VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

domingo, 12 de julho de 2015

NÁUTICO VENCE O CLÁSSICO COM SANTA CRUZ POR 2X1 E VOLTA AO G-4 DA SÉRIE B DO BRASILEIRÃO

Com informações do Blog do Torcedor -


Dizem que clássico não tem favorito pela rivalidade envolvida entre os clubes. Faz sentido, mas com o perdão de quem pensa isso, o Náutico mostrou que está em um estágio na frente do Santa Cruz nesta Série B. Não só por ter batido o Tricolor por 2×1 na Arena Pernambuco, neste sábado, mas pelo modo como construiu a vitória, com eficiência na marcação e muita organização no ataque, mesmo com um homem a menos em parte do jogo. 

Aos corais, restaram as jogadas individuais, que convenhamos é muito pouco para quem deseja subir de divisão. Melhor para o Timbu, que mostrou o motivo de estar na frente na classificação e ainda garantiu recuperação na Segundona. Guilherme e Gil Mineiro marcaram para os alvirrubros, enquanto Anderson Aquino anotou o dos visitantes.


Com a vitória, ganhou a moral de vencer o rival no clássico e a de garantir a terceira colocação na classificação com 24 pontos, os mesmos do líder Botafogo. Na próxima rodada, essa confiança vai ser posta em prova justamente contra os cariocas, fora de casa. Antes disso, há o Flamengo, pela Copa do Brasil, na quarta-feira. Já o Santa Cruz cai para 12º com 15. O Tricolor encara o Atlético-GO, em casa.

Marcação do Náutico mostra sua força

A vitória do Náutico foi construída com uma fórmula que vem sendo o ponto alto do time nesta Série B: a aposta na marcação. O Timbu entrou ligado no gramado e não deu espaços para o Tricolor, que teve muitas dificuldades para sair do próprio campo em muitos momentos. Por conta disso, foram muitos lançamentos dos corais, e muitos erros também. Melhor para os alvirrubros, que tiveram mais a bola nos pés e trabalharam ela melhor na Arena Pernambuco.

Sendo assim, as melhores chances vieram do lado do Náutico. No primeiro tempo só deu os donos da casa, que já poderiam ter aberto o placar. Ao Santa Cruz, apenas jogadas individuais com Renatinho e Anderson Aquino. Apesar da superioridade, o gol alvirubro saiu com a bola parada – em cobrança de falta de Guilherme aos 7 da segunda etapa.

Só que a marcação alvirrubra deu vacilo em dois lances que poderiam ser decisivos para o confronto. Deu bobeira em falta dentro da área, que a arbitragem marcou pênalti convertido por Aquino, e deixou espaço para que o atacante coral saísse na cara do goleiro. Ronaldo Alves teve que cometer a falta e ser expulso. Mas mesmo assim, o Timbu manteve a organização. Esse aspecto foi fundamental para a vitória, tanto que nem parecia que a equipe de Lisca estava com um menos. Depois da saída de Ronaldo, foram chances e chances criadas de maneira seguida. Assim, não teve como os tricolores aguentarem. Aos 28 minutos da segunda etapa, Gil Mineiro aproveitou bola na entrada da área e fez a festa dos donos da casa. Coube ao Náutico administrar a vantagem e garantir o resultado.

FICHA DA PARTIDA – NÁUTICO 2X1 SANTA CRUZ

Náutico: Júlio César; Guilherme, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Fillipe Soutto; João Ananias, Marino, Willian Magrão e Rogerinho (Josimar); Douglas (Renato) e Stéfano Yuri (Gil Mineiro). Técnico: Lisca.

Santa Cruz: Fred; Bruninho (Nininho), Néris, Danny Moraes (Moradei) e Marlon; Wellington Cézar, Renatinho, João Paulo e Lelê; Anderson Aquino e Luizinho (Nathan). Técnico: Marcelo Martelotte.

Série B (12°rodada). Local: Arena Pernambuco (São Lourenço da Mata-PE). Árbitro: Sebastião Rufino Filho. Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Junior e Clóvis Amaral. Gols: Guilherme (N) aos 7 e Anderson Aquino (SC) aos 13 e Gil Mineiro (N) aos 27 minutos do segundo tempo. Amarelos: Danny Moraes (SC), Renatinho (SC), Natham (SC) João Paulo (SC) e Wellington Cézar (SC). Vermelho: Ronaldo Alves (N). Público: 12.085. Renda: R$ 286.105,00.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More