VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

sábado, 9 de julho de 2016

NÁUTICO PERDE A 1ª EM CASA E FICA LONGE DO G-4 DA SÉRIE B DO BRASILEIRÃO

Com informações do Portal LeiaJá -

Enfrentando o melhor time visitante da Série B, o Náutico sentiu na pele porque o CRB tem um bom retrospecto longe dos seus domínios. Se aproveitando de falhas defensivas dos pernambucanos, os Alagoanos conquistaram sua quinta vitória fora de casa na competição vencendo o Timbu por 3 a 1. Diferentemente das últimas partidas na Arena de Pernambuco, o time comandado por Alexandre Gallo apresentou um futebol de pouca criatividade e que pouco ofereceu perigo ao adversário. Os alvirrubros agora seguem na 8ª posição, mas agora à sete pontos do G4.

Um jogo atípico para o setor ofensivo do Náutico. Com formação inicial planejada pelo técnico Alexandre Gallo com Yuri Mamute, Bérgson e Taiberson, o primeiro nem chegou a entrar em campo após sentir a coxa durante o aquecimento do time e foi substituído por Rony. Após isso, aos 24 minutos da primeira etapa, Taiberson foi outro a deixar o campo depois de sentir o joelho, Jefferson Nem entrou em sua vaga. Com o ataque sem se encontrar após as mudanças, o CRB aproveitou o espaço para dominar o meio campo e abrir o placar.

Em uma falha defensiva, o volante Gérson Magrão achou espaço no meio da defesa alvirrubra para receber belo passe de Diego e sair na cara do gol com Júlio César. O meia, com bastante frieza, deu apenas um toque para encobrir o camisa 1 Timbu e abrir o placar para os alagoanos.

O gol obrigou o Náutico a sair mais para o jogo. E aí que as duas peças que entraram em campo mostraram estrela para ajudar o Timbu a empatar a partida. Jefferson Nem iniciou a jogada com um bom lançamento para Bérgson sair da marcação e bater cruzado para o gol. O goleiro do CRB defendeu no primeiro lance, mas acabou soltando a bola nos pés de Rony que apenas teve o trabalho de empurrar para as redes. O gol animou os alvirrubros que ainda tiveram mais uma boa chance com Rony recebendo de cara para o gol, mas desta vez Júlio César se recuperou do erro anterior e fez boa defesa para evitar a virada.

Após se acertar em campo a pressão Timbu seguiu no segundo tempo, e por duas vezes os alvirrubros tiveram a chance de virar o jogo. Primeiro em uma cobrança de escanteio, quando a zaga do CRB desviou e quase faz gol contra, a bola acertou a trave. Rony também teve boa chance após receber assistência de Maylson, mas o atacante não dominou bem a bola e a deixou escapar e sair pela linha de fundo.

Sem aproveitar as chances criadas, o CRB voltou a crescer no jogo e criar boas chances com Luidy e Gérson Magrão. Até que, em mais uma falha defensiva, a bola sobrou para Luidy, que passou fácil pela marcação de Mateus Muller e cruzou para Matheus Galdezani colocar os alagoanos novamente na frente, 2 a 1 no placar. O Náutico ainda tentou chegar na base da pressão, mas não conseguiu oferecer mais trabalho ao goleiro Júlio César. Pelo contrário, os alagoanos que chegaram mais uma vez para ampliar o placar com Roger Gaucho, 3 a 1.

Ficha técnica:

Náutico

Júlio Cesar; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo e Mateus Muller; João Ananias (Maylson), Eurico e Hugo (Daniel Morais); Taiberson (Jefferson Nem), Rony e Bergson

CRB

Júlio César; Marcos Martins, Diego Jussani, Flávio Boaventura e Diego; Olívio, Matheus Galdezani e Gérson Magrão; Luidy (Assisinho), Zé Carlos (Neto Baiano) e Wellinton (Roger Gaúcho)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

Cartões Amarelos: Gérson Magrão (CRB) Eduardo e Maylson (Náutico)

Gols: Gérson Magrão (28 min do 1ºT) Rony (38min do 1ºT) Matheus Galdezani (29min do 2ºT) Roger Gaúcho (46 min do 2ºT)

Público: 8.323 torcedores

Renda: R$193.925,00

Foto: Ademar Filho/Futura Press/Estadão Conteúdo

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More