VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

quinta-feira, 7 de abril de 2016

NÁUTICO PERDE NO DIA DO ANIVERSÁRIO PARA O VITÓRIA DA CONQUISTA-BA E FICA FORA DA COPA DO BRASIL

Com informações do Folha PE -

Frustração resume as comemorações dos 115 anos do Náutico. No dia de seu aniversário, o Timbu fez sua segunda partida seguida ruim e empatou com o Vitória da Conquista por 1x1, na Arena Pernambuco. Com o resultado, os alvirrubros foram eliminados na primeira fase da Copa do Brasil porque ficaram no 0x0 no confronto de ida. Zé Paulo, na etapa inicial, abriu o placar para os baianos. Enquanto Esquerdinha, no segundo tempo, deixou tudo igual. Mas não foi o suficiente. 

Sem a Copa do Brasil, o Alvirrubro foca apenas no Campeonato Pernambucano. No próximo domingo, enfrenta o Salgueiro, às 16h, no Cornélio de Barros. O duelo vale a liderança do Hexagonal do Título e o empate favorece ao Timbu. 

Não foi bem o primeiro tempo que os torcedores esperavam num jogo festivo. O Náutico errou tudo o que tentou. Falhou na marcação, não teve transição ofensiva e, muito menos, criou jogadas ofensivas. O Vitória da Conquista fez o que se esperava. Marcou forte e saiu rápido no contra-ataque. Assim, abriu o placar aos 22 minutos. Após uma recomposição lenta dos alvirrubros, Zé Paulo recebeu livre na esquerda, puxou para o pé direito e mandou no canto do goleiro Júlio César.

Sair atrás do placar deixou o Timbu ainda mais atordoado, apressado na busca pelo empate. O Bode teve chance de ampliar o placar. Maicon Costa, nos minutos finais, acertou a trave do goleiro alvirrubro. O único momento do time de Dal Pozzo aconteceu no último lance da etapa inicial. Após cruzamento na área, Rafael Coelho cabeceou com perigo para fora. Pouco e que comprova uma das piores apresentações do Náutico em 2016.

O futebol alvirrubro seguiu muito ruim na Arena Pernambuco. O panorama só mudou um pouco com a entrada de Esquerdinha. O meia, com poucos minutos em campo, recebeu de Daniel Morais e mandou no canto esquerdo do goleiro para empatar. A pressão aumentou, contudo, o desespero também com o passar do tempo. Inúmeros chutes foram dados de fora da área para longe da meta. Júlio César foi para a área duas vezes tentar o gol da vitória. Não deu e o Náutico amargou uma eliminação frustrante no dia do seu aniversário. Foi inevitável as vaias após a partida e o técnico Gilmar dal Pozzo ouviu, pela primeira vez, os gritos de ‘burro’ vindo das cadeiras da Arena Pernambuco.

Ficha do jogo
Náutico 1
Júlio César; Rafael Pereira, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Henrique; Rodrigo Souza (Thiago Santana), Eduardinho (Joazy), Rony, Rafael Coelho (Esquerdinha) e Renan Oliveira; Daniel Morais. Técnico: Gilmar dal Pozzo.

Vitória da Conquista/BA 1
Carlos Roberto; Artur, Leandro Cardoso, Sílvio e Thiaguinho; Edimar, Maicon Costa, Dimas (Júnior Gaúcho) e Kleber; Tatu (Dionisio) e Zé Paulo (Rafael da Granja). Técnico: Sérgio Araújo.

Local: Arena Pernambuco
Árbitro: Andrey da Silva e Silva (PA). Assistentes: Lúcio Ipojucan Ribeiro da Silva de Mattos e Luis Diego Nascimento Lopes (Ambos do PA). Gols: Zé Paulo (aos 22 do 1ºT); Esquerdinha (aos 15 do 2ºT). Cartões amarelos: Rodrigo Souza e Esquerdinha (Náutico); Silvio, Carlos Roberto, Tatu, Maicon Costa e Thiaguinho (Vitória da Conquista). Público: 2.506. Renda: R$ 45.730,00.

Foto: Folha PE

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More