VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

CRESCE NÚMERO DE CASOS DE MICROCEFALIA NO BRASIL

Com informações do DIARIO DE PE -

Em uma semana, o número total de casos notificados de microcefalia passou de 399 para 739. Dois estados que antes não faziam parte do mapa da doença - uma malformação congênita que compromete o desenvolvimento neurológico, psicológico e motor da criança - entraram na lista. Alagoas tem 10 notificações e Goiás, primeira unidade fora do Nordeste a registrar a enfermidade, tem uma. No Brasil, 160 municípios de nove estados já foram afetados. Os dados divulgados ontem pelo Ministério da Saúde representam um agravamento da situação mostrada em 17 de novembro. 

Em Pernambuco, seis em cada 10 municípios têm registros. O número de notificações passou de 268 para 487, das quais 175 estão confirmadas. Enquanto o país busca explicação para a incidência, o estado reforçará as ações no combate ao Aedes aegypti, vetor do zika vírus, principal suspeito de causar da epidemia.

Pernambuco segue com o maior índice por ter largado na frente nas notificações, segundo o Ministério da Saúde. Metade dos casos está na primeira Gerência de Saúde, que compreende 20 municípios, incluindo a Região Metropolitana. Recife lidera com 97 notificações. O único óbito suspeito é investigado no Rio Grande do Norte. 

Autoridades de saúde acreditam que o volume de casos de microcefalia pode crescer, já que o zika circula em 18 estados. “É um problema de dimensões grandes para a gente enfrentar”, disse o ministro Marcelo Castro.

O ministro ressaltou que a principal preocupação, neste momento, é informar a população sobre como prevenir novos casos. “Precisamos de uma ação conjunta do governo federal, estadual e municipal, além de especialistas. A sociedade também deve estar envolvida para combater o Aedes, que passa a ser uma ameaça ainda maior”, acrescentou Castro.

Além da microcefalia, o zika pode ser a causa de doenças neurológicas em adultos. Uma delas é a síndrome de Guillain-Barré, que em Pernambuco teve alta de 500% no número de casos neste ano, em comparação a 2014. O estado tem 127 registros. Na Bahia, são 115.

Grupo especial
Uma das estratégias contra o avanço da microcefalia é a formação de um grupo interministerial com 19 órgãos e entidades. O Ministério da Saúde acompanha ainda novas iniciativas de combate ao Aedes desenvolvidas no país. Como exemplo, Castro citou o uso de mosquito transgênico, que é infectado com bactéria, além das vacinas contra a dengue. “São iniciativas novas que devem ser estudadas antes de ser disponibilizadas. No momento, devemos atacar, de maneira efetiva, o mosquito. Não podemos perder o foco”, reforçou.

Foto: Reprodução

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More