VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

SPORT PERDE PARA O CORINTHIANS NO FINAL COM PÊNALTI POLÊMICO, E CONTINUA FORA DO G-4 DA SÉRIE A

Com informações do Blog do Torcedor -

É óbvio que o torcedor do Sport não queria perder, ainda mais da maneira doída que foi nesta quarta-feira, diante do Corinthians, que contou com um pênalti polêmico no final do confronto no Itaquerão, em São Paulo. Só que ao invés de falar da arbitragem, vamos destacar a luta dos rubro-negros, que chegaram a buscar o empate depois de estarem perdendo por 3×1. Tal característica, é claro, não permite cravar se o Leão vai ficar ou não no G4 do Brasileirão, mas garante que a equipe do técnico Eduardo Baptista vai brigar até o fim pelas cabeças da competição. Até porque a distância para o grupo de quatro melhores não aumentou. 

Acabou que o prejuízo foi o menor possível nessa sequência de dois jogos fora de casa, muito por conta da “ajuda” dos adversários. Luciano, duas vezes, Malcom e Jadson marcaram para os donos da casa, enquanto André e Hernane Brocador, duas vezes, anotaram os dos visitantes.

Ainda assim, o Sport, que está em sexto com 30 pontos, não pode se acostumar a ficar sem pontuar na Série A. Para reagir, tem que vencer a Ponte Preta neste domingo, no reencontro com a Ilha do Retiro. Os paulistas dormem na liderança com 37.

Leão joga de igual para igual

Apesar de jogarem fora de casa, os rubro-negros não se intimidaram no gramado e jogaram de igual para igual contra o Corinthians. Muito porque o Sport teve personalidade não só para atacar, mas para marcar o adversário em cima. Em muitos momentos, a marcação rubro-negra se dobrava diante dos alvinegros. Tal estratégia deu certo principalmente no primeiro tempo, quando o Leão teve um maior controle da partida e impôs muitas dificuldades para a criação do oponente. Os visitantes até poderiam ter ido para o intervalo com um resultado melhor do que a derrota por 2×1, mas o futebol ensina que detalhes são fundamentais e nesse ponto os pernambucanos falharam, permitindo que surgisse o segundo gol corintiano após cobrança de escanteio.

A disposição para marcar o Corinthians em cima mudou na segunda etapa e permitiu que os paulistas abrissem o 3×1 dando a entender que a vitória dos donos da casa seria fácil. De fato parecia isso pelo relaxamento rubro-negro no gramado. O Sport já não marcava tão bem e dava espaços para o adversário. Enxergando isso, o técnico Eduardo Baptista mexeu e obteve relativo sucesso com as peças acionadas. Hernane Brocador e Régis trouxeram melhor presença ofensiva e ajudaram no crescimento dos visitantes. O empate veio, mas um lance polêmico no final do confronto, o pênalti marcado contra o Sport após jogada em que a bola bateu na mão de Rithely, definiu o placar final de uma das melhores partidas do Brasileirão.

Mas deixando a polêmica de lado, fica a lição para os leoninos. É preciso maior atenção na Série A para não vacilar tanto, especialmente contra os times mais forte do campeonato. De bom mesmo fica a postura da primeira etapa e o poder de luta na segunda.

Brocador desencanta

O Sport pode ter saído do campo com a derrota na conta, mas o torcedor pode “comemorar” o fato do atacante Hernane Brocador ter marcado seus dois primeiros gols com a camisa rubro-negra. Pode não ter sido o suficiente para um resultado melhor, mas sem dúvidas traz boas perspectivas para a torcida no futuro.

FICHA DA PARTIDA – CORINTHIANS 4X3 SPORT

Corinthians: Cássio, Fágner, Edu Dracena, Gil e Uendel (Guilherme Arana); Bruno Henrique (Ralf); Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom (Rildo); Luciano. Técnico: Tite.

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha e Diego Souza; Élber (Régis), Marlone e André (Hernane Brocador). Técnico: Eduardo Baptista.

Brasileirão (18ª rodada). Local: Itaquerão, São Paulo (SP). Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP). Auxiliares: Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos de SP). Gols: Luciano (C) aos 12, André (S) aos 16 e Luciano (C) aos 46 minutos do primeiro tempo. Samuel Xavier (contra) aos 14 e Hernane Brocador (S) aos 26 e 31 e Jadson (C) aos 41 do segundo. Amarelos: Gil (C). Público: 31.283.

Foto: Divulgação

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More