VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

terça-feira, 21 de julho de 2015

A MELHOR DEFESA É O ATAQUE

Com informações do Blog do Magno Martins -

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), teve uma saída inteligente, ontem, quando forçado a falar sobre uma acareação dele com o lobista Júlio Camargo, que informou em delação premiada ter pago a ele uma propina no valor de 5 milhões de dólares. "Não tem nenhum problema. Pode haver acareação com quem quiser. Mas aproveita e chama o Mercadante e o Edinho Silva para acarear com o Ricardo Pessoa e a Dilma para acarear com Youssef (doleiro Alberto Youssef)”, afirmou.

É o tipo de reação de que a melhor defesa é o ataque. "Acho oportunista querer falar em acareação. Estou disposto a fazer em qualquer tempo. Aproveitem e convoquem todos os que estão em contradição. O ministro Mercadante e o ministro Edinho negam o que foi dito por Ricardo Pessoa. A presidente nega o que foi colocado pelo Youssef. Que façam acareação de todos", acrescentou.

Segundo a revista Veja, o doleiro Alberto Youssef, um dos acusados de liderar o esquema de corrupção na Petrobras, disse que tanto o ex-presidente Lula quanto a atual mandatária Dilma Rousseff (ambos do PT) conheciam as irregularidades na Petrobras. Conforme a revista, em depoimento à Polícia Federal e ao Ministério Público, o doleiro disse que os dois petistas “sabiam de tudo”.

Se é assim, Eduardo Cunha tem plena razão quando também defende que Dilma faça acareação. Faz parte do jogo do mesmo lamaçal. Por enquanto, o lobista não apresentou provas para incriminar Cunha, assim como o doleiro não entregou nenhuma prova à revista de que Dilma e Lula têm culpa no cartório.

O deputado voltou a negar que a decisão anunciada por ele na última sexta-feira, de romper com o Governo signifique que ele implementará na Câmara uma pauta contrária aos interesses da presidente Dilma Rousseff. "Não estamos querendo tacar fogo no País, nenhuma pauta bomba. É o normal que está sendo tratado (na pauta da Câmara). Se o normal incomoda, é outro problema”, assinalou.

Acrescentou que o fato de ter mudado o seu alinhamento político com o Governo não significa que vá mudar como presidente da Câmara. “Minha militância partidária como deputado e como político é que está em discussão. Meu papel como presidente da Câmara é igual”, ressaltou.

O presidente da Câmara lembrou que o PMDB já está dividido desde as eleições do ano passado, quando 41% dos que votaram na convenção nacional do partido foram contra a manutenção da aliança com o PT. "A bancada já estava dividida, o PMDB já foi dividido para a eleição. Não foi a mudança no meu alinhamento que criou isso”, afirmou.

QUEM DEU A IDEIA – A proposta de acareação de Eduardo Cunha com o lobista foi feita pela deputada Eliziane Gama (PPS-MA) na CPI da Petrobras. O pedido será analisado pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) em agosto, após o fim do recesso parlamentar de julho. Cunha nega ter pedido propina e acusa o Palácio do Planalto de ter se articulado com o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, para incriminá-lo na Operação Lava Jato.

Reaproximação ao PSB – A presença do secretário de Planejamento, Danilo Cabral, em Serra Talhada, para a inauguração de obras do FEM, esquentou os bastidores políticos do município. Há quem acredite que há um movimento de reaproximação entre o prefeito Luciano Duque (PT)com o Governo do Estado. E há quem diga que Danilo foi escalado para não causar saia justa ao prefeito, já que o secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, que é de lá, faz oposição a ele. Vale lembrar que quando o governador esteve em Serra, em maio passado, Duque cumpriu agenda em Petrolina, não o recebendo.

Bolsa-Família cortado – Em relação aos cortes no programa Bolsa-Família, a IstoÉ informa que sofrerá um corte de R$ 800 milhões, contrariando a projeção de aumento dado pela presidente Dilma na campanha. Em 2014, o Governo promoveu um reajuste do programa acima da inflação e desembolsou R$ 4,4 bilhões. Este ano, entretanto, está previsto um total de investimento da ordem de R$ 2 bilhões. O primeiro prefeito a confirmar cortes no Estado foi João Mendonça, de Belo Jardim. Segundo ele, a tesourada atingiu duas mil famílias.

Mandacaru atrasa e demite – Denúncia enviada ao blog aponta que a empresa Mandacaru, contratada pelo Governo Federal, está atrasando o pagamento dos vigilantes que prestam serviços aos Correios e Telégrafos em vários municípios do Sertão. E quem se atreve a cobrar o que é seu perde o emprego, como é o caso do vigilante Winston da Hora, do município de Carnaíba.  

O otimismo de Armando – O ministro do Desenvolvimento, Armando Monteiro Neto, já prevê um resultado na balança comercial superavitário para este ano. "Algo expressivo, na casa dos US$ 10 bilhões", diz ele. O benefício para os brasileiros, segundo ele, são os "empregos, em primeiro lugar”. A presidente Dilma está "muito disposta a fazer do comércio exterior uma das agendas centrais do governo, destacou o ministro numa longa entrevista à jornalista Teresa Cruvinel.

CURTAS 

PROGRESSO CRITICADA – A população sertaneja continua reclamando dos péssimos serviços prestados pela empresa de ônibus Progresso, dono de um verdadeiro monopólio na região. Além de sujos e sem conversação, os ônibus atrasam, viajam sem motoristas reservas e sem segurança, o que tem aumentado o número de assaltos nas estradas.

CHEFÃO INDICIADO – O presidente da holding Odebrecht S.A., Marcelo Odebrecht, o amigo de Lula, está entre os indiciados pela Policia Federal no inquérito da 14ª Fase da Operação Lava Jato. Ele está preso na carceragem da PF, em Curitiba, desde 19 de junho. O relatório foi protocolado, ontem, na Justiça Federal.

Perguntar não ofende: As duas CPIs anunciadas pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, saem do papel? 

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More