VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

domingo, 14 de maio de 2017

SPORT ESTREIA MAL NO BRASILEIRÃO, E PONTE PRETA NÃO PERDOA: 4x0

A informação é do LeiaJá -

Desgastado pela sequência de jogos, o Sport deu o pontapé inicial na Série A neste domingo (14), contra a Ponte Preta, em Campinas-SP. O Leão vinha de uma classificação suada na Sul-Americana e estava próximo de uma final de Copa do Nordeste, por isso, time misto em campo. Tal cenário complicou o Leão que acabou goleado pelo bem armado time paulista; estreia com derrota por 4x0.

Enfrentando um adversário em seus domínios, o Leão tinha um esquema ofensivo, mas todos os homens de frente assumiram uma postura de marcação e o Sport aguardava em seu campo uma oportunidade de contra-atacar. Demorou um pouco até que surgisse uma chance real de gol. Só aos 19, a Macaca conseguiu dar sequência a uma jogada em um belo passe de Clayson para Lucca, que ficou cara a cara com Magrão, mas mandou por cima da barra. Pouco depois, Everton Felipe cobrou falta na quina da área e Matheus Ferraz pulou sozinho, mas cabeceou para fora. O jogo dava indícios de melhora.

Aos 28 surgiu a primeira polêmica da partida. Nino Paraíba fez uma boa jogada individual e acabou tomando um encontrão de Matheus Ferraz e caiu pedindo pênalti. O juiz não entendeu dessa forma e deu sequência ao jogo, revoltando a torcida alvinegra. O jogo seguiu sem grandes lances, com muitos encontrões e travadas, até que aos 39 em um escanteio bem cruzado por Ravanelli encontrou a cabeça do Lucca, abrindo o placar sem deixar chances para Magrão; 1x0.

A zaga rubro-negra voltou a se complicar em bola aérea aos 44. João Lucas fez um bom cruzamento e Nino Paraíba apareceu livre para, de cabeça, tirar do goleiro rubro-negro; 2x0. O placar no intervalo premiou, em um jogo de pouca inspiração, o time com mais atitude. 

O time muda, mas a apatia permanece

Com apenas uma mudança na equipe titular, o Sport voltou precisando, ao menos, de dois gols e tentando ter mais posse de bola. O problema é que o time compacto montado por Gilson Kleina anulava as jogadas dos rubro-negros com facilidade. A troca da posse de bola era constante, visto que os paulistas também não estavam chegando com facilidade. O quadro fez com que o técnico leonino optasse por abrir o jogo, colocando Lenis no lugar de Rodrigo.

Na vantagem, a Ponte trabalhava a bola com calma, explorando os contra-golpes, principalmente pelo lado de Nino Paraíba, que levava a melhor sobre o jovem Evandro. Além de não fazer diferença no setor criativo, a mudança ainda complicou a vida de Everton Felipe que passou a jogar como segundo volante. Para consertar, Ney Franco colocou Fabrício na vaga de Osvaldo. O jogo voltou a ter movimento aos 26 minutos, em uma bola que bateu no braço de Evandro e o juiz marcou pênalti. Foi a vez dos rubro-negros ficarem na bronca com a marcação. Clayson cobrou forte, no meio, e aumentou a vantagem para 3x0. 

Como foi a tônica da partida, os minutos finais foram de posse de bola maior para os donos da casa e o Sport imobilizado em seu campo defensivo, tentando alcançar os isolados homens de frente. Resultado, aainda houve tempo para o placar ficar mais largo nos acréscimos. Nino fez boa jogada e cruzou para Clayson completar, livre de marcação; 4x0. O Leão estreou mal na Série A e, depois de enfrentar o primeiro jogo da final da Copa do Nordeste, contra o Bahia, vai tentar se recuperar em casa, diante da forte equipe do Cruzeiro. A partida será no domingo (21), às 19h.

FICHA DE JOGO

Campeonato Brasileiro da Série A - 1ª rodada

Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas-SP

Ponte Preta: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Kadu e João Lucas (Fernandinho); Naldo, Jadson (Wendell), Elton e Ravanelli (Xuxa); Lucca e Clayson. Técnico: Gilson Kleina.

Sport: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Igor e Evandro; Neto Moura, Rodrigo (Reinaldo Lenis) e Everton Felipe; Osvaldo (Fabrício), Rogério (Juninho) e André. Técnico: Ney Franco.

Arbitragem: Marcos Mateus Pereira - MS

Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz - MS / Leandro dos Santos Ruberdo - MS

Gols: Lucca, Nino Paraíba e Clayson 2x (PON)

Cartões amarelos: Samuel Xavier e Rodrigo (SPT)

Público: 3.104 torcedores

Renda: R$ 53.425,00

Imagem: Reprodução

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More