VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

terça-feira, 15 de setembro de 2015

DEPUTADO JÚLIO CALVANTE DENUNCIA ABANDONO DAS 13 AUTARQUIAS DE ENSINO SUPERIOR DE PE

Com informações do Blog de Inaldo Sampaio -

Em discurso nesta terça-feira (15) na Assembleia Legislativa, o deputado Júlio Cavalcanti (PTB) acusou o governo Paulo Câmara de ter abandonado o Proupe, programa criado pelo governo Eduardo Campos para custear a formação de alunos das autarquias de ensino superior de Pernambuco.

Segundo ele, a falta de repasse de verbas para a manutenção do programa prejudicou 13 autarquias de ensino superior, entre as quais a AESA, de Arcoverde, onde estão matriculados cerca de 12 mil alunos dos cursos de História, Letras, Matemática, etc.

O deputado apresentou números fornecidos pela Associação das Instituições de Ensino Superior do Estado de Pernambuco, que apontam um débito de aproximadamente R$ 8 milhões, pois desde junho deste ano que o Governo do Estado não faz qualquer repasse.

Disse também que após um protesto dos bolsistas, que aconteceu ontem (14), no centro do Recife, o Governo divulgou uma nota informando que até a próxima sexta-feira vai liberar R$ 1 milhão, “valor insuficiente para sanar a dívida com as autarquias, que dependem desse repasse para se manterem”.

Afora isso, disse Júlio Cavalcanti, não houve edital neste segundo semestre para a concessão de bolsas de estudo.

“Será que esse programa tão importante criado pelo governador Eduardo Campos vai acabar? Eu fico me perguntando o que foi que aconteceu com aquela administração que sabia fazer ‘muito com pouco’. Desaprendeu? O governador era secretário da Fazenda na época que o programa foi lançado. E agora não consegue mais pegar o pouco e transformar em muito? Se esse programa acabar, vai ser mais uma boa ideia que vai ficar pelo meio do caminho, com um detalhe curioso: trata-se de um governo de continuidade”, acrescentou.

Cavalcanti questionou também um edital publicado no Diário Oficial, da semana passada, que abre licitação no valor de R$ 5 milhões para contratação de uma empresa para cuidar da comunicação digital do Governo do Estado.

“O Estado deve R$ 8 milhões às autarquias e prejudica 12 mil alunos. E quer pagar cinco milhões por serviços de mídia digital para aparecer bonito no facebook? É demais!”, afirmou.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More