VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

ESTUDANTE MORRE COM SUSPEITA DE H1N1 EM PETROLINA, PE

A informação é do FOLHA PE -

Em Petrolina, Sertão de Pernambuco, um jovem morreu com suspeita de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) na noite da quarta-feira (16). Lucas de Souza Santos, 26 anos, estudava Gestão de Tecnologia da Informação na Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) e havia feito uma viagem recente a Belo Horizonte, Minas Gerais. O médico que o atendeu suspeita do vírus H1N1 e todos os amigos e familiares devem ficar em observação.

Em nota, a prefeitura de Petrolina respondeu que está avaliando o caso “como suspeito de H1N1”. "A notificação foi feita após o óbito, às 18:20h do dia 16/11 e procedemos com toda a investigação". A nota ainda informa que “foi realizada coleta de secreção naso e orofaríngea, além de sangue e soro para investigar outros agentes etiológicos”.

"O único relato de surto que tivemos, segundo a prefeitura de Petrolina, foi no interior da Bahia entre abril e maio/2016, porém foi controlado e não houve mais relatos de casos suspeitos", afirmou a instituição. O caso de Lucas está em investigação pela Vigilância Epidemiológica de Petrolina.

De acordo com nota divulgada pela Prefeitura de Petrolina, o município apenas registrou casos suspeitos de gripe por H1N1 até a semana epidemiológica 29, que corresponde ao período de 17 de julho a 23 de julho de 2016. Conforme a instituição, os primeiros casos suspeitos no município surgiram no final de fevereiro, mas apenas foram confirmadas três situações de Influenza H1N1 em maio de 2016.

O paciente Lucas de Souza Santos viajou para Belo Horizonte, retornou a Petrolina e logo após foi internado no Hospital Neurocárdio. Não existe relato de epidemia ou surto de Influenza por H1N1 no estado de Minas Gerais, informou a prefeitura.  

As pessoas que tiveram contato com o paciente estão sendo acionadas juntamente com a Faculdade para que seja avaliada a necessidade de coleta dos contactantes com sintomatologia ou monitoramento e tratamento.

“Informamos que a Vigilância Epidemiológica está inteiramente ciente do caso e tomando as providências cabíveis, de acordo com o protocolo do Ministério da Saúde”, afirmou a Prefeitura por meio de nota.

Influenza
A influenza pode ocorrer durante todo o ano, mas tem maior incidência nos períodos de outono e inverno, principalmente no sul e sudeste do País. De acordo com o protocolo do Ministério da Saúde, a influenza tem íntima relação com a sazonalidade e a gravidade da doença com fatores de risco e comorbidades existentes. 

O H1N1 é um dos vírus que causa a gripe e tende a evoluir de forma benigna, mas que pode agravar em pessoas que possuam uma doença preexistente como cardiopatias, doenças renais, doenças hematológicas ou que sejam idosos, crianças menores de 05 anos, gestantes e puérperas. São inclusive os grupos de risco que são vacinados durante a campanha de vacinação contra a Influenza.

Imagem: Reprodução da internet

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More