VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

domingo, 10 de julho de 2016

NA RAÇA, SANTA CRUZ VENCE O INTERNACIONAL E QUEBRA JEJUM DE VITÓRIAS NO BRASILEIRÃO

Com informações do Portal LeiaJá -

Foi suado, com sufoco, mas a vitória finalmente veio. Após uma sequencia de cinco derrotas consecutivas, o Santa voltou a vencer no campeonato e adicionou mais três pontos na sua luta para sair da zona de rebaixamento. Do outro lado, o Inter acumula mais uma derrota e o técnico Argel balança no cargo.

Suor e golaço no fim

O primeiro tempo foi marcado por muita vontade e equilibrio. Se a técnica não encheu os olhos dos torcedores, a raça esteve presente nos dois lados. Foram poucas as chances criadas, mas como dono da casa, o Santa soube se impor, tentando chegar ao ataque, mesmo que muitas vezes sem a organização necessária.

Com os times bem postados na marcação, as chances demoraram a aparecer, mas quem primeiro ameaçou foi o Santa Cruz. Aos 22, João Paulo cobrou bem uma falta da intermediária. De chapa, bateu no canto esquerdo do goleiro Muriel e a bola raspou a trave.

O Inter respondeu aos 38, quando Fabinho apareceu como elemento surpresa no meio da área coral e deu um peixinho fulminante depois de cruzamento de Gustavo, obrigando Tiago Cardoso a fazer bela defesa.

Em uma roubada de bola de Marcilio, que esteve bem durante a primeira etapa, o volante prata da casa enfiou Keno nas costas da zaga. O atacante fez belo passe para o meio da área. A bola passou pelo goleiro Muriel, mas Arthur não conseguiu finalizar, perdendo grande chance.

Quase que o castigo veio na sequencia. Gustavo entrou na área coral, deixando dois marcadores para trás, mas Tiago Cardoso saiu bem do gol e fechou o ângulo do colorado. No lance, Gustavo reclamou de pênalti. João Paulo pisou na chuteira do atacante gaúcho, arrancando o calçado.

Quando parecia que o 0 a 0 desceria para os vestiários, Keno sofreu falta na intermediária. João Paulo lançou para dentro da área e a defesa do Inter tentou cortar. A bola sobrou limpa para Keno, que de voleio fez um belo gol, deixando os pernambucanos em vantagem.

Bolas na trave e reforço na marcação

O segundo tempo começou com o mesmo panorama, porém, com o Inter tentando o abafa e o Santa buscando os contra ataques. Logo no começo, Keno foi lançado e cruzou com perfeição na cabela de Arthur, que testou forte para grande defesa de Muriel. A bola ainda chegou a tocar no travessão.

Com o passar do tempo o Santa foi se fechando na defesa para evitar sustos. Depois de uma confusão com Catatau, que chamou o jogador errado duas vezes, o técnico Milton Mendes trocou Arthur pelo estreante Derley, que entrou pilhado e marcando forte.

No último susto, aos 35, Eduardo Sasha acertou a trave após bate rebate na área, causando frio na barriga da torcida tricolor. Mendes ainda promoveu a estreia do zagueiro Wellington, que entrou posicionado mais pelo meio de campo, fechando os espaços do Internacional e segurando a suada vitória.

FICHA TÉCNICA

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso, Leo Moura, Neris, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correa, Marcílio (Bruno Moraes) de João Paulo; Marion, Keno (Wellington) e Arthur (Derley)

INTERNACIONAL: Muriel, Willian, Paulão, Ernando e Artur (Raphinha); Rodrigo Dourado, Fabinho e Gustavo (Anderson); Eduardo Sasha, Vitinho e Ariel (Valdívia)

Gol: Keno

Cartões amarelos: Raphinha e Rodrigo Dourado (Inter)

Público: 8.749.

Foto: FABIANO MESQUITA/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More