VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

sábado, 28 de janeiro de 2017

MODELO DE SEGURANÇA DE CARUARU PODE SER UTILIZADO COMO MODELO PELO GOVERNO DE PE

A informação é do Diario de PE -

Disposto a reverter a imagem negativa do governo no quesito segurança pública, o governador Paulo Câmara (PSB) está apostando suas fichas na construção de um canal de negociação também com os prefeitos recém-eleitos para prevenir e combater a violência no estado. A ideia é se espelhar no modelo apresentado pela atual prefeitura de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), batizado de Juntos Pela Segurança, e replicar nos demais municípios.

Segundo o líder do governo, deputado Isaltino Nascimento (PT), os prefeitos terão papéis estratégicos nesse processo. “Um exemplo é Caruaru. Lá, a prefeita dialogou com vários atores, como as polícias Militar, Civil e Federal, Ministério Público, universidades, Poder Judiciário e líderes comunitários. É uma construção coletiva voltada para segurança e prevenção da violência”, explicou o socialista. 

Ao ser informada sobre a posição do governo em replicar o modelo de segurança pública de Caruaru em outros municípios, a prefeita mostrou-se satisfeita. “É importante não enxergar a segurança como uma questão partidária, porque está em jogo o interesse público”, sentenciou. De acordo com a tucana, a atuação do estado será fundamental para a experiência dar certo nos municípios. “O estado pode induzir as cidades trabalhando com força política e operacional no combate à violência”, enfatizou. 

Afago 
O governo Paulo Câmara pretende também redesenhar o que foi planejado, escutar as queixas dos gestores que não conseguiram renovar seu mandato. Os ex-prefeitos têm reclamado do distanciamento do governo. “Nunca é tarde para o diálogo. O principal ponto é a falta de atenção. O ex-governador Eduardo Campos fazia isso muito bem. Não só ele, mas sua equipe. É uma distância (entre governo e base aliada) que não deveria existir”, criticou o ex-prefeito de Belém de São Francisco Gustavo Cabibé (PSB). 

O socialista reclama que o atraso no repasse do Fundo Estadual dos Municípios (FEM) de 2014, por parte do governo, acabou por prejudicá-lo nas eleições passadas. “Não tivemos a oportunidade de inaugurar muitas obras. A última parcela para recuperação do estádio de futebol, por exemplo, demorou muito a sair e não conseguimos concluí-lo”, criticou.

Imagem: Reprodução da internet

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More