VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

sexta-feira, 17 de julho de 2015

CHEGANDO NO CHEFE

Com informações do Blog do Magno Martins -

Enfim, uma decisão sensata, que pode chegar ao chefe de tudo que está acontecendo neste País: a Procuradoria da República no Distrito Federal abriu inquérito para investigar suposto tráfico de influência internacional do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para favorecer a construtora Odebrecht, uma das empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato.

Após uma apuração preliminar, motivada por uma representação protocolada no MPF que apontava supostas irregularidades cometidas pelo ex-presidente, os procuradores da República disseram ter identificado indícios suficientes para investigá-lo. O alvo das investigações são viagens internacionais feitas por Lula bancadas pela Odebrecht.

Entre os países visitados pelo ex-presidente com patrocínio da maior construtora brasileira estão Cuba, República Dominica, Gana e Angola. Em maio, a revista "Época" revelou que o Ministério Público Federal no DF estava investigando o ex-presidente da República em razão de que ele estava cometendo tráfico de influência internacional.

Na ocasião, a reportagem reproduziu o pedido de apuração preliminar que citou "supostas vantagens econômicas" obtidas, direta ou indiretamente, por parte de Lula da Odebrecht entre 2011 a 2014. Além de abrir o inquérito, o MPF do Distrito Federal solicitou o compartilhamento de provas da Lava Jato para incluir na investigação criminal envolvendo Lula. A apuração do petista está sob a responsabilidade do núcleo de combate à corrupção.

Na reportagem publicada em maio, "Época" revelou documentos que mostram que o BNDES fechou o financiamento de, ao menos, US$ 1,6 bilhão com destino final à Odebrecht após Lula, já como ex-presidente, se encontrar com os presidentes de Gana e da República Dominicana – sempre bancado pela empreiteira.

De acordo com a revista, entre os empreendimentos intermediados pelo ex-presidente, estão obras de modernização de aeroporto e portos, rodovias e aquedutos, todas tocadas com os empréstimos de baixo custo do BNDES em países alinhados com Lula e o PT. Lula está por trás de tudo, desde o mensalão ao Lava-Jato. O problema é que ninguém da sua confiança, nem mesmo preso, abre o bico, como José Dirceu e tantos outros.

REAÇÃO – A assessoria do Instituto Lula divulgou nota informando que Lula recebeu a notícia da abertura do inquérito com surpresa, porque já entregou todas as informações solicitadas pela procuradora Mirella de Carvalho Aguiar. O Instituto Lula avalia que houve pouco tempo para a procuradora analisar o material, mas, logo, entende que faz parte das atribuições do Ministério Público investigar denúncias e terá oportunidade de comprovar a legalidade e a lisura de todas as atividades do Instituto Lula.

A pauleira em Cunha – Jarbas Vasconcelos, que ontem classificou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de ditador, está arrependido de ter votado nele, mas ressalta que foi a última alternativa que restou para derrotar o PT. Para o deputado pernambucano, Cunha faz um mandato medíocre, pautando as votações da Câmara de acordo com as suas conveniências.

O céu e a terra – Quando conquistou o voto de Jarbas na campanha para presidente da Câmara, Eduardo Cunha comemorou intensamente. De tão empolgado, Cunha chegou a informar que em sua gestão o deputado pernambucano, ao contrário da sua passagem no Senado, quando foi isolado por Renan Calheiros, iria ser prestigiado. De fato, Cunha, de largada lhe ofereceu a presidência de comissão especial, mas Jarbas recusou, alegando que teria que viajar o País e não gostaria de se ausentar de Brasília por causa da crise.

Modelo previdenciário – Os nove governadores do Nordeste, que se reúnem, hoje, em Teresina, saem de lá com uma proposta ao Ministério da Previdência Social: a criação de um modelo de previdência complementar para reduzir o déficit dos Estados na área. A proposta foi debatida, ontem, durante reunião prévia entre os secretários de governo. Chamado de PrevConfederação, o modelo é uma solução de médio prazo bem-vista por todos os Estados e que não deve provocar instabilidade do regime da Previdência.

Candidatíssimo – Políticos que têm conversado Jarbas Vasconcelos nos últimos dias saem convencidos de que o deputado é candidatíssimo a prefeito do Recife. E que traça uma estratégia para não se atritar com o vice-governador Raul Henry, seu afilhado político. “Jarbas pode até não disputar, mas a gente sente que ele está decidido, mesmo sabendo dos embaraços”, disse um parlamentar. Se entrar, Jarbas pode ser apoiado até pelo ministro Armando Monteiro.

CURTAS 

SINALIZAÇÃO – Numa conversa com aliados, o ministro Armando Monteiro já disse, enfaticamente, que não teria nenhuma dificuldade em apoiar uma eventual candidatura de Jarbas a prefeito do Recife. Ontem, coincidentemente, um dos políticos mais próximos a Armando, o deputado Sílvio Costa, almoçou com Jarbas, em Brasília.

ESTRADA – Pelo ritmo das obras da PE-292, que liga o distrito de Albuquerquené a Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú, a estrada só ficará pronta no final de setembro. Trata-se da primeira obra autorizada pelo governador Paulo Câmara e que representa um velho sonho da nação pajeuzeira.

Perguntar não ofende: A investigação do MP em cima de Lula tem desdobramentos também na Lava-Jato? 

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More