VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

domingo, 6 de março de 2016

SPORT E NÁUTICO FICAM NO EMPATE PELO CAMPEONATO PERNAMBUCANO 2016

Com informações do Blog do Torcedor -

O clássico entre Náutico e Sport, neste domingo, na Arena Pernambuco, pode não ter acabado com um vencedor no gramado, mas fora dele há uma equipe vitoriosa, e ela não veste alvirrubro nem rubro-negro. Trata-se do Salgueiro, que bateu o América em casa por 3×0 e alcançou a liderança do Pernambucano, pelo saldo de gols, é verdade. Assim, podemos dizer que o empate de 1×1 em São Lourenço da Mata foi pior para o Timbu, que perdeu a ponta, apesar de ter os mesmos 13 pontos do Carcará. O Leão permanece em terceiro com 10. Ronaldo Alves marcou pelos donos da casa, enquanto Niel, contra, fez o dos visitantes.

O Sport agora volta suas atenções para o Nordestão. Na quarta-feira, os rubro-negros encaram o Fortaleza fora de casa e não podem vacilar para não correrem riscos de classificação. O Náutico, por outro lado, tem mais folga. Só volta a campo pelo Pernambucano, na próxima segunda-feira, contra o América, outra vez na Arena Pernambuco.

Equilíbrio até nos erros

Diferentemente do clássico da Ilha do Retiro, Náutico e Sport fizeram um clássico mais equilibrado. Jogando em casa, o Timbu foi a equipe que tomou a iniciativa da partida. Tentou manter mais a posse de bola e atacar mais. Os alvirrubros buscaram entrar mais pelo meio contra um Leão que se fechava e apostava nos contra-ataques velozes pelos lados do campo. Lenis e Gabriel Xavier eram os responsáveis por puxar os contragolpes rubro-negros.

Desse modo, o jogo ficou rápido, aberto e com os dois times buscando o ataque, cada um dentro da sua estratégia. Nem o Náutico nem o Sport paravam muito a bola no muito de campo. Apesar desse ritmo, foram poucas as chances para as equipes. Muito por conta dos erros de criação e finalização. Mérito também para as duas defesas, que estavam atentas no gramado. Os alvirrubros, por exemplo, fecharam bem os lados e deram poucas chances para Lenis e Gabriel, enquanto que Rithely e Serginho não cederam brechas para os atacantes dos donos casa.

Sendo assim, não foi surpresa que os gols tivessem saído de jogadas de bola parada. O do Timbu foi de pênalti, cobrado por Ronaldo Alves, enquanto que o do Leão veio de falta cobrada na área. Niel deu bobeira na defesa e marcou contra igualando o confronto.

Com o passar do tempo, os erros que antes eram por mérito das defesas passaram a ocorrer por demérito dos ataques. O fim da partida foi quase uma competições para ver quem errava mais. Sendo assim, foi difícil que o placar de igualdade fosse alterado. E foi o que aconteceu.

FICHA DA PARTIDA – NÁUTICO 1X1 SPORT

Náutico: Júlio César; Válber, Ronaldo Alves, Fabiano Eller, Gaston; Niel, Rodrigo Souza, Caíque (Eduardinho), Renan Oliveira (Esquerdinha), Rony; Daniel Morais (Thiago Santana). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Serginho, Luiz Antônio (Túlio de Melo), Gabriel Xavier (Neto Moura), Lenis (Éverton Felipe) e Vinícius Araújo. Técnico: Falcão.

Pernambucano 2016. Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE). Árbitro: José Woshington da Silva. Auxiliares: Clovis Amaral da Silva e Cleberson Nascimento Leite. Gols: Ronaldo Alves (N) aos 11 e Niel (contra) aos 15 minutos do segundo tempo. Amarelos: Lenis (S), Serginho (S), Rony (N), Matheus Ferraz (S), Vinícius Araújo (S), Gabriel Xavier (S), Danilo Fernandes (S) e Gaston (N). Vermelho: Gastón (N). Público: 7.041. Renda: R$ 177.460.

Foto: JC Imagem

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More