VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

quarta-feira, 13 de abril de 2016

PE TEM 91 DOS 184 MUNICÍPIOS COM RISCO DE SURTO DE ARBOVIROSES

Com informações do G1 PE -

Quase metade dos municípios pernambucanos apresenta risco de surto de doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti, como dengue, zika e chikungunya. O último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), divulgado nesta quarta-feira (13), mostra que 91 das 184 cidades estão com índice a cima de 4%, que indica risco de surto - no boletim de fevereiro, eram 84.

O índice é elaborado pelas prefeituras e computado pela Secretaria Estadual de Saúde. Outros 75 municípios estão em alerta. Apenas 15 estão em situação satisfatória e três não informaram. Para elaborar o LIRAa, produzido de dois em dois meses, cada município é dividido em grupos 9 mil a 12 mil imóveis com características semelhantes. Desses, 450 são visitados.

O boletim traz ainda o balanço de arboviroses. O estado chegou a mais de 80 mil casos suspeitos de dengue, zika e chikungunya. Eram pouco mais de 73 mil notificações até a última semana. O estado investiga 168 mortes possivelmente causadas por essas três doenças – nove por chikungunya e uma por dengue foram confirmadas na última semana. No mesmo período de 2015, tinham sido 15 óbitos suspeitos de dengue, com apenas três confirmações.

No mesmo período, foram notificados 16.488 casos de chikungunya, com 360 confirmações e 438 descartados. Na última semana, eram 15.332 casos suspeitos, dos quais 340 foram confirmados e 423 descartados. Já no ano passado, o total de notificações de casos suspeitos de chikungunya foi de 2.605, sendo 450 confirmados e 589 descartados.

Os casos suspeitos de zika no estado já somam 8.337 notificações, com 16 casos confirmados e 125 descartados. Desde a última semana, não houve alteração no número de confirmações. Até o dia 2 de abril, eram 7.900 casos notificados da doença no estado.

A dengue lidera as notificações no estado. Até o dia 9 de abril, foram notificados 55.502 casos, sendo 8.448 confirmados e 8.245 descartados – um aumento de 23,99% em relação ao mesmo período de 2015, quando foram notificados 44.764 e 22.479 confirmados.

O distrito de Fernando de Noronha é o que tem a maior incidência do número de casos por 100 mil habitantes nas últimas oito semanas – 5.051,19. O segundo município é Moreilândia, seguido por Itambé, Brejo da Madre de Deus, Trindade, Ouricuri, Santa Terezinha, Jucati, Araçoiba e Garanhuns, todos com incidência a cima de 1.100 casos por 100 mil habitantes.

Foto: Valmir Custódio/G1

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More