VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

MOTORISTA PERDE CONTROLE E CAMINHÃO CAPOTA ENTRE JENIPAPO E XUCURU

Nesta quinta (31), por volta das 11h30min, um Caminhão com placa KLZ 7900, da cidade de Pesqueira, PE,  carregado com farelo, tombou nas imediações do Sítio São João, entre Xucuru e Jenipapo. O Caminhão vinha de Pesqueira e tentou fazer uma manobra de retorno, vindo a tombar por causa da  carga.

No Caminhão estavam duas pessoas: O motorista sofreu escoriações leves em uma das pernas e na cabeça, já o seu ajudante saiu ileso do acidente.

O SAMU foi acionado e socorreu a vítima, que se encontrava fora das ferragens.

Veja as imagens do acidente:








Informa o XUCURU EM FOCO

ELEIÇÕES SUPLEMENTARES DE ÁGUA PRETA OCORREM NESTE DOMINGO

Mais de 33 mil eleitores devem ir às urnas neste domingo (3) no município de Água Preta, localizado na Zona da Mata pernambucana. O pleito deve ocorrer das 8h às 17h, horário vigente no estado. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), o município tem 94 seções eleitorais dispostas em 12 pontos. Estes locais estão disponíveis no site da instituição. A população votante escolherá entre os candidatos Armando Souto (PDT) e Eduardo Coutinho (PSB).

Entenda o caso

Nas eleições de outubro, Eduardo Coutinho ficou em segundo lugar, mas o candidato mais votado, Armando Souto (PDT), foi cassado porque o registro da candidatura dele estaria irregular. Eduardo Coutinho foi então diplomado prefeito do município, em dezembro passado. Logo depois, o TSE decidiu anular as eleições e convocar um novo pleito.

Em agosto, o Tribunal Regional Eleitoral decidiu afastar Eduardo Coutinho do cargo. Ele conseguiu, porém, uma liminar no TRE para ficar na prefeitura até uma nova decisão do tribunal, decisão esta que saiu no dia 27 de agosto e determinou que a prefeitura do município ficaria sob a responsabilidade do presidente da Câmara Municipal, Elias de Alegrete (PTN).

Informa o G1 CARUARU

CIDADES DO AGRESTE SOFREM COM INFESTAÇÃO DE GRILOS

Os moradores da cidade de Cachoeirinha, Sanharó e Canhotinho, todas no Agreste de Pernambuco, tem sofrido com uma intensa praga de grilos. Os insetos estão invadindo casas e dividindo o espaço com as pessoas nas praças e parques públicos dos municípios. De acordo com moradores, os bichos entram nas casas que possuem pequenas brechas no telhado. 

Estudiosos informam que nessa época do ano ocorre a reprodução do grilo. Fatores como aumento de temperatura e diminuição da umidade relativa do ar, redução da presença de predadores naturais e alterações na oferta de comida podem influenciar o aparecimento desse animal com mais frequência.

O comerciante de Cachoeirinha, Edmilson Jacobina, informou que a situação ficou crítica durante o último final de semana. "De sexta (25) até segunda-feira (28), foi grilo demais. Pessoas tirando dois e até três baldes de grilo de dentro das casas", afirmou. 

Contra a infestação, os moradores de Cachoeirinha estão utilizando veneno para insetos com a intenção de tirar os bichos de casa. Ainda de acordo com Edmilson, os animais são atraídos pela luz artificial de lâmpadas, e por isso o indicado é apagar as luzes de dentro de casa para evitar que eles sejam atraídos pela luminosidade.

Já em Canhotinho e Sanharó, os moradores também alertaram sobre uma grande invasão de grilos. As duas cidades informaram que casas e comércios estão sofrendo com os visitantes indesejados. Além de impedir que a população ande nas ruas. A moradora de Canhotinho, Cybele dos Santos informou que alguns bichos chegam até a comer as roupas das pessoas que caminham na rua. 

Informa o JC ONLINE

CRÉDITOS DE CELULAR PRÉ-PAGO VOLTAM A TER PRAZO DE VALIDADE

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) obteve, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), uma decisão que restabelece a validade da regulamentação que permite às operadoras de telefonia determinarem prazos para utilização de créditos em planos pré-pagos para telefonia móvel, segundo nota à imprensa do órgão regulador distribuída na noite desta quinta-feira (31).

"A decisão, que produz efeitos imediatos, foi tomada ontem pelo presidente do STJ, ministro Félix Fischer, em face de pedido de suspensão de liminar e sentença ajuizado pela Advocacia-Geral da União, por meio da Procuradoria Federal Especializada junto à Anatel e da Procuradoria-Geral Federal", afirmou o comunicado.

Segundo a Anatel, com o pronunciamento do STJ, foram suspensos liminarmente os efeitos das decisões anteriores proferidas pela 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região no curso de ação civil pública.

No pedido, a Procuradoria Federal Especializada afirmou que os créditos devem ter, necessariamente, prazos de validade para evitar aumento de preços ao consumidor e para preservar o modelo de negócio pré-pago.

"Caso os créditos fossem 'eternos' - conforme determinavam as decisões do TRF da 1ª Região - haveria risco de aumento de preços aos usuários em geral, uma vez que as prestadoras teriam que repassar a todos os seus clientes os gastos necessários para manter eternamente linhas ativas deficitárias", afirmou a Anatel.

Com a decisão do presidente do STJ, volta a ter eficácia a regulamentação da Anatel, estabelecendo aos créditos prazos de validade. Mas, sempre que o usuário inserir novos créditos, a prestadora deve revalidar a totalidade do saldo de crédito.

Informa a Agência Estado

CIENTISTAS AVANÇAM NA BUSCA DE TRATAMENTO PARA DIABETES

Cientistas japoneses anunciaram nesta quinta-feira  (31) que estão mais perto de encontrar um tratamento oral para a diabetes, aumentando a esperança no combate a um mal que afeta cada vez mais pessoas em todo o mundo. Os cientistas da Universidade de Tóquio disseram ter criado um composto que ajuda o organismo a controlar a glicose na corrente sanguínea. 

Médico aplica uma injeção de insulina
em um paciente diabético
A glicose é um combustível vital para o funcionamento de todos os órgãos do corpo, mas uma quantidade excessiva é ruim. Em algumas pessoas, desencadeia a diabetes tipo 2, um mal que pode provocar doenças, acidentes vasculares cerebrais e problemas renais.

Os médicos afirmam que os casos de diabetes tipo 2 aumentaram consideravelmente nas últimas décadas, um fato que atribuem essencialmente ao aumento do número de obesos. Estudos demonstram que os obesos têm níveis mais reduzidos de adiponectina, hormônio que regula a glicose e aumenta a eficácia da insulina. Os cientistas japoneses desenvolveram um componente chamado AdipoRon, que imita os efeitos do hormônio e sobrevive sem modificações ao trânsito digestivo. 

O AdipoRon pode ser "um composto líder" em um possível tratamento oral para o diabetes, segundo Toshimasa Yamauchi, membro da equipe de cientistas e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Tóquio.

"Nosso objetivo é fazer testes clínicos dentro de alguns anos", explicou à AFP. Os médicos aconselham às pessoas que sofrem de diabetes de Tipo 2 um regime alimentar saudável e que façam exercícios, mas os cientistas dizem que às vezes isto é muito difícil de levar adiante.

"Uma dieta terapêutica não é fácil nem mesmo para as pessoas que gozam de boa saúde, menos ainda quando são obesas ou sofrem de uma doença", afirmou a equipe em um comunicado de imprensa.
"Um composto que possa imitar os tratamentos de dietas e exercícios para melhorar a saúde" é há tempos um objetivo neste setor, acrescentou a equipe, cujos trabalhos foram publicados na internet pela revista científica Nature.

Os cientistas descobriram que a taxa de sobrevida de quatro meses para ratos obesos e diabéticos nutridos com alimentos muito gordurosos era de apenas 30%, enquanto essa taxa chegou a 95% para os mesmos tipos de ratos que receberam um regime alimentar equilibrado e de baixo índice de gordura. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 347 milhões de pessoas no mundo sofrem de diabetes.

Na diabetes tipo 1, a menos comum, o organismo não produz insulina suficiente. Pode ser tratada com injeções diárias, mas não pode ser curada. Aproximadamente 90% dos doentes sofrem de diabetes tipo 2, uma forma que, segundo a OMS, "se deve, em grande medida, a um peso excessivo e ao sedentarismo (...), um problema cada vez mais grave em nível mundial".

Informa a AFP

SEGUNDA ETAPA DE VACINAÇÃO CONTRA AFTOSA COMEÇA NESTA SEXTA (1º) EM PE

Começa nesta sexta-feira (1º) a segunda etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa em Pernambuco. A vacinação segue até o dia 30 de novembro. Devem ser vacinados animais de todas as idades. O estado pretende imunizar mais de 90% do seu rebanho que hoje é de 2,1 milhões de bovinos e bubalinos.

Dose da vacina custa em média R$ 1,60.
(Foto: Reprodução)
O produtor deverá adquirir a vacina nas casas agropecuárias e declarar a vacinação nos escritórios da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro). A dose custa em média R$ 1,60.  A vacina deve ser conservada em gelo. Para evitar o estresse dos animais, a dose deverá ser aplicada nas horas mais frias do dia, pela manhã ou no fim da tarde.

Segundo a gerente geral da Adagro, Erivânia Camelo, quem não vacinar o rebanho sofrerá punições. “O criador que não vacina fica impedido de tirar a Guia de Trânsito Animal (GTA) e ainda paga multa de no mínimo R$ 60”, explica.

Pernambuco foi reconhecido nacionalmente como área livre de febre aftosa com vacinação no mês de setembro, porém o reconhecimento internacional só deve vir em maio do próximo ano.

A doença

A febre aftosa é uma doença altamente contagiosa que provoca febre e aftas na boca e nos cascos dos animais, prejudicando a locomoção e a alimentação do rebanho. Os animais atingidos pela doença ficam com a produção de leite e carne comprometida, o rebanho perde valor e compromete o comércio municipal, estadual, nacional e internacional de carne, leite e outros produtos derivados. Isso acaba com a renda do produtor e causa prejuízos econômicos e sociais.

Informa o G1 CARUARU

HERÓI, VILÃO, HERÓI... ANTÔNIO CARLOS DÁ VITÓRIA AO SÃO PAULO CONTRA O NACIONAL PELA SUL-AMERICANA

Torcida, elenco, comissão técnica e diretoria do São Paulo devem todas as emoções da noite desta quarta-feira a Antônio Carlos. O zagueiro foi o principal responsável pela suada vitória do Tricolor sobre o Nacional de Medellín, da Colômbia, por 3 a 2, no Morumbi, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Para o bem e para o mal. Antes do triunfo, porém, o São Paulo quase tropeçou nas próprias pernas. 

Antônio Carlos, autor de dois gols, comemora a
vitória do Tricolor em casa (Foto: Marcos Ribolli)
Após abrir o marcador com um golaço de Jadson, o time tricolor cedeu o empate em falha de Rodrigo Caio. Depois, Antônio Carlos entrou em ação. Primeiro ao marcar o segundo gol, depois ao falhar e dar o empate aos colombianos.

Mas aos 45 minutos do segundo tempo, a cabeça do zagueiro apareceu para definir a partida. Foi o quinto gol do defensor sob o comando de Muricy Ramalho. Agora, na partida de volta, dia 6, na Colômbia, o São Paulo joga por um empate. Estiveram no Morumbi 22.441 pagantes, para uma renda de R$ 572.190,00.

Essa é a oitava partida de invencibilidade do São Paulo, a quinta vitória consecutiva, somando as partidas pela Copa Sul-Americana e Brasileirão. O Tricolor volta a campo no próximo sábado, às 19h30, contra a Portuguesa, no Morumbi, pelo campeonato nacional.

Informa o Globoesporte.com

BOLSA ELEITOREIRA

O Governo fez uma grande festa, ontem, em Brasília, para comemorar 10 anos de funcionamento do programa Bolsa-Família - sete anos de Lula e três de Dilma. Um verdadeiro exército de pessoas foi retirado da miséria, exatamente 35 milhões de almas vivas, segundo a presidente Dilma enfatizou.

Com beneficio médio de R$ 152 por família, o programa atinge, hoje, mais de 16 milhões de famílias, beneficiando cerca de 50 milhões de pessoas. Uma distribuição fantástica de renda, que o PT, especialmente o ex-presidente Lula, soube como ninguém tirar dividendos eleitorais. E o PSDB, burramente, nunca associou à sua origem ao Governo Fernando Henrique.

Conforme lembrou, ontem, o senador Aécio Neves, em pronunciamento no Congresso, com os programas de transferências de renda FHC contemplou seis milhões de famílias, que recebiam de vários programas, entre eles o Bolsa-Escola, o Bolsa-Alimentação e o Vale-Gás. FHC deixou, inclusive, segundo ainda Aécio, o Cadastro Único iniciado e deu os caminhos para que fossem unificados e depois ampliados. Mas a população beneficiária só associa o programa a Lula, que posa como pai dos pobres.

Alguém duvida que Lula, que chegou ao fundo do poço no escândalo do mensalão, foi salvo na reeleição pelo mágico Bolsa-Família? E que, consequentemente, elegeu Dilma? 

O programa reduziu a miséria, é verdade, mas passou a se constituir em modelo prático da maior compra de voto oficial da história do País. Quando deveria ser ao contrário, com uma janela aberta para recuperar miseráveis para o mercado de trabalho, evitando uma histórica ralação de reféns.

MAIS SAÚDE

O que é melhor para a saúde: café ou vitamina de frutas?

Uma bebida é feita com frutas e a outra tem cafeína, portanto a tendência é todos pensarem que uma vitamina de frutas é mais saudável que um café. Mas, o médico e jornalista britânico Michael Mosley explica que pode não ser bem assim. A resposta óbvia sobre qual bebida é mais saúdavel parece ser a vitamina de frutas. Afinal, beber café é um mal necessário e tomar uma vitamina de frutas faz parte da quantidade mínima de frutas e verduras que devemos consumir diariamente, cinco por dia.

Mas, vários estudos revelam algo mais surpreendente. Começando com o café. Muitos estudos alegam que anos consumindo a bebida podem aumentar o risco de uma série de problemas, desde doenças cardíacas até câncer. Estes estudos se baseiam em experiências nas quais se pega um grupo de pessoas que bebem café comparadas com outro grupo semelhante que não toma a bebida. O problema com esta abordagem é que os que tomam café são mais inclinados a outros hábitos como fumar ou consumir bebidas alcoólicas, então é difícil separar o que realmente está fazendo mal a estas pessoas.

Uma forma mais confiável de saber a verdade é pegar um grupo de indivíduos saudáveis, coletar dados a respeito deles e então seguir a situação deles por muitos anos. Quando cientistas coletaram dados sobre os hábitos de consumo de café de 130 mil homens e mulheres e então os seguiu por 20 anos, descobriram que o café é algo bom. A pesquisa foi publicada na revista especializada Annals of Internal Medicine, em junho de 2008. Ao analisar os números resultantes do estudo, os cientistas concluíram que o "consumo regular de café não estava associado ao aumento de mortalidade entre homens ou mulheres".

Proteção
Os dados deste estudo sugerem que o consumo moderado de café pode oferecer uma pequena proteção, levando a uma suave queda da mortalidade (por várias causas) em pessoas que consomem a bebida, em comparação com os que não bebem café. Com base neste e outros estudos, se chegou à conclusão de que a dose mais eficaz varia entre duas a cinco xícaras por dia. Beber mais do que isso diminui os benefícios. O café tem centenas de substâncias diferentes, incluindo muitos flavonoides (compostos encontrados em plantas e que têm efeito antioxidante). Mas não se sabe quais destes ingredientes é benéfico.

Mas, quando se se fala do cérebro, o ingrediente bom do café parece ser a cafeína. Uma pesquisa publicada em julho de 2013 na revista especializada World Journal of Biological Psychiatry, afirmou que pessoas que bebem duas a cinco xícaras de café com cafeína diariamente apresentam metade das probabilidades de cometer suicídio em comparação às pessoas que bebem o café descafeinado ou menos que duas xícaras por dia.

Esta pesquisa juntou dados de três estudos que seguiram mais de 200 mil pessoas por mais de 14 anos, então é confiável. Além de ser apoiada por outras pesquisas. Uma razão de a cafeína poder ser um antidepressivo suave é que, além de deixar a pessoa mais alerta, aumenta o nível de neurotransmissores como dopamina e serotonina, que melhoram o humor.

Apenas café preto e café com leite foram avaliados
Mas os pesquisadores não recomendam doses altas, acrescentando que "há pouco benefício extra para o consumo acima de duas ou três xícaras". Outro alerta é que estes testes começaram há muitos anos então o tipo de bebida testada foi, quase com certeza, o bom e velho café tradicional. Uma simples xícara de café tem entre zero e 60 calorias, dependendo se é preto, com leite ou com leite e um pouco de açúcar. Capuccinos, lattes e mochas têm café mas também têm muitas calorias, algo entre 100 e 600 calorias.

E as vitaminas de frutas?
Vitaminas de frutas podem ser feitas com a fruta pura, mas quando você tira a casca e tritura a fibra você já perdeu muito do potencial da fruta. O que sobra em uma vitamina é principalmente uma bebida açucarada.
Em um estudo publicado no começo de 2013, pesquisadores descobriram que entre as 52 vitaminas prontas à venda, 41 tinham mais açúcar que uma Coca-Cola e todas tinham mais calorias.

Vitaminas podem ter mais calorias que refrigerantes
Vitaminas de frutas são ácidas e deixam resíduos nos dentes, então os dentistas não gostam muito destas bebidas. Uma maçã por dia pode manter o médico longe, mas não quando é descascada, triturada, misturada e empacotada. Em um estudo publicado em agosto de 2013 no British Medical Journal os pesquisadores descobriram que consumir frutas diminui o risco de diabetes. Mas "beber" frutas parece aumentar este risco.

Este foi outro grande estudo envolvendo muitas pessoas acompanhadas durante muitos anos. Uma descoberta interessante é que frutas diferentes resultaram em níveis diferentes de benefícios. Três porções de mirtilo, por exemplo, diminuem o risco de diabetes em 26%; maçãs, peras, bananas e toranjas também tiveram um efeito positivo, mas muito menor. No total, aqueles que comeram a fruta cortaram o risco de desenvolvimento de diabetes em 2% enquanto que as pessoas que "beberam" a fruta (mais de três copos de suco de frutas por semana) aumentaram o risco em 8%.

Más notícias
Um estudo feito na Austrália Ocidental examinou a dieta diária de mais de 2 mil pessoas e descobriu que consumir alguns tipos de frutas e verduras (brócolis, couve-flor, repolho e maçã) corta o risco de desenvolver câncer colorretal, enquanto que beber o suco de frutas foi associado ao aumento do risco de câncer retal.

Bebidas açucaradas aumentam o nível de insulina e níveis altos de insulina estão associados ao aumento do risco de certos tipos de câncer. Os pesquisadores destacam que muitas coisas que protegem contra câncer de intestino, como os antioxidantes e fibras, são perdidos ou suas quantidades caem durante o processo de fazer o suco.

Nenhum destes estudos analisou especificamente os benefícios para a saúde das vitaminas de frutas ou mesmo o impacto de tipos diferentes de sucos. Por exemplo, se são sucos frescos ou feitos a partir de concentrados de frutas, feitos em casa ou comprados em lojas. Presumo, por exemplo, que tomar uma vitamina feita em casa será bem melhor do que uma comprada pronta.

E duvido muito que o ocasional suco de fruta ou vitamina vai fazer mal. De qualquer forma, pessoalmente, não os compro mais e raramente os tenho em casa. Como a fruta e, quando se trata de bebidas, prefiro continuar com a água, chá e, claro, café.

Informa a BBC BRASIL

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

MEGA-SENA ACUMULA E PRÊMIO PODE CHEGAR A R$ 45 MILHÕES

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 1.543 da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira (30), em Osasco (SP). Com isso, o valor do próximo sorteio, previsto para ocorrer na sexta-feira (1), pode chegar a R$ 45 milhões.

Veja as dezenas sorteadas: 07 - 15 - 20 - 23 - 30 - 41.

Segundo a Caixa, 182 apostas acertaram a Quina e cada uma vai receber R$ 21.370,06. Outras 13.138 apostas acertaram a Quadra e cada uma receberá R$ 422,91.

A aposta mínima custa a partir de R$ 2 e pode ser feita até as 19h do dia do sorteio em qualquer  lotérica do país. Os sorteios ocorrem geralmente todas as quartas-feiras e sábados. Nesta semana, devido ao feriado do dia 2 de novembro, o próximo concurso será adiado para a sexta-feira (1).

Informa o G1

SECA CONTINUA E SERTÃO DE PE DEVE TER VERÃO COM CHUVA ABAIXO DA MÉDIA

O Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) divulgou, nesta quarta-feira (30), a previsão climática no estado para os próximos três meses. Os especialistas acreditam que em novembro, dezembro e janeiro as chuvas na Região Metropolitana do Recife fiquem dentro do esperado; no Agreste e interior de Pernambuco, as precipitações podem variar entre normal a um pouco abaixo da média. O prognóstico foi feito durante o Encontro sobre Mudanças Climáticas e Recursos Hídricos, realizado no Recife nos últimos três dias.

Seca deve continuar no próximo trimestre, no Sertão de Pernambuco - Foto: Reprodução
"Na Região Metropolitana e no Agreste, as chuvas são poucas no verão; o que acontece são as chuvas ocasionais, que ocorrem de noite e de madrugada. No Sertão, é esperado chover um pouco abaixo do normal neste período, considerado de pré-estação de chuvas. Não deve chegar a 200 milímetros", explicou o metereologista Hailton Dias. Para que a previsão seja realizada, os pesquisadores observam constantemente os oceanos Pacífico e Atlântico.

Em relação à temperatura no período, a variação na Região Metropolitana será de 28ºC a 30ºC, podendo ter temperatura máxima de 32º. Já no interior sertanejo, as temperaturas vão variar de 33ºC a 35ºC.

A umidade relativa do ar deverá ficar entre 40% e 60% no Sertão e 90% a 95% no Grande Recife. Um número bom comparado aos registrados anteriormente, em que a umidade no sertão girava em torno de 20% a 13%, considerado abaixo do aceitável pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de acima de 30%.

Informa o G1 PE

TRE CONFIRMA MANDATO DE QUATRO PREFEITOS PERNAMBUCANOS, ENTRE ELES, JOÃO MENDONÇA DE BELO JARDIM

Em sua sessão de hoje (30) à noite, o Tribunal Regional Eleitoral confirmou os mandatos dos prefeitos de Belo Jardim, São José do Belmonte, Petrolândia e Agrestina – respectivamente João Mendonça (PSD), Marcelo Pereira (PR), Lourival Simões (PR) e Thiago Nunes (PDT).

João Mendonça teve o registro impugnado pela coligação adversária por ter tido três prestações de contas rejeitadas pelo TCE – 2002, 2003 e 2005. Ele ganhou na primeira e na segunda instância, o que levou a coligação adversária a recorrer ao TSE.

O Tribunal Superior devolveu o processo ao TRE-PE para que reanalisasse os motivos da rejeição das contas.

Como o julgamento, pela Câmara Municipal de Belo Jardim, havia sido anulado pela Justiça Comum, o TRE, por meio do desembargador Alfredo Hermes, manteve o registro da candidatura com parecer favorável do Ministério Público Eleitoral.

EM PE, LEI ISENTA AGRICULTORES DE PAGAR IPVA NA COMPRA DE MOTO ATÉ 50 CILINDRADAS

Agricultores pernambucanos inscritos no Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) poderão ficar isentos de pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) na compra da motocicleta de até 150 cilindradas de potência. O projeto de lei foi aprovado este mês, por unanimidade, na Assembleia Legislativa (Alepe), e já está publicado no Diário Oficial.

A isenção é para quem mora fora da Região Metropolitana do Recife. Vale na compra de uma motocicleta zero quilômetro e emplacada no mesmo município onde fica a propriedade do agricultor e é válida exclusivamente para o ano da aquisição da moto. Nos seguintes, o proprietário precisará pagar o IPVA. O pagamento do seguro obrigatório continua sendo exigido.

A quantidade de motocicletas circulando em Pernambuco cresce todos os anos. Hoje, há 900 mil registradas no Detran, e a maioria é do interior. São 650 mil fora da Região Metropolitana, sendo 600 mil abaixo de 150 cilindradas, de acordo com a Secretaria da Fazenda (Sefaz).

Já a Secretaria de Saúde contabiliza o número de pessoas atendidas nos hospitais do estado por causa de acidentes com motocicletas. No ano passado, foram 30.200. Este ano, 18 mil até agosto. Somente nos últimos dois anos, 1,6 mil pessoas perderam a vida em acidentes com motos.

O deputado Daniel Coelho, oposição ao governo na Alepe, votou a favor da nova lei. Ele não vê contradição entre o incentivo à aquisição de motocicletas e o esforço para prevenir acidentes. 

“Considerando que você vai estar baixando tributo e dando uma melhor condição de vida a pesoas carentes que moram no campo, acho que o projeto tem mais ganhos do que perdas. A gente está baixando impostos e diminuindo o custo de vida da produção rural”, explicou.

O governo estadual estima que dez mil pessoas devam comprar moto no ano que vem usando esse benefício. Com isso, a Sefaz deve deixar de arrecadar R$ 800 mil. "Mas esses valores são recuperados também, tanto do ponto de vista do ICMS na aquisição da moto como no emplacamento desse veículo", disse o gerente de IPVA da Sefaz, Julio Lóssio. A lei beneficia também quem é cadastrado no Detran como colecionador.

Informa o G1 PE

DEPUTADOS APROVAM OBRIGATORIEDADE DO TESTE DA LINGUINHA NAS MATERNIDADES

A obrigatoriedade de os hospitais e maternidades fazerem o “teste da linguinha” para conferir se a criança tem a chamada língua presa depende agora da decisão de senadores. Deputados da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovaram há pouco a proposta de lei que torna o procedimento obrigatório. 

Imagem: Internet
O teste avalia o frênulo ou membrana da língua de bebês e recém-nascidos para verificar se existe qualquer problema, como um encurtamento, que possa dificultar a amamentação ou, posteriormente, a fala. O autor da proposta, deputado Onofre Santo Agostini (PSD-SC), explicou que o diagnóstico dessas alterações pode evitar consequências mais graves no desenvolvimento das crianças.

“O frênulo é uma pequena prega de membrana mucosa que conecta a língua ao assoalho da boca e que possibilita ou [em caso de problema] interfere na livre movimentação da língua dos bebês, causando o desmame precoce e baixo ganho de peso, comprometendo, dessa forma, o desenvolvimento dos bebês”, justificou.

Agostini lembrou que o comprometimento da movimentação da língua e das funções orais afetam a deglutição e podem prejudicar, depois, a mastigação e a fala. O projeto original (PL 4.832/12),apresentado em 2012, foi apensado a outra proposta (PL 5.146/13), do deputado Ricardo Izar (PSD-SP), e foi transformado em substitutivo na Comissão de Seguridade Social e Família. Mas, em todos os textos, os autores defenderam que a obrigatoriedade do teste é um avanço, por abrir possibilidade de se detectar alguns problemas.

A relatora na Comissão de Seguridade, deputada Nilda Gondim (PMDB-PB), retirou do texto a obrigatoriedade de o SUS oferecer a cirurgia para correção do problema. Para ela,  o serviço não precisa ser obrigatório no serviço público. O relator da proposta na CCJ, deputado Heuler Cruvinel (PSD-GO), acatou todas as posições e conseguiu a aprovação do colegiado. 

A matéria segue para a análise do Senado, caso não seja apresentado recurso para que a proposta seja discutida em plenário.

Informa a AGÊNCIA BRASIL

PERNAMBUCO TEM 69 MUNICÍPIOS COM RISCO DE SURTO DE DENGUE

Neste verão, Pernambuco tem 69 municípios em risco de surto de dengue. Embora tenha havido uma redução do número de casos da doença no estado, o índice de infestação predial (focos de reprodução do mosquito) preocupa a Secretária Estadual de Saúde. O plano de contigência da dengue foi lançado nesta quarta-feira (30), na sede da Secretaria, no bairro do Bongi, Zona Oeste do Recife.

Secretário Antonio Figueira alerta que época de seca
também tem dengue. (Foto: Katherine Coutinho / G1)
O período de seca prolongada é uma das preocupações, visto que se multiplicam os reservatórios de água nas residências - maiores focos de proliferação do mosquito. Para lidar com a situação, serão distribuídas 40 mil capas para cobrir os depósitos, além de uma orientação mais próxima dos municípios em estado de alerta. "É preciso entender que, se esses municípios não fizerem algo, há uma grande chance de surto", explica o secretário de Saúde, Antônio Carlos Figueira.

A maior concentração de municípios com índices considerados altos - acima de 3,9% das residências - está na região de Garanhuns e Caruaru, no Agreste do estado, embora a lista inclua também alguns da Região Metropolitana do Recife, como Abreu e Lima, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes. Outros 75 estão em situação de alerta, com índice de infestação entre 1% e 3,9%.

A intermitência no fornecimento de água e a seca são fatores que contribuíram para alto índice. "As pessoas acham que, por estarmos enfrentando uma grande seca, não temos dengue. Enquanto não tivemos 100% das casas saneadas e 100% das casas com água o tempo todo, vamos ter dengue, é um país tropical", alerta o secretário.

Os municípios vão contar com orientação da Secretaria de Saúde para reorganizar o planejamento de combate à doença, a fim de evitar surtos no próximo ano. "Quem contrata agente de saúde é o município, mas nós vamos contratar 68 técnicos de nível superior, que vão atuar no monitoramento dos municípios e unidades de saúde", afirma Figueira.
Redução
De janeiro a outubro de 2012, foram pouco mais de 61 mil notificações da doença no estado, contra cerca de 14 mil em igual período neste ano. O número de mortes também caiu ao comparar os períodos - 36 em 2012 e 24 em 2013. Dos casos graves registrados, foram 217 durante todo o ano de 2012, e 51 neste ano.
Ainda assim, a preocupação continua. "Nós temos os quatro tipos de vírus da dengue circulando no estado e muitos dos óbitos foi pelo tipo 3 da doença. Isso é um motivo de alerta, assim como a condição climática de verão, com sol e chuvas esparsas", aponta a diretora de Controle de Doenças e Agravos, Roselene Hans.
Todos os profissionais da rede de assistência à saúde devem passar também por nova capacitação, que vai orientar sobre a doença e a nova classificação adotada  pela Organização Mundial da Saúde. "Essencialmente, a dengue passa a ser dividida em 'grave' e 'sem estado de alerta'. São novos protocolos de notificação", detalha a diretora.

Além da capacitação, uma campanha focada em conscientizar as pessoas para a necessidade de manter os reservatórios de água fechados também faz parte do plano de contingência da doença. O objetivo é diminuir em 10% o número de casos de dengue no estado de um ano para o outro.

Os municípios que estão com risco de surto, de acordo com a Secretaria de Saúde, são: Abreu e Lima, Araçoiaba, Camaragibe, Chã Grande, Glória do Goitá, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata, Casinhas, Feira Nova, João Alfredo, Lagoa do Carro, Lagoa do Itaenga, Nazaré da Mata, Salgadinho, Surubim, Tracunhaém, Gameleira, Palmares, Primavera, Agrestina, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Cupira, Frei Miguelinho, Gravatá, Panelas, Poção, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Una, São Caetano, São Joaquim do Monte, Taquaritinga do Norte, Bom Conselho, Caetés, Garanhuns, Jucati, São João, Terezinha, Arcoverde, Buíque, Custódia, Ibimirim, Jatobá, Pedra, Sertânia, Tupanatinga, Venturosa, Bodocó, Ipubi, Santa Cruz, Afogados da Ingazeira, Brejinho, Iguaraci, Ingazeira, Itapetim, Santa Terezinha, São José do Egito, Solidão, Tuparetama, Betânia, Calumbi, Santa Cruz da Baixa Verde, Serra Talhada, Aliança, Condado, Ferreiros, Itambé e Macaparana.

Informa o G1 PE

“COMEÇARIA DE NOVO PELO BOLSA FAMÍLIA”, DIZ LULA

Em cerimônia que celebra os dez anos do programa Bolsa Família, implantado pelo ex-presidente Lula, o petista comemorou a data respondendo a dezenas de críticas feitas pela imprensa e por políticos. "Eu queria ter convidado alguns jornalistas e políticos para vir assistir à apresentação da [ministra] Tereza Campello. Quem sabe um dia fosse necessário uma sessão extraordinária na Câmara para que a ministra pudesse fazer uma apresentação para os deputados e senadores", começou Lula, em referência aos números apresentados pela titular da pasta de Desenvolvimento Social e Combate à Fome sobre o impacto do programa.

Lula citou, em seu discurso, diversas manchetes já feitas contra o programa: "No dia 21/06/2006, foi escrito num jornal que o Bolsa Família forma mendigos. Isso veio de uma adversária nossa. Outro companheiro nosso dizia assim que era uma tragédia social. Outro que era fácil de entrar, mas difícil de sair. Outros diziam que era bolsa ilusão, bolsa eletrodoméstico, uma grande enganação...", enumerou. "Eu não sei por que tanto incômodo pelo pobre receber 70 reais, 100 reais. Eu não sei o que incomoda tanto", criticou.

O antecessor da presidente Dilma Rousseff afirmou que, se tivesse que recomeçar seu programa hoje, o faria novamente por meio desse programa. "Se hoje eu começasse meu governo de novo, começaria outra vez pelo Bolsa Família. Nenhum outro programa, dentre muitos outros que criamos, teve tanto impacto na construção de uma nova mentalidade no Brasil". Emocionado, disse ainda que "não existem números que representam" ou "indicador estatístico para traduzir a palavra dignidade".

Na avaliação de Lula, "era de se esperar que um programa dessa dimensão causasse dúvidas e questionamentos". Mas a resposta para essas questões, disse ele, "é simples", pois "as pessoas se incomodam quando os pobres ganham algo além de feijão". Ele também foi irônico ao dizer que hoje "o pobre está evoluindo" e, por isso, o patrão se encontra com sua empregada no aeroporto, a empregada usa o mesmo perfume da patroa e o jardineiro anda com o carro do mesmo modelo que o chefe. "Eu sei que é difícil", disse Lula, arrancando risadas.

De acordo com ele, essas críticas são de quem quer "tentar responsabilizar o pobre pelas razões para a existência do nosso abismo social". Felizmente, disse Lula, "não é o que todos pensam. Há quem pense que este é o maior programa de transferência de renda do mundo, como a ONU. E se não fosse assim, não receberíamos o prêmio que recebemos hoje". A iniciativa recebeu o reconhecimento da ISSA, Associação Internacional de Seguridade Social, cujo secretário-geral discursou no evento.

Lula parabenizou a presidente Dilma Rousseff por tudo o que ela já fez até agora. "Dilma, você não tem dimensão do que já fez em três anos. Continue assim. Quem vai te agradecer são os pobres, porque os outros te esquecerão com muita facilidade", afirmou.

Resultados

Mais cedo, pelo Twitter, a presidenta Dilma destacou os números e a importância do programa Bolsa Família, com a retirada de 36 milhões de brasileiros da extrema pobreza, o atendimento a 50 milhões de beneficiários e o retorno do dinheiro investido no programa para o Produto Interno Bruto (PIB).

"Hoje é um grande dia: comemoramos os dez anos do maior programa de inclusão social do mundo. (...) Nunca tanta gente saiu da miséria tão rápido: #BolsaFamilia10anos retirou 36 milhões da extrema pobreza, sendo 22 milhões desde 2011. (...) Nunca as pessoas mais pobres foram diretamente beneficiadas: são 50 milhões de beneficiários em 13,8 milhões de famílias", escreveu a presidente.

Segundo Dilma, "nunca tanta gente teve tantas oportunidades para seguir subindo na vida". A presidente lembrou a oferta de 800 mil vagas de capacitação pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Brasil Sem Miséria. E os jovens beneficiários têm desempenho escolar acima da média nacional, além de menor abandono dos estudos.

"Nunca o país teve governos tão comprometidos com o fim da desigualdade. (...) Nunca tantas crianças puderam mostrar seu valor: os filhos dos beneficiários do #BolsaFamilia10anos têm taxa de aprovação igual e de abandono da escola menor que a media dos demais alunos do país", explicou Dilma em sua conta no microblog.

Informa o BR247

ANVISA DIZ QUE 36% DOS ALIMENTOS TÊM NÍVEL INSATISFATÓRIO DE AGROTÓXICOS

Relatório divulgado nesta terça-feira (29) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre a presença de agrotóxicos em frutas, legumes e verduras apontou em 36% das amostras analisadas em 2011 e 29% das amostras verificadas em 2012 apresentaram resultados considerados insatisfatórios pela agência. Segundo o estudo, nestes casos os alimentos continham níveis de substâncias tóxicas superiores ao limite imposto no Brasil ou ainda compostos químicos que nunca foram registrados para uso no país. Os dados fazem parte do estudo que integra o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (Para).

Segundo a Anvisa, a escolha dos produtos analisados baseou-se nos dados de consumo obtidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na disponibilidade destes alimentos nos supermercados dos diferentes estados e no perfil de uso de agrotóxicos nestes alimentos. Em 2011, foram estudadas 1.628 amostras de nove alimentos (alface, arroz, cenoura, feijão, mamão, pepino, pimentão, tomate e uva).

Das 589 amostras consideradas insatisfatórias (36% do total analisado), 520 apresentaram algum tipo de agrotóxico não autorizado para a cultura; 38 estavam com produtos tóxicos com nível acima do limite imposto pela Anvisa; e 31 amostras tinham resíduos tóxicos de produtos não autorizados para aquela cultura e com níveis de agrotóxico acima do limite.

O composto carbendazim, um tipo de fungicida, foi o mais encontrado nos produtos analisados, seguido dos inseticidas metamidofos e clorpirifos. O estudo apontou ainda a presença de ingredientes ativos tebufempirade e azaconasol em amostras de uvas analisadas. Ao encontrar tais compostos, a Anvisa sugere a ocorrência de contrabando desses agrotóxicos, que nunca tiveram registro no país.

Índice caiu em 2012
No ano seguinte a agência analisou 1.665 amostras de sete culturas coletadas (abacaxi, arroz, cenoura, laranja, maçã, morango e pepino). O estudo verificou que 483 delas (29%) foram consideradas insatisfatórias por apresentarem resíduos de produtos não autorizados, ou autorizados, mas em concentrações acima do Limite Máximo de Resíduo.

Deste total, em 416 amostras havia a presença de agrotóxicos não autorizados para a cultura; 40 amostras tinham substâncias acima do limite permitido e não permitidas para a cultura; e em 27 amostras havia a presença de agrotóxicos acima do permitido. O destaque foi para a substância clorpirifos, seguidos dos inseticidas acefato e dimetoato. Além disso, 152 amostras apresentaram resíduos de ingredientes ativos em processo de reavaliação toxicológica ou em etapa de venda descontinuada programada no Brasil.

Melhora na orientação
Segundo a Anvisa, os dados “reforçam a necessidade de melhoria na formação dos produtores rurais” e o acompanhamento do uso de agrotóxicos na agricultura brasileira.

A Anvisa reforça que uma difusão melhor sobre boas práticas relacionadas ao agrotóxico “podem evitar a exposição indevida aos agrotóxicos, por exemplo, quando produtores rurais utilizam agrotóxicos não autorizados para a modalidade de aplicação”.

Agricultor usa agrotóxico na lavoura no
Espírito Santo (Foto: Reprodução/TV Gazeta)
Informa o G1

GESTÃO DE EDUARDO CAMPOS É APROVADA EM PE

O pré-candidato à presidência da República e governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), obteve resultados positivos em relação à administração estadual, segundo avaliação do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), divulgada nesta quarta-feira (30). A mostra colheu opiniões de 2.423 pessoas de Pernambuco nos dias 21 e 22 de outubro e constatou uma aprovação do socialista de quase 70%.

A primeira indagação direcionada aos pernambucanos foi de como o gestor estaria realizando a administração no Estado. Neste quesito, o valor total de aprovação da gestão socialista atinge 54%, se somarmos os percentuais de ótimo (17%) e bom (37%). A percentagem de regular é de 28% regular. Já a avaliação negativa chega a 12%, se for somado o total de  ruim (7%) e péssima (5 %), este último foi o mesmo valor para quem não soube ou não respondeu.

Esta mesma questão tem alternâncias dependendo do local onde a apuração foi feita. O maior percentual positivo do governador foi de 22% na Região do São Francisco. No Recife, 16% dos participantes afirmaram que o gestor possui uma ótima gestão, outros 32% disseram ser boa, 29% regular, 11% ruim e 5% péssima. Já levando em consideração a renda familiar, 20% das pessoas que tem de um a cinco salários mínimos consideram a administração de Eduardo Campos ótima, seguidos por 42% das que possuem mais de cinco salários que acham ser boa. Ainda considerando a vida financeira dos entrevistados, 25% que recebem de dois a cinco salários avaliam a governança como regular, 9% de um a dois salários ruim e 10% acima de cinco salários acham péssima. Já o resultado mais negativo, em que as pessoas responderam péssimo foi dos entrevistados que possuem ensino superior, alcançado 12%.

Numa segunda pergunta dirigida aos participantes, o IPMN apresentou de forma direta a pergunta: “Você aprova ou desaprova o governo Eduardo Campos?”. Nesta indagação a avaliação da administração do governador foi positiva. Do total de entrevistados, 67% aprovaram a administração do possível presidenciável, 21% desaprova, 12% não soube ou não respondeu. No entanto, há diferenças de percentuais a depender do perfil do participante.

Em todo o estado, os pernambucanos que aprovaram com maior aceitação a gestão do socialista foram os moradores da Região do Sertão com 80%, seguidos pelos da Zona da Mata, 75%, Agreste 70% e São Francisco com 69%. Já os que reprovaram os trabalhos do governador, 41% possuem ensino superior e 30% dos entrevistados moram no Recife.

Segundo o analista político Maurício Romão, o resultado de aprovação da popularidade do chefe do executivo é bom. “É um número expressivo (54%), o que significa que os pernambucanos de maneira geral estão propensos a dar mais crédito a administração do governador”, analisa. Apesar dos bons resultados, Romão observa que no mesmo período do ano passado o IPMN aplicou 14 pesquisas e Campos variava entre 66% e 80% em alguns locais do Estado, por isso, lembrou as manifestações de julho. “De maneira geral todos os governantes tiveram problemas de avaliação, uns mais outros menos. Então Eduardo Campos também tem esta imagem afetada pelas mobilizações de rua, mas no geral, o pernambucano tem um sentimento de aprovação para a gestão do governador”, frisou.

Já para o cientista político, Adriano Oliveira, os dados divulgados pelo IPMN exprimem a força do socialista no processo eleitoral. “A pesquisa revela uma boa aprovação do governador Eduardo Campos e diante desta aprovação, mostra que ele é um cabo eleitoral forte”, avaliou. Oliveira também frisou a queda do governador na capital pernambucana e considerou os resultados de forma natural. “Devemos considerar também que nas grandes cidades, na capital, há uma redução de sua provação nos centros urbanos, onde encontramos grandes inquietações sociais e os eleitores não estão muito satisfeitos com os governos”, pontuou.

Nesta semana o IPMN também revelou o quadro de intenções de votos para os possíveis candidatos ao governo de Pernambuco e para a disputa presidencial.  

Informa o LeiaJá

MAIS SAÚDE

Cigarros Eletrônicos: Benefícios do Cigarro Eletrônico, Ajuda Parar de Fumar?

Parar de fumar é apresentado como um dos principais desafios para aqueles que têm esse hábito como parte de sua vida. No entanto, para todos os fumantes que realmente têm pleiteado deixar para trás esse costume, estão disponíveis no mercado os chamados e – cigarros ou cigarros eletrônicos, uma alternativa saudável ao tabaco convencional, você quer conhecer os seus benefícios?

A prática de fumar proporciona uma sensação agradável ao consumidor habitual deste tipo de produtos, ao mesmo tempo em que ajuda a aliviar o estado de estresse e de ansiedade, derivados seja de suas responsabilidades no âmbito pessoal ou profissional. O ritmo frenético com o qual realizamos as nossas atividades e tarefas do nosso dia a dia é outra grande responsabilidade no momento de estimular ou alterar o nosso sistema nervoso.

Pela mesma razão, muitos encontram hoje em dia, nos cigarros o remédio para trazer paz e serenidade para o seu corpo e sua mente. No entanto, a desvantagem desta prática é que com apenas um cigarro, você está fornecendo ao seu próprio organismo e para aqueles que estão ao seu redor, uma quantidade significativa de substâncias tóxicas no médio e longo prazo, que terminará por prejudicar o seu próprio bem-estar.

A Organização Mundial de Saúde, em um de seus últimos relatórios deste presente ano de 2013, estipulou que um total de quase seis milhões de pessoas morre a cada ano por causa do tabaco, dentre as quais cinco milhões são usuários regulares deste tipo produto, embora existam cerca de 600.000 pessoas que não são fumantes habituais, mas estão expostas em suas vidas diárias a fumaça do tabaco de terceiros.

Da mesma forma, esses dados são adicionados a prática total de milhões de fumantes que se encontram em todo o mundo, mais especificamente 80% da população de fumadores a nível mundial, vive em países de renda baixa e média, e apesar de que o consumo desses produtos está diminuindo em países com maior poder econômico, é verdade que a nível global o seu consumo ainda mostra uma tendência ascendente.

No entanto, o mercado oferece uma alternativa mais saudável aos cigarros convencionais encontrada nos chamados e-cigarros ou cigarros eletrônicos. Um recente estudo da Universidade de East London mostrou que 9 em cada 10 fumantes que usaram um cigarro com estas características deixaram totalmente o consumo de tabaco. De acordo com a pesquisa, 86% dos entrevistados confirmaram que durante várias semanas ou meses não caíram de volta ao consumo do cigarro convencional.

Como funciona o cigarro eletrônico?

O funcionamento dos cigarros eletrônicos, apresentados como uma autêntica revolução e substituto perfeito do tabaco convencional são responsáveis ​​por aquecer um líquido que pode ou não conter a nicotina para produzir um vapor que finalmente será inalado pelo usuário. Este perfume vai te ajudar a esquecer a fumaça do tabaco, cheia de substâncias tóxicas desnecessárias para o nosso organismo. Os também chamados e-cigarros te proporcionarão a mesma satisfação de fumar, mas sem os efeitos anti-sociais nem tão contaminantes de um cigarro convencional.

A principal função dos cigarros eletrônicos, em suma, é te ajudar a parar de fumar mediante um substituto mais saudável que te fornecerá a mesma sensação de prazer, mas com o acréscimo de que não contém as substâncias contaminantes do tabaco habitual.

Já experimentou o cigarro eletrônico? O que te parece o seu sabor?

terça-feira, 29 de outubro de 2013

POLÍTICOS DE BELO JARDIM VISITAM FESTA DE PADROEIRO EM XUCURU

Neste último final de semana aconteceu a tradicional festa de São Manoel da Paciência, padroeiro do distrito de Xucuru, com várias atrações seculares e religiosas, desde o dia 19 do corrente mês, contando com o apoio da prefeitura de Belo Jardim e da secretaria municipal de Cultura, Turismo e Eventos.

Muitos vistantes estiveram presentes durante os três últimos dias do evento, que contou atrações musicais e culturais em, praça pública, lotando as dependências do local com inúmeras pessoas de várias localidades, engrandecendo ainda mais as festividades comemorativas.

Entre os milhares de visitantes, estiveram vários políticos de Belo Jardim, por ser ano pré-eleitoral, acompanhando de perto a festa e visitando amigos e aliados partidários atuais e de longas datas. No sábado à tarde, quem esteve por aqui foi o ex-candidato a prefeito Dr. Maneco (PTB) ao lado do empresário Moacir Cintra, do ex-vereador Zé Lopes e seu filho, o vereador Rafael Lopes (PT), também de suplentes de vereadores, inclusive, o ex-candidato, Adilson Fotógrafo, que é do distrito, entre outros, até de outro grupo político da cidade, como Evandro Macarrão de Serra do Vento, que foi candidato pelo DEM, da candidata derrotada Andréa Mendonça.  

Na ocasião, Maneco visitou os empresários Luis Amorim e João Carlos, além do ex-vereador e ex-vice prefeito Zé Amorim, que está um pouco debilitado. Ainda esteve no clube piscina visitando o militante Galo Véi, que hora comanda os destinos do clube, com grande eventos dominicais.

Também no sábado, à noite, quem compareceram foi o prefeito João Mendonça, com alguns vereadores do seu grupo e parte de secretários do seu governo, inclusive, Luis Carlos, responsável pela secretaria de Cultura e Eventos, que contribuiu com as atrações da festa. João Mendonça e sua equipe foi recepcionado pelo vereador Claudemir Paulino, que vistaram os ex-vereadores Antonio Amorim e Luís Félix. Também estiveram prestigiando a festa, o vice-prefeito Cristiano Araújo e seu irmão, vereador e presidente da câmara municipal, Nen Cabeludo.

No domingo, Maneco voltou a Xucuru, dessa vez acompanhado do ex-prefeito Cecílio Galvão, do vereador Tenente e do deputado federal Mendonça Filho (DEM) e sua irmã Andréa Mendonça, que fizeram questão de visitar os eternos aliados do seu grupo no distrito, o ex-vereador Diniz Soares, seu filho Mauro Dênis, e o seu principal adversário do passado, o ex-vereador e ex-vice-prefeito Zé Amorim. 

Assim foi a festa de São Manoel da Paciência 2013 em Xucuru, distrito de Belo Jardim, bastante movimentada, também no campo político.

Fotos;


















Fotos: Internet
Informa a Redação.

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More