VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

quarta-feira, 5 de abril de 2017

COLUNA! DO BLODO MAGNO; TEMER NÃO SERÁ CASSADO

A informação é do Blog do Magno Martins -

O longo processo de julgamento das contas de campanha da chapa Dilma-Temer, podendo chegar a durar até seis meses, garante arriscar de antemão um palpite: o presidente Michel Temer (PMDB) não será cassado. Pelo menos pelo Tribunal Superior Eleitoral neste caso especifico.  O adiamento do julgamento, com a decisão do Tribunal Superior Eleitoral, na primeira sessão de ontem, de conceder mais prazo para as defesas foi recebido com alívio pelo Palácio do Planalto.

O que ocorreu, ontem, numa sessão que durou menos de duas horas, já era o cenário com que as defesas tanto da ex-presidente Dilma Rousseff como do presidente Michel Temer trabalhavam. No Governo, a avaliação é que a decisão do TSE resultará em mais tempo para o processo, o que torna cada vez mais improvável o afastamento de Michel Temer.

Com isso, o Planalto tentará criar um clima de normalidade política para conseguir pautar sua agenda de reformas, sem a pressão do julgamento no TSE. Há consenso no próprio tribunal que a retomada do julgamento já deve acontecer com a nova composição da Corte, com as substituições dos ministros Henrique Neves e Luciana Lóssio. O governo aposta que a futura configuração possa ser mais favorável em relação ao julgamento.

O governo também joga com uma análise política desse julgamento, com o argumento de que a queda da chapa Dilma-Temer provocaria um quadro de incerteza no País, com a convocação de eleição indireta para escolha de novo presidente. Nos tribunais superiores, esse mesmo argumento já começa a ser verbalizado por vários ministros. Mesmo em caso de cassação da chapa, a defesa de Temer já sinalizou que recorrerá ao Supremo Tribunal Federal. Por isso, cresce em Brasília a convicção de que é cada vez mais remota a chance de Temer não concluir o mandato.

RECUOU – O relator da proposta de reforma política na Câmara, Vicente Cândido (PT-SP), desistiu de incluir no parecer à tipificação do crime de caixa dois (dinheiro não declarado à Justiça Eleitoral). Na segunda-feira passada, o deputado havia informado que o dispositivo estaria no relatório, com pena de dois a quatro anos de prisão. O relatório de Vicente Cândido foi apresentado, ontem, à comissão especial que discute o tema. Mais cedo, após reunião com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi tomada a decisão de retirar esse ponto que havia sido incluído no texto. Segundo o deputado, líderes partidários pediram para que o tema não fosse tratado no projeto.

Patriota pede mudança no PSB – Decano na bancada federal do PSB, o deputado Gonzaga Patriota disse, ontem, que é favorável a uma ampla renovação no comando do partido no Estado. “Se surgir um candidato para bater chapa contra Sileno conta com o meu apoio”, afirmou, referindo-se ao movimento, ainda discreto, que existe por iniciativa de um grupo histórico do PSB para oxigenar o diretório estadual. Para Patriota, o partido precisa de alguém com mais disponibilidade para cuidar dos problemas do seu dia a dia. “Sileno é muito ocupado e sequer atende nossos telefonemas”, afirmou.

Saia no comando do PT – A corrente Construindo um Novo Brasil (CNB), majoritária no PT, escolheu a senadora Gleisi Hoffmann (PR) para ser candidata à presidência do partido. A ideia de lançar Gleisi foi do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que desistiu de comandar o PT e quer uma "cara nova" na direção do partido. A escolha da líder do PT no Senado e ex-ministra da Casa Civil no governo Dilma Rousseff provocou muitos embates durante reunião da CNB, na última segunda-feira, em São Paulo. Diante da insistência de Lula em emplacar Gleisi, o ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e o deputado federal Márcio Macedo (PT-SE) acabaram retirando suas pré-candidaturas.

Crise afasta presidente –O presidente Michel Temer comunicou, ontem, ao governador Paulo Câmara que não poderá estar presente em Nova Jerusalém, na próxima sexta-feira, para a sessão especial do espetáculo da Paixão de Cristo destinada a autoridades e convidados especiais. Mesmo assim, Câmara levará um grupo de convidados para prestigiar a primeira encenação deste ano, que, mais uma vez, conta com a participação de artistas da Rede Globo. Amanhã, véspera do evento, o governador abre o seminário “Pernambuco em ação”, referente ao polo Agreste Meridional, em Garanhuns.

Torcida por Mendonça – Em missão oficial aos Estados Unidos, o ministro da Educação, Mendonça Filho, ficou com a caixa eletrônica do seu celular empanturrada de mensagens e estímulo para concorrer ao Governo do Estado nas eleições de 2018. Tudo porque apareceu com 12% das intenções de voto para governador, enquanto o senador Armando Monteiro (PTB) saiu na frente com 22%. “Para quem nunca assumiu que é candidato foi, sem dúvida, uma excelente posição”, comemorou um aliado entre um cafezinho e outro, ontem, no Salão Verde da Câmara dos Deputados. O que se diz em Brasília, no entanto, é que o projeto de Mendonça é disputar o Senado na chapa de Armando a governador.

CURTAS

PROJETO – Um projeto de irrigação comunitária, a 30 km de Petrolina, está prestes a ganhar fôlego novo com investimento da ordem de R$ 2 milhões pela Codevasf na construção, reforma e ampliação das adutoras e em obras de manutenção e limpeza do reservatório. Vai contemplar mais de 50 famílias da comunidade rural de Ponta da Serra com a produção de manga, acerola, goiaba, mamão e melancia, além do feijão.

BATALHÃO – A Comissão de Constituição, Legislação e Justiça da Assembleia Legislativa aprovou, ontem, por unanimidade, o relatório do deputado Tony Gel (PMDB) respaldando projeto de iniciativa do governador Paulo Câmara que cria o Batalhão de Polícia Especializada de Caruaru. O Governo, aliás, tomou a iniciativa atendendo a sugestão do próprio parlamentar. O Batalhão foi uma das promessas de sua campanha a prefeito da capital do forró.

Perguntar não ofende: Aécio Neves convenceu na defesa que fez, ontem, da tribuna do Senado, negando que tenha conta em Nova Iorque, conforme revelou a revista IstoÉ? 

Imagem: Reprodução da internet

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More