol no segundo tempo. O que não ficou muito claro era se realmente o Leão queria isso. O segundo tempo foi arrastado, lento e de poucas chances. A equipe do técnico Eduardo Baptista obrigou o goleiro Douglas a fazer boa defesa aos 21, mas não assustou mais que isso. A vitória foi leonina. A vaga, paraense.

Sport: Saulo; Patric, Ewerton Páscoa, Oswaldo e Renê; Willian (Wendel), Rithely, Ananias, Danilo (Aílton) e Felipe Azevedo (Mike); Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista

Paysandu: Douglas; Everton Silva, Charles, Reniê e Aírton; Augusto Recife (Riardo Capanema), Zé Antônio e Rafael Tavares (Fabinho); Yago Pikachu, Ruan e Marcos Paraná (Heverton). Técnico: Vica

Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse (ambos SP)
Gols: Ananias (aos 2 e 40 do 1T) e Danilo (aos 14 do 1T) para o Sport; Oswaldo (contra, aos 17 do 1T) e Marcos Paraná (aos 42 do 1T) para o Paysandu.
Cartões amarelos: Patric (Sport) Yago Pikachu, Everton Silva (Paysandu)
Público: 1.276
Renda: R$18.135,00

CLIMA DE COMOÇÃO E FESTA MARCA SEPULTAMENTO DE ARIANO SUASSUNA EM PAULISTA, PE

Com informações da Agência Brasil -

O corpo do escritor, poeta e dramaturgo paraibano Ariano Suassuna foi enterrado na tarde de hoje (24) no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, região metropolitana do Recife. A cerimônia foi marcada por um misto de comoção e de festa e teve a participação de diversos grupos de folguedos populares.

Foto: Secretaria de Imprensa de Pernambuco
Suassuna morreu na tarde de ontem (23), aos 87 anos, de parada cardíaca provocada por hipertensão intracraniana. Ele estava internado desde segunda-feira (21) no Real Hospital Português, no Recife, após ter sofrido um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico.

O velório de Suassuna começou ontem, por volta das 23h30, no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo de Pernambuco.

Hoje de manhã, o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, celebrou uma cerimônia religiosa no velório. Em clima de profunda comoção, familiares, amigos e fãs compareceram para prestar a última homenagem ao escritor e dramaturgo, que nasceu na Paraíba, mas passou a maior parte de sua vida em Pernambuco.

O governador do estado, João Lyra, decretou três dias de luto pela morte de Suassuna.

Confirmada a morte do escritor, que ocupava a Cadeira 32 da Academia Brasileira de Letras (ABL), diversas autoridades lamentaram a perda, entre elas, os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, e a presidenta Dilma Rousseff. A presidenta, inclusive, cancelou a agenda desta manhã no Palácio do Planalto e a viagem que faria a Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, para participar do velório de Suassuna.

Em nota, a presidenta disse que a literatura brasileira perdeu um grande referencial e que  guarda ótimas recordações dos encontros que teve com o escritor.

Também compareceram no velório os governadores de Pernambuco, João Lyra Neto, da Bahia, Jaques Wagner, e da Paraíba, Ricardo Coutinho, o prefeito do Recife,Geraldo Júlio, o senador Humberto Costa (PT-PE) e o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos.

A Academia Brasileira de Letras foi representada por seu presidente, Geraldo Holanda Cavalcanti, e pelo acadêmico Evanildo Bechara.

Ariano Suassuna é autor de extensa obra, com dezenas de peças de teatro e romaces publicados. O Auto da Compadecida é sua obra de maior alcance popular.

TRE-PE DEFINE TEMPO DE TV E RÁDIO PARA A PROPAGANDA ELEITORAL 2014 E PAULO CÂMARA SAI EM VANTAGEM

Com informações do LeiaJá

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) sorteou, nesta quinta-feira (24), o tempo de televisão e rádio para que os candidatos possam exibir os guias eleitorais. De acordo com o presidente da Comissão de Propaganda, juiz Alexandre Pimentel, o cálculo para cada coligação ou partido foi baseado no número de parlamentares que eles têm representado na bancada da Câmara Federal.

Reprodução
Como já havia sido previsto, na distribuição para a majoritária o candidato da Frente Popular, Paulo Câmara (PSB), contabilizou a maior parcela de tempo 10 minutos e 26 segundos. O postulante da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, Armando Monteiro (PTB), terá 4 minutos e 57 segundos. José Gomes (PSOL), da Mobilização Pelo Poder Popular, contabilizou 1 minuto e 16 segundos. Os candidatos Jair Pedro (PSTU), Miguel Anacleto (PCB) e Pantaleão (PCB) ficaram cada um com 1 minuto e 6 segundos. 

A ordem de exibição, no primeiro dia, foi decidida em sorteio, ficando assim: Paulo Câmara, Jair Pedro, José Gomes, Miguel Anacleto, Armando Monteiro e Pantaleão.

Para senador, Fernando Bezerra Coelho (PSB) vai ter um guia com 5 minutos e 19 segundos. João Paulo (PT) contabilizou um tempo de 2 minutos e 35 segundos. A candidata do PSOL, Albanise Pires, terá 44 segundos. Os candidatos Antônio Elias (PCB) e Simone Fontana (PSTU) ficaram com 40 segundos cada. A ordem de exibição será: João Paulo, Antônio Elias, Albanise Pires, Bezerra Coelho e Simone Fontana.

A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão começa no dia 19 de agosto e segue até o dia 2 de outubro. Ela será dividida em dois blocos de 20 minutos cada, um à tarde e outro à noite. Os programas dos candidatos a presidente e deputado federal exibidos às terças e quintas-feiras e aos sábados. Já os programas dos candidatos a governador, senador e deputado estadual serão apresentados às segundas, quartas e sextas-feiras.

BANDIDOS EXPLODEM CAIXA ELETRÔNICO DE AGÊNCIA BANCÁRIA EM SANTA CRUZ, SERTÃO DE PE

Com informações do G1 PETROLINA -

Um caixa eletrônico de uma agência bancária que fica no município de Santa Cruz, no Sertão de Pernambuco, foi explodido na madrugada desta quinta-feira (24). De acordo com a Polícia Militar, os bandidos chegaram ao local por volta das 2h40. Esta foi a terceira vez que a mesma agência foi assaltada, a última aconteceu no mês de abril.

Agência bancária em Santa Cruz. 

(Foto: José Ricardo Barbosa/Arquivo pessoal)
De acordo com major da PM, Fábio Souza, uma equipe da polícia fazia uma ronda na área da explosão. “A guarnição ouviu o barulho quando a dinamite explodiu e se aproximou. Quando a equipe chegou, os suspeitos estavam fugindo e dispararam contra os policiais. Não houve confronto direto, pois havia uma distância em relação aos bandidos”, contou.

Segundo o major, cerca de oito pessoas fugiram em dois carros levando o dinheiro da agência. O banco não quis revelar o valor levado pelos ladrões. A polícia está tentando localizar a rota de fuga dos suspeitos.

TIME DO BELO JARDIM EMPATA COM O TIMBAÚBA NO PERNAMBUCANO SUB-23

Com informações do De Olho na Política -

Num jogo sem grandes emoções, Belo Jardim e Timbaúba empatam em 0x0 pela segunda rodada do grupo B do campeonato Pernambucano SUB 23. Na noite da última quarta feira(23 de julho), Belo Jardim estreou jogando  na vila olímpica do SESC para um público de 1.150 torcedores que viram o calango do agreste empatar  por 0x0 com o Timbaúba num jogo sem grandes jogadas e sem fortes emoções.

O Belo Jardim conseguiu envolver o adversário com boas jogadas e manteve a posse da bola a maior parte do primeiro tempo, enquanto a equipe do Timbaúba ameaçava a meta do Calango do agreste com contra-ataques rápidos. As equipes buscaram o ataque desde o início da primeira etapa, mas pecavam nos passes e nas finalizações, desperdiçando as poucas oportunidades criadas. 

Na segunda etapa prevaleceu a disputa no meio campo e se na primeira etapa o torcedor não vibrou com grandes jogadas e não soltou o grito de gol, na segunda não foi diferente, com pouca criatividade e muita marcação o primeiro jogo do Belo Jardim em casa terminou em 0x0. 

As equipes  somaram apenas um ponto na tabela de classificação do grupo B o que mantem o Calango do Agreste na liderança agora com 4 pontos, já o Timbaúba aparece com 2 pontos na classificação e se mantem na briga para avançar na competição.

PAULO CÂMARA PROCESSA JOSÉ AUGUSTO MAIA POR ACUSAÇÃO DE SUBORNO

Com informações do Blog do Magno Martins -

O candidato ao governo de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), disse ontem que está tomando 'todas as medidas judiciais cabíveis' contra o deputado José Augusto Maia (Pros-PE). Em nota, Câmara classificou a denúncia de Maia como 'uma tentativa caluniosa de me descredibilizar'. José Augusto maia denunciou ter recebido oferta de dinheiro para que seu partido integrasse a coligação da Frente Popular,  que tem Paulo Câmara como escolhido pelo presidenciável Eduardo Campos para sucedê-lo no comando do Estado.

Reprodução
'Anuncio que estou tomando todas as medidas judiciais cabíveis contra José Augusto Maia e todos os envolvidos nesta nefasta e inadmissível atitude. Mais do que uma retaliação, do mais baixo nível, como se poderia esperar, pelo seu autor, fui vítima de um golpe que me obriga a reagir, imediatamente, e com força proporcional -- não necessariamente à repercussão, mas à intenção', diz Paulo Câmara

O candidato do PSB ressaltou ainda que o deputado do Pros 'responde a duas ações criminais por fraude em licitação e formação de quadrilha e foi condenado pela Justiça pernambucana por improbidade, tendo seus direitos políticos suspensos por três anos'.  José Augusto Maia (Pros-PE) contesta Câmara e diz que não há nenhuma condenação definitiva contra ele.

Leia abaixo, na íntegra, a nota de Paulo Câmara:

''A matéria publicada hoje (23/07), pelo jornal Folha de São Paulo, ao citar o meu nome, sugere, irresponsavelmente, a associação da minha imagem a uma suposta ação criminosa. Em função da matéria publicada por esse jornal, baseada em denúncia formulada por um parlamentar pernambucano, sinto-me obrigado a me posicionar em defesa da minha honra e credibilidade, o maior patrimônio que construí ao longo da minha vida.

É importante destacar, que o deputado José Augusto Maia, que serviu como fonte da reportagem, responde a duas ações criminais por fraude em licitação e formação de quadrilha, e foi condenado, pela justiça pernambucana, em abril deste ano, por improbidade administrativa, tendo os seus direitos políticos suspensos pelo prazo de três anos, além da condenação e dos processos em andamento no Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco. Importante também ressaltar a relação histórica de amizade e apoio de José Augusto Maia ao nosso adversário direto, o ex-empresário Armando Monteiro Neto, que desde as primeiras horas do dia da publicação da matéria tenta tirar proveito eleitoral do assunto.

O que me parece mais grave é a tentativa caluniosa de me descredibilizar. Sou servidor público há 22 anos, com uma trajetória séria e reconhecida. Nunca, em nenhum momento, fui vítima de qualquer ação que questionasse os princípios que levo, de casa, à vida pública: honestidade, correção, respeito, senso de justiça. Daí a minha mais profunda indignação diante deste episódio. Será que, pela condição de candidato ao governo, devo ser exposto publicamente por conta da má fé de elementos como o referido senhor? Atitudes assim envergonham a atividade política e, pior, buscam arrastar para os espaços nebulosos, onde atua um 'ficha-suja', pessoas que estão na vida pública apenas com o intuito de exercer sua vocação e atender a uma convocação.

Figuras como José Augusto Maia devem ser banidas da política, como já foi determinado pela justiça. Portanto, em meu nome, da minha família e de todos aqueles a quem represento, nesta caminhada, como cidadão e homem público, anuncio que estou tomando todas as medidas judiciais cabíveis contra José Augusto Maia e todos os envolvidos nesta nefasta e inadmissível atitude. Mais do que uma retaliação, do mais baixo nível, como se poderia esperar, pelo seu autor, fui vítima de um golpe que me obriga a reagir, imediatamente, e com força proporcional - não necessariamente à repercussão, mas à intenção.

Tenho uma missão a cumprir e assim será. Estou convencido de que o ocorrido servirá apenas para nos fortalecer nesta luta, contra adversários desleais. Manteremos o rumo e, apesar da indignação, não perderemos a serenidade. Pernambuco conta comigo. E estou cada vez mais firme na decisão, coletiva, de vencer com trabalho e respeito.''

SUBORNO: MP VAI INVESTIGAR DENÚNCIA DE JOSÉ AUGUSTO MAIA SOBRE O PSB

Com informações do Blog do Magno Martins -

Ministério Público Eleitoral vai apurar a denúncia do deputado José Augusto Maia de ter recebido e recusado oferta de propina para que o Pros apoiasse a campanha de Paulo Câmara(PSB), e garantisse ao pessebista a ampliação de seu tempo de propaganda eleitoral. O Ministério pode solicitar ajuda da Polícia Federal na investigação.

Reprodução
Segundo a Procuradoria Regional da República  o andamento da apuração dependerá da análise das provas sobre a ilegalidade ou não dos fatos relatados. O procurador da República João Bosco de Araújo Fontes Júnior já está analisando o caso.

Quanto à Polícia Federal, entrará na apuração se houver um pedido formal. 'No caso de crimes eleitorais, a PF não tem poder de solicitar inquérito de ofício', disse o ministro José Eduardo Cardozo (Justiça). Por sua vez, o senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE) afirmou que também pedirá apuração ao Ministério Público Eleitoral, 'diante da gravidade das denúncias'.

VASCO VENCE A PONTE PRETA E FICA MAIS PERTO DAS OITAVAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL

Com informações do Globoesporte.com -

Vasco e Ponte Preta têm times parecidos, camisas semelhantes e estão separados por um ponto na Série B (18 dos cariocas contra 17 dos paulistas). Mas, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil, havia uma diferença: Douglas. Com grande atuação do camisa 10, o Cruz-Maltino venceu por 2 a 0 e deu enorme passo rumo às oitavas de final da competição. Foi dele o passe - lindo lançamento - para o primeiro gol, feito por Diego Renan. No primeiro tempo, Douglas ainda colocou Thalles na cara do gol. 

Na primeira chance, o jovem errou. Na etapa final, se redimiu e fechou o placar. Diego Renan, aliás, limpou sua barra com a torcida depois de ter marcado contra o próprio patrimônio no sábado passado, no empate por 1 a 1 com o América-RN.

O Cruz-Maltino e a Macaca se reencontram neste sábado, outra vez no Moisés Lucarelli, pela Série B do Brasileirão. O jogo de volta da Copa do Brasil será na próxima quarta, em São Januário, às 22h. No Rio, o Vasco pode perder por até um gol de diferença que ainda assim fica com a vaga. Se for derrotado por 2 a 0, o jogo vai para os pênaltis. A Ponte avança com qualquer outro triunfo por dois gols de diferença ou no caso de conseguir três ou mais gols de vantagem.

Primeiro tempo fraco e equilibrado

Os 45 minutos iniciais apresentaram um Vasco com 64% de posse de bola e uma finalização a mais do que a Ponte Preta. As estatísticas em questão até indicam uma leve superioridade cruz-maltina, mas isso não aconteceu. O jogo foi bem fraco tecnicamente, com apenas três chances relevantes, duas da Macaca e uma dos vascaínos. Adrianinho cobrou uma boa falta, e Alexandro quase fez um golaço ao tentar, sem ângulo, encobrir Martín Silva. A oportunidade mais clara do jogo, contudo, foi desperdiçada inacreditavalmente por Thalles, aos cinco minutos. Recebeu estupendo passe em elevação de Douglas, mas, na linha da pequena área, chutou para fora.

Thalles se redime, e Vasco domina

Se o primeiro tempo foi bem igual, a única semelhança entre os times na etapa final ficou por conta dos uniformes. A Ponte deu impressão de que seria forte ao tramar bela jogada logo aos três minutos, quando Alef achou Edno com belo passe. O camisa 11, porém, chutou por cima mais uma vez. Depois disso, a Macaca dormiu, e o Vasco cresceu. Em lançamento ainda melhor do que o feito no primeiro tempo, Douglas colocou Diego Renan de frente para o gol. 

O lateral-esquerdo dominou bonito e soltou a bomba cruzada: 1 a 0. Golaço. O segundo saiu seis minutos depois. Thalles avançou com a bola perto da área e passou para Kleber, que disparou um foguete. Roberto deu rebote, a zaga pontepretana cochilou, e Thallesmã, tal qual um míssil, surgiu e, de bico, deu números finais ao confronto. O Vasco está com um pé nas oitavas de final. E o pé esquerdo de Douglas, que esbanjou talento, distribuiu bons passes e descolou dois grandes lançamentos, foi decisivo.

CORINTHIANS VENCE O BAHIA E LEVA VANTAGEM NO JOGO DA VOLTA PELA COPA DO BRASIL

Com  informações do Globoesporte.com -

O Corinthians não fez muita força para vencer o Bahia, por 3 a 0, nesta quarta-feira à noite, em sua nova arena, e abre ótima vantagem na terceira fase da Copa do Brasil. Graças aos gols de Elias, Romero, que marcou o seu primeiro pelo Timão, e Renato Augusto, a equipe paulista pode perder por até 2 a 0 na volta, dia 6 de agosto, na Fonte Nova, em Salvador. O Tricolor terá de vencer por quatro gols - caso faça 3 a 0, leva a decisão para as penalidades.

Romero festeja seu primeiro gol pelo 
Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)
Os autores dos dois primeiros gols corintianos foram os destaques da partida. Elias comandou as ações no meio, iniciando jogadas e chegando ao ataque para concluir. Já Romero mostrou habilidade em jogadas de linha de fundo e oportunismo ao marcar de cabeça. O Bahia, por sua vez, deixou claro que terá um segundo semestre bem complicado. O time acumula sua nona partida consecutiva sem vitórias, entre Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

O jogo
O Corinthians mostrou equilíbrio defensivo e boa organização no meio-campo para comandar o jogo na Arena. Elias iniciando jogadas e aparecendo bem à frente, Petros acertando passes precisos, Romero escancarando a defesa do Bahia, Guerrero segurando a bola e buscando a tabela. Até Ralf saiu de trás para arriscar chutes a gol e dar assistência.

Tudo funcionou muito bem para o Corinthians. Já para o Bahia... O Tricolor, que vive péssima fase no Campeonato Brasileiro, manteve a toada nesta quarta: um time sem coordenação, com os atacantes muito distantes dos meias, sem nenhuma articulação ofensiva, facilitando as ações do adversário.

Com tal cenário, os gols do Timão foram saindo com naturalidade. Aos 18, Petros acertou preciso passe para Elias, que entrou pelo meio, sem marcação, e, de primeira, tocou na saída de Lomba. Aos 32, foi a vez de Romero deixar sua marca, completando de peixinho um cruzamento certeiro de Ralf.

No segundo tempo, o Corinthians buscou administrar a vantagem e acabou atraindo o Bahia, que se arriscou mais com a entrada de Wiliam Barbio. O atacante entrou aberto pela direita para tentar levar o time ao ataque. Tentou algumas arrancadas, executou cruzamentos, mas o  Tricolor não foi competente para concluir as jogadas. Aos poucos, com toque de bola e paciência, o Timão foi fazendo o adversário diminuir seu ímpeto.

O jogo voltou a ser tranquilo para o Corinthians, que ainda teve tempo para o terceiro gol, aos 44, em pênalti convertido por Renato Augusto, que havia entrado no lugar de Jadson. A arbitragem assinalou a penalidade porque Rafinha cortou com a mão, dentro da área, cruzamento de Fagner.

No desespero, o Bahia tentou partir para o ataque e conseguiu cavar duas faltas próximas à área, já nos acréscimos, mas não conseguiu diminuir.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

COPA DO BRASIL: COM DOIS GOLS DE FELIPE MENEZES, PALMEIRAS BATE AVAÍ EM FLORIANÓPOLIS

Com informações do Globoesporte.com -

Um jogador com fama de "dorminhoco" entre os palmeirenses foi o grande destaque da vitória do Verdão sobre o Avaí, nesta quarta-feira, em Florianópolis, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Com dois gols, Felipe Menezes garantiu ao técnico argentino Ricardo Gareca sua primeira vitória em três jogos no comando da equipe paulista. Mais do que isso: o meia deixou o Palmeiras com a classificação muito bem encaminhada para a fase seguinte do torneio. Falta conseguir se livrar do apelido de "Sleep Menezes", um trocadilho com a palavra "dormir", em inglês.

Ao Avaí do técnico Geninho, fica a difícil missão de inverter a vantagem palmeirense. O jogo da volta será no dia 6 de agosto, no Pacaembu. O time catarinense precisará vencer por dois gols de diferença em São Paulo, desde que marque ao menos três (exemplos: 3 a 1, 4 a 2, etc.). O Verdão pode perder por um gol de diferença. Um 2 a 0 do Avaí leva a vaga para disputa de pênaltis.

Foi a primeira derrota de Geninho em três partidas no comando do Avaí. Já o Palmeiras, com a boa atuação na Copa do Brasil, interrompe uma sequência de cinco partidas sem vitórias no Brasileiro. O público foi de 8.512 pagantes, com renda de R$ 147.440,00.

No fim de semana, os dois times farão clássicos regionais. Pela Série A do Brasileirão, o Palmeiras encara agora o Corinthians, domingo, na Arena de Itaquera. Já o Avaí pega o Joinville, no sábado, também como visitante.

O jogo

No dia em que o Palmeiras ficou sabendo da possibilidade de a venda de Valdivia para o Al Fujairah ser desfeita, Felipe Menezes, que em muitos jogos não fica nem no banco de reservas, cismou que esta seria sua noite. Em meio às especulações sobre contratação de um novo armador, e também do possível retorno do Mago, o camisa 18 resolveu chamar o jogo para si. Foi o responsável pelas melhores jogadas no primeiro tempo e por dois belos gols na etapa final. Saiu aos 32 do segundo tempo, aplaudido de pé pelos palmeirenses no estádio da Ressaca.

A partida, tecnicamente, foi muito ruim, principalmente no primeiro tempo. Os dois times abusaram dos passes errados e também das jogadas bruscas - em alguns casos, violentas. O árbitro Wagner Reway, do Mato Grosso, mostrou sete cartões amarelos (três para o Avaí, quatro para o Palmeiras) - e poderia ter mostrado muito mais, se não tivesse optado por advertências verbais no início do jogo.

O Avaí, mesmo jogando em casa, se propôs a sair só nos contra-ataques - e a arriscar em chutes de fora da área, demonstrando não confiar muito no goleiro palmeirense, Fábio. O Verdão era quem tomava a iniciativa, com Wesley e Felipe Menezes no meio, mais Mouche, Henrique e Leandro no ataque. O problema era que o trio ofensivo, que até se movimentava bastante, errava passes a exaustão.

Os gols só saíram na etapa final. No primeiro, Felipe Menezes pegou na intermediária, puxou para a perna esquerda e soltou a bomba, aos 17. No segundo, o meia recebeu de Josimar e, com belo toque de direita, chutou fora do alcance do goleiro Vagner.

MEGA-SENA ACUMULA, E PRÊMIO PODE ALCANÇAR R$ 22 MILHÕES NO SÁBADO (26)

Com informações do G1 -

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas sorteadas no concurso 1.619 da Mega-Sena realizado nesta quarta-feira (23), em Osasco (SP). No próximo sorteio, que vai acontecer no sábado (26), a previsão é que o prêmio chegue a R$ 22 milhões.

Veja as dezenas: 05 - 08 - 17 - 42 - 46 - 47.

A quina teve 92 acertadores e cada um vai levar R$ 18.392,04. Já a quadra pagará R$ 324,98 para cada um de seus 7.438 ganhadores.

Para apostar
A Caixa Econômica Federal faz os sorteios da Mega-Sena duas vezes por semana, às quartas-feiras e aos sábados. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 2,50.

RELEMBRE ADAPTAÇÕES DE ARIANO SUASSUNA PARA A TV E O CINEMA

Com informações do ZERO HORA -

Adaptado para a TV e o cinema sob o comando de Guel Arraes em 1999, O Auto da Compadecida serviu de exemplo para uma leva de minisséries posteriores, elaboradas para serem exibidas tanto na televisão quanto no formato de longa-metragem. Um dos títulos dessa leva é A Pedra do Reino, que o diretor Luiz Fernando Carvalho adaptou, em 2007, de Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai e Volta.

Foto: DIVULGAÇÃO
Carvalho incorporou à trama elementos de Torturas de um Coração e O Santo e a Porca, outras duas peças de Suassuna. Esta última também foi parar na Globo, incorporada na dramaturgia do especial Brava Gente, que foi ao ar entre 2000 e 2003.

A chegada de Suassuna ao cinema, no entanto, é anterior: em 1969, o diretor e roteirista George Jonas assinou A Compadecida, longa estrelado por Regina Duarte e Armando Bógus. Esse filme e também Os Trapalhões no Auto da Compadecida (de Roberto Santos, 1987), que leva Didi e companhia para o universo do maior representante da dramaturgia nordestina de raízes populares, têm como matriz o clássico maior da obra de Suassuna.

No teatro, o grande autor segue sendo montado ininterruptamente desde os anos 1950, contando com encenações de grandes nomes como Zbigniew Ziembinski (O Santo e a Porca), Antunes Filho (A Pedra do Reino), Ademar Guerra (O Auto da Compadecida) e Aderbal Freire-Filho (A Farsa da Boa Preguiça). 

Entre os espetáculos mais recentes estão O Casamento Suspeitoso, com direção de Sérgio Ferrara, e As Conchambranças de Quaderna, de Inez Viana. Dado o grande interesse dos diretores, das mais variadas gerações, pode-se dizer que a quantidade de montagens a lembrar de Suassuna não arrefecerá.

Confira o trailer do "AUTO DA COMPADECIDA":

GOVERNADOR JOÃO LYRA NETO DECRETA LUTO DE TRÊS DIAS EM PE, PELA MORTE DE ARIANO SUASSUNA

Com informações da FOLHA PE -

Após a confirmação da morte do escritor paraibano Ariano Suassuna, vários políticos foram ao Real Hospital Português (RHP) para prestar condolências aos familiares. Nomes como o governador de Pernambuco, João Lyra Neto, o ex-governador Eduardo Campos e o senador Jarbas Vasconcelos estiveram na unidade de saúde, nesta quarta-feira (23), e lamentaram a perda de Ariano. João Lyra decretou luto oficial de três dias no Estado.

Foto: Folha de Pernambuco
Em conversa com a imprensa, o líder do Executivo Estadual lembrou da importância do escritor para o País. “Pernambuco e Brasil perdem uma das suas maiores figuras que participam da cultura brasileira. Como governador, quero levar meus sentimentos de muita tristeza, mas também de alegria por ter o privilégio de ter convivido com Ariano”, declarou João. O governador falou enfatizou também a participação de Suassuna na política, citando o cargo de presidente de honra do PSB e na presença em várias campanhas eleitorais do partido.

O ex-governador do Estado, Eduardo Campos, disse que a perda de Ariano é imensamente sentida. “O Brasil perde um dos maiores expoentes da cultura. Perdi também um amigo e companheiro, referência para toda a vida. Ariano deixa a um exemplo de dignidade, de vida e ética”, lamentou Eduardo, bastante emociano. “Ariano foi um tio, avô, um pai, amigo e uma referência para mim. Deixou uma lacuna na minha vida. Agradeço a tudo que fez pela cultura. Hoje é dia de aplaudir a vida de Ariano, que é tão bela quanto a sua obra”.

Também presente no RHP, o prefeito Geraldo Julio disse estar comovido com a morte do paraibano. “Estamos muito comovidos, o Brasil inteiro. Especialmente o Recife que o acolheu, foi escolhido pelo mestre Ariano como sua moradia. E eu, pessoalmente, como admirador profundo de sua obra, sua vida e sua pessoa, e tendo vivido com ele muito intensamente nesses últimos anos, é um momento de muita comoção”, declarou o gestor, e acrescentou. “Estou emocionado, mesmo sabendo que ele deixará muitas boas lembranças para tanta gente”.

Além de João Lyra e Eduardo, o senador Jarbas Vasconcelos compareceu ao Hospital Português, mas preferiu não falar com a imprensa.

MORRE NO RECIFE, AOS 87 ANOS, O ESCRITOR ARIANO SUASSUNA

Com informações do G1 PE -

Morreu no Recife, nesta quarta-feira (23), o escritor, dramaturgo e poeta paraibano Ariano Suassuna, aos 87 anos. Ele estava internado desde a noite de segunda (21) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Português, onde foi submetido a uma cirurgia na mesma noite após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico.

Foto; FolhaPress
A cirurgia durou aproximadamente uma hora e ele havia passado a noite bem, sendo transferido para a UTI neurológica. A operação foi feita para a colocação de dois drenos que controlariam a pressão intracraniana. Na noite de terça-feira (22), o quadro dele se agravou, devido a "queda da pressão arterial e pressão intracraniana muito elevada", conforme foi informado em boletim.

Em 2013, Ariano foi internado duas vezes. A primeira delas em 21 de agosto, quando sentiu-se mal após sofrer um infarto agudo do miocárdio de pequenas proporções, de acordo com os médicos, e ficou internado na unidade coronária, mas depois foi transferido para um apartamento no hospital. Recebeu alta após seis dias, com recomendação de repouso e nenhuma visita.

Foto: Secretaria de Cultura de Pernambuco
Dias depois, um aneurisma cerebral o levou de volta ao hospital. Uma arteriografia foi feita para tratamento e ele saiu da UTI para um apartamento do hospital, de onde recebeu alta seis dias depois da internação, no dia 4 de setembro.

Ativo até o fim
Ariano Suassuna nasceu em 16 de junho de 1927, em João Pessoa, e cresceu no Sertão paraibano. Mudou-se com a família para o Recife em 1942. Mesmo com os problemas na saúde, ele permanecia em plena atividade profissional. "No Sertão do Nordeste a morte tem nome, chama-se Caetana. Se ela está pensando em me levar, não pense que vai ser fácil, não. Ela vai suar! Se vier com essas besteirinhas de infarto e aneurisma no cérebro, isso eu tiro de letra", disse ele, em dezembro de 2013, durante a retomada de suas aulas-espetáculo.

Em março deste ano, Ariano foi homenageado pelo maior bloco do mundo, o Galo da Madrugada.  Ele pediu que a decoração fosse feita nas cores do Sport, vermelho e preto, e ficou muito contente com a homenagem. “Eu acho o futebol uma manifestação cultural que tem muitas ligações com o carnaval”, disse, na ocasião.

No mesmo mês, o escritor concedeu uma entrevista à TV Globo Nordeste sobre a finalização de seu novo livro, “O jumento sedutor”. Os manuscritos começaram a ser trabalhados há mais de trinta anos.
Na última sexta-feira, Suassuna apresentou uma aula espetáculo no teatro Luiz Souto Dourado, em Garanhuns, durante o Festival de Inverno. No carnaval do próximo ano, o autor paraibano deve ser homenageado pela escola de samba Unidos de Padre Miguel, do Rio de Janeiro.

Obra
A primeira peça do escritor, "Uma mulher vestida de sol", ganhou o prêmio Nicolau Carlos Magno em 1948. Ariano escreveu um de seus maiores clássicos, "O Auto da Compadecida", em 1955, cinco anos depois de se formar em direito. A peça foi apresentada pela primeira vez no Recife, em 1957, no Teatro de Santa Isabel, sem grande sucesso, explodindo nacionalmente apenas quando foi encenada – e ganhou o prêmio – no Festival de Estudantes do Rio de Janeiro, no Teatro Dulcina. A obra é considerada a mais famosa dele, devido às diversas adaptações. Guel Arraes levou o “Auto” à TV e ao cinema em 1999.

O escritor considera que seu melhor livro é o “Romance d'A Pedra do Reino e o príncipe do sangue do vai-e-volta”. A obra começou a ser produzida em 1958 e levou 12 anos para ficar pronta. Foi adaptada por Luiz Fernando Carvalho e exibida pela Rede Globo em 2007, com o nome de "A pedra do reino".
Na década de 70, Ariano começou a articular o Movimento Armorial, que defendeu a criação de uma arte erudita nordestina a partir de suas raízes populares. Ele também foi membro-fundador do Conselho Nacional de Cultura.

Após 32 anos nas salas de aula, Suassuna se aposentou do cargo de professor da Universidade Federal de Pernambuco, em 1989. O período também ficou marcado pelo reconhecimento nacional do escritor – Ariano tomou posse na cadeira 32 da Academia Brasileira de Letras (ABL), no Rio de Janeiro, em 1990.

SECA DEIXA SERTÃO DE PERNAMBUCO EM COLAPSO

Com informações do NE10 INTERIOR -

Os açudes secaram, o pasto desapareceu e o que era verde, mudou de cor. Essa é a dura realidade que todo ano se repete e vai se arrastando pelo interior de Pernambuco. De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), 87 reservatórios são monitorados no Estado, totalizando 3,2 bilhões de metros cúbicos da capacidade máxima, sendo 14 na Zona da Mata, 34 localizados no Agreste e 39 no Sertão.

Reservatórios localizados no Sertão apenas 
com 13% da capacidade - Foto: Carlos Maciel
Atualmente, segundo Monitoramento Hidrológico da Agência, a Zona da Mata apresenta uma acumulação total de água de cerca 245 milhões m³, correspondendo a 70 % de sua capacidade máxima; já o Agreste encontra-se com 187,7 milhões m³, correspondendo a 22% de sua capacidade máxima; e o Sertão com 254,6 milhões m³ correspondendo apenas a 13 % de sua capacidade máxima. “Para este ano, o período chuvoso já se encerrou na região do Sertão. Já para o Agreste e Zona da Mata do Estado, este período se estende até o final desse mês de julho, onde ainda podem ocorrer chuvas que resultem em algum ganho para os volumes de água acumulados.”, acredita o analista de recursos hídricos da APAC, Rony Melo. “A barragem de Barra do Juá, localizada no município de Floresta e as barragens de Entremontes e Chapéu, ambas localizados em Parnamirim estão com níveis bastante reduzidos.”, acrescentou. 

Para minimizar os efeitos da estiagem dentro das políticas públicas para a convivência com a seca no semiárido, 39.006 mil famílias de Pernambuco estão sendo beneficiadas com a instalação de cisternas de polietileno. Os reservatórios captam a água da chuva (ou de carro-pipa) e permitem o armazenamento de 16 mil litros, garantindo condições para uma família de quatro a cinco pessoas se manter por até nove meses de estiagem, cenário típico do semiárido nordestino. 

“A gente passa muito aperreio por aqui. Pra ter água era preciso andar muito até um barreiro mais perto, só que agora está tudo seco. Agora as coisas deram uma melhorada, porque a gente tem essa cisterna e o pouco que choveu deu pra juntar. Fico imaginando o que seria da gente se não fosse isso, já que está tudo seco”, disse o agricultor Edvaldo André, 42, do Assentamento Beatriz de Jesus, zona rural de Lagoa Grande, no Sertão do Estado.

De acordo com uma das fornecedoras deste tipo de cisternas, o material utilizado na fabricação dos equipamentos é adequado à região. “A resina de polietileno somente pode fundir a uma temperatura de 147o C, sendo que na região a temperatura máxima pode oscilar em torno de 50o C em períodos de clima mais severo, o que desmistifica a informação incorreta de que as cisternas derretem no calor do sertão”, explicou Amauri Ramos, diretor da companhia, que disponibiliza uma linha gratuita para atender aos beneficiados, que podem contatar a companhia em caso de dúvidas e até pedir a troca do reservatório, que tem cinco anos de garantia para defeitos de fabricação, quando necessário. O telefone 0800-081-6060 está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

FLAMENGO TROCA NEY FRANCO POR LUXEMBURGO PARA TREINAR O TIME QUE ESTÁ NA LANTERNA DO BRASILEIRÃO

Com informações do Globoesporte.com -

Três dias após a goleada sofrida por 4 a 0 para o Internacional, Ney Franco foi demitido do Flamengo. Desde que retornou ao clube para sua segunda passagem, o comandante não venceu. A equipe entrou em campo sete vezes, com quatro derrotas e três empates. Vanderlei Luxemburgo assumirá o comando rubro-negro a partir desta quinta-feira. Ele assinará contrato até dezembro de 2015.

Vanderlei Luxemburgo foi demitido em 2012 após
perder queda de braço com Ronaldinho - Foto: AP
- A gente não podia demitir o Ney antes de encontrar o nome ideal. E o Luxemburgo é um consenso no clube - disse o diretor de futebol Felipe Ximenes.  Posteriormente à divulgação da notícia, a diretoria rubro-negra, em seu site oficial, informou a saída de Ney Franco, que tinha compromisso até o fim do próximo ano, e a chegada do novo comandante. O preparador físico Alexandre Lopes e o auxiliar técnico Éder Bastos também deixaram o clube.

Posteriormente à divulgação da notícia, a diretoria rubro-negra, em seu site oficial, informou a saída de Ney Franco, que tinha compromisso até o fim do próximo ano, e a chegada do novo comandante. O preparador físico Alexandre Lopes e o auxiliar técnico Éder Bastos também deixaram o clube. Essa será a quarta passagem de Luxemburgo pelo Rubro-Negro. O ex-atacante Deivid será auxiliar técnico do treinador. 

Antonio Mello será o preparador físico e já participa do treino desta quarta-feira à tarde, no Ninho do Urubu. A estreia da nova comissão será no clássico deste domingo, contra o Botafogo, no Maracanã, às 18h30. O time está na lanterna do Brasileiro, com apenas sete pontos.

Luxemburgo não trabalha desde novembro do ano passado, quando foi demitido do Fluminense na reta final do nacional com o clube na zona do rebaixamento. Sua última passagem pela Gávea foi entre 2010-2012, quando venceu o Carioca de 2011. Antes, passou em 1991 e 1995, sem conquistas.

Há dois anos, Luxa foi demitido do clube em fevereiro ainda na gestão de Patricia Amorim após perder queda de braço com Ronaldinho Gaúcho, então astro da equipe. Porém, em maio, o meia-atacante entrou na Justiça e deixou o clube alegando atrasos no pagamento. 

Queda anunciada

Ney Franco vinha sendo muito pressionado. Correntes dentro do clube questionavam o fato de a equipe não ter apresentado padrão de jogo mesmo após um mês de treinamentos durante a paralisação para Copa do Mundo e ter sido presa tão fácil para o Internacional. 

As opções táticas do treinador também vinham sendo questionadas internamente, assim como os improvisos realizados diante de Atlético-PR e Internacional. Somente nas duas últimas partidas, após a parada para Copa do Mundo, o treinador utilizou 18 jogadores e mudou o esquema do 3-5-2, muito trabalhado no período sem jogos, para o 4-4-2.

Na última terça-feira, o diretor executivo Felipe Ximenes concedeu entrevista no Ninho do Urubu, na qual disse que o momento era de “clareza na tomada de decisões”. O dirigente falou sobre Ney Franco e o garantiu no cargo. 

O 2º TURNO NA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL ESTÁ NA LINHA DO HORIZONTE

Com informações do Blog de Inaldo Sampaio -

A pesquisa do Ibope divulgada ontem assemelha-se à de outros institutos que foram divulgadas nos últimos sete dias. A presidente Dilma Rousseff continua à frente da corrida com 38% das intenções de voto, o que lhe garante vaga no 2º turno mas não necessariamente a reeleição. É que a soma dos três principais candidatos da oposição – Aécio Neves, Eduardo Campos e Everaldo Pereira – aproxima-se do percentual que a petista detém: 33%. 

Com mais os votos dos partidos nanicos, especialmente do PSOL (Luciana Genro), do PV (Eduardo Jorge) e do PSTU (José Maria), é pouco provável que a eleição seja definida no primeiro turno. Para ver-se livre do segundo, a atual presidente precisará crescer pelo menos cinco pontos percentuais, o que daria aproximadamente 50,1% dos votos válidos. Convenhamos que isso não é fácil numa conjuntura econômica adversa e nisso estão atentos tanto Aécio Neves como Eduardo Campos.

Campos em seu próprio reduto

Eduardo Campos inaugurou ontem comitês de campanha em dois municípios do interior de SP administrados pelo PSB: Marília e Limeira. Lá foi recebido pelos prefeitos Vinícius Camarinha e Paulo Hadich, respectivamente. Em Araçatuba, última parada do seu roteiro, o prefeito é do PT: Cido Sério. A vice Marina Silva (PSB) não o acompanhou nessa viagem por discordar da aliança do PSB com o PSDB para apoiar a reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Silêncio – Por entender que a filha, Marília, é dona do próprio nariz, o diretor da Hemobrás, Marcos Arraes, pai dela e tio de Eduardo Campos (PSB), não se manifestou até agora e nem pretende se manifestar sobre a dissidência que a filha abriu no PSB, declarando apoio a Dilma (PT), Armando Monteiro (PTB) para governador e Dílson Peixoto (PT) para deputado federal.

Folga – O prefeito Carlos Santana (PSDB), que não depende de FPM para administrar Ipojuca, vai calçar de uma só vez 450 ruas. Nem Geraldo Júlio (PSB), no Recife, pode dar-se a tanto.

Adesão – A deputada Terezinha Nunes (PSDB) aderiu ao governo por etapas. Primeiro, passou a integrar a base governista na Assembleia Legislativa; depois, declarou apoio a Paulo Câmara.

Cobrança – Se Aécio Neves for eleito presidente da República, no dia seguinte o ex-deputado Osvaldo Coelho (DEM) estará na cola dele cobrando o início das obras do Canal do Sertão.

Aviso – Antes de fechar um acordo, em Moreno, com o ex-prefeito Edvard Bernardo (PMDB), a deputada Raquel Lyra, do PSB, avisou ao prefeito Adilson Filho (PSB). Que não gostou nada da notícia porque recebeu a prefeitura das mãos do antecessor com três folhas em atraso.

Parceria – Mendonça Filho (DEM) vai oficializar sábado, em Belo Jardim, o apoio do seu grupo à deputada Raquel Lyra (PSB). O prefeito João Mendonça (PSD) fechou com Bruno Araújo (PSDB) para deputado federal e Guilherme Uchoa (PDT) para deputado estadual.

Opção – O grupo de José Augusto Maia (PROS), em Santa Cruz do Capibaribe, fechou com Luciano Bivar (PSL) à Câmara Federal após o deputado ter dito que não é candidato à reeleição. O grupo é composto por seis vereadores e já tem até candidato a prefeito em 2016: Fernando Aragão. Bivar fará dobradinha com o vereador Ernesto Maia (PSL), sobrinho de José Augusto.

Cadeiras – O ex-prefeito de Timbaúba, Marinaldo Rosendo, que é candidato a deputado federal pelo PSB, decidiu dividir seus votos com a irmã, Marileide, também conhecida como Balazinha. Ela pertence ao PDT, mas apoia Paulo Câmara (PSB) para o governo estadual. Marinaldo está “plantado” em 120 municípios e acha que tem votos suficientes para eleger-se e eleger a irmã.

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More