VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

terça-feira, 29 de novembro de 2016

AVIÃO DA CHAPECOENSE TEM PROBLEMAS ELÉTRICOS E SOFRE ACIDENTE NA COLÔMBIA

A informação é do Porta R7 -

O avião em que embarcou a delegação da Chapecoense com destino à Colômbia fez um pouso forçado na região de Antioquia, naquele país, na madrugada desta terça-feira (29). A delegação da equipe estava a caminho do aeroporto José Maria Córdova, em Medellín, onde a equipe catarinense enfrentaria o Atlético Nacional pela final da Copa Sul-Americana deste ano.

A aeronave partiu de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, sob o número de identificação CP2933. A equipe fez escala no país depois de ter deixado São Paulo por volta das 15h35, horário local. O avião transportava 81 passageiros, sendo 48 membros da Chapecoense, 21 jornalistas, três convidados, além de nove tripulantes.

A conta oficial do Aeroporto José María Córdova no Twitter confirmou um chamado de emergência do avião que decolou de São Paulo e informou que a operação de resgate está sendo realizada apenas por terra devido as condições climáticas no local. Segundo informações da rádio Caracol, sobreviventes já estão sendo retirados do local do acidente e levados para o hospital de La Ceja, a cerca de uma hora de Medellín. Entre os nomes confirmados de sobreviventes, os primeiros foram o defensor Alan Ruschel, o goleiro titular Danilo e o goleiro reserva Jackson. As autoridades, no entanto, já enviaram pelo menos 15 feridos ao hospital de La Ceja.

Segundo controladores de voo colombianos, a causa do acidente seria uma série de problemas elétricos.

Através da conta oficial do torneio no Twitter, a Conmebol confirmou que a partida de ida da final do torneio está adiada indefinidamente.

Pelo Twitter, os rivais do Atlético de Medellín se solidarizaram com as primeiras notícias sobre o acidente, lamentando profundamente o ocorrido. Também pela internet, autoridades locais da região de Cerro Gordo pediram para a população evitar deslocar-se ao local do acidente e também informaram sobre a restrição ao tráfego de caminhonetes próximo do local do acidente.

A Aerocivil, entidade responsável pelo controle dos voos no país, fez um comunicado oficial sobre o acidente: "A Força Aérea da Colômbia já disponibilizou um helicóptero para colaborar com as buscas. Funcionários da Aerocivil já instalaram um posto especial no centro de operações aéreas do Aeroporto José María Córdová para atender à situação sob a liderança de Alfredo Bocanegra, diretor da Aerocivil."

O helicóptero cedido pelas autoridades, porém, foi obrigado a pousar devido às condições climáticas ruins do local.

O time catarinense havia se programado para deixar a cidade de São Paulo em voo fretado por volta das 13h, horário de Brasília, mas foi forçado a mudar de planos por decisão da Anac. De acordo com o órgão, o vôo fretado só poderia ser feito por uma empresa brasileira ou colombiana. Como o vôo fretado contratado pelo time era de uma empresa venezuelana, a equipe foi forçada a embarcar em voo comercial.

Imagem: Reprodução do Twitter

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More