VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

MÉDICO DO FANTÁSTICO ACONSELHA MULHERES DE PE NÃO ENGRAVIDAREM POR CAUSA DAS VIROZES DO MOMENTO

Com informações do G1 PE -

O médico Dráuzio Varella aconselhou que as mulheres evitassem engravidar agora, após conversa com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, nesta segunda-feira (14), no Palácio do Campo das Princesas, no Recife. Varella encabeça as peças publicitárias do governo do estado de conscientização da população sobre o combate aos focos do mosquito Aedes aegypti.

"Estamos com um problema muito sério: crianças que nascem com o cérebro pouco desenvolvido e que, tudo leva a crer, venham a ter problemas neurológicos no crescimento. Não é hora de engravidar, estamos no verão, começando uma estação com problemas com água. Você pode engravidar um pouco mais para frente, esperar um pouco definir essa situação melhor, saber exatamente onde vai parar, porque nenhum de nós sabe. Se eu tivesse uma filha, eu ia dizer: não engravide agora", aconselhou o médico, em conversa com a imprensa sobre o crescente número de casos de microcefalia, que possivelmente tem relação com o zika vírus.

 Varella afirmou que fica no Recife até o final da terça-feira (15) e quer aproveitar para aprender o máximo possível sobre o quadro atual, sobre como Pernambuco está lidando com isso e computando dados - 804 casos de microcefalia já foram notificados no estado. "O Brasil está reagindo depressa dessa vez. Em 40 dias, quanto se aprendeu nessa viagem toda? Vim aqui para aprender o máximo que puder. Aqui é o local para aprender", explica o médico.

De acordo com o secretário de Saúde de Pernambuco, Iran Costa, a agenda ainda está sendo construída. "Vamos levá-lo a um ambulatório e também à Secretaria de Saúde, para conhecer o setor epidemiológico", explicou Costa, ressaltando que pode ser que haja uma visita à Fiocruz também.

Conscientização
O engajamento da população no combate ao mosquito é essencial, principalmente para evitar que sejam registrados ainda mais casos de zika, dengue ou chikungunya, defendeu Varella. "O estado não consegue resolver esse problema sem a participação dos habitantes e de todas as comunidades. Depende de todos nós. O mosquito cresce dentro das casas das pessoas", lembrou o médico, que tem atuação ligada ao setor de vigilância epidemiológica.

Apesar de acreditar ser importante levar informação às pessoas, ele defendeu uma mudança de comportamento. "O fato de a gente ter informação não quer dizer que vai executar as medidas que são necessárias. Sempre achamos que, com a gente, não vai acontecer. E, na verdade, nós estamos numa situação de emergência no país e com um vírus novo, o zika, com complicações que não havia descrição na literatura, que são os casos de microcefalia e da síndrome de Guillain-Barré", apontou.

O governador de Pernambuco acredita que a presença do médico na campanha vai ajudar a alertar a população. "É uma situação muito grave e doutor Dráuzio tem experiência, credibilidade. É importante as pessoas estarem atentas", defendeu Câmara, reforçando a gravidade dos casos de microcefalia ligados ao zika vírus.

Foto: Reprodução

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More