VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

WEB RÁDIO - NOVA XUCURU

PROGRAMAÇÃO 24H ONLINE, DIVULGUE.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

DEBATE NA AEB/FABEJA COM OS CANDIDATOS A PREFEITO DE BELO JARDIM

Público interno da AEB lotou a quadra. 
JM e Maneco levaram claque
Na noite de ontem houve o que eu penso ter sido o primeiro debate entre candidatos a prefeitos da cidade de Belo Jardim. Foi na FABEJA ou AEB. Algumas falhas na organização atrapalharam, mas não comprometeram o evento em si. A seguir, comento o desempenho dos candidatos.

João: Boa oratória, mas bombardeado e atordoado
JOÃO MENDONÇA

Não dá pra negar...O rapaz nasceu pra usar a voz. Oratória excelente. Entrou sob fortes aplausos. Epa! Vaias também. Foram as primeiras. Partiu desde cedo para o confronto direto com Dr. Maneco, a quem acusou de estar escondendo o passado como vereador de Tacaimbó, presidente da Câmara, que saiu devendo 8 meses de salários atrasados.

A esse ataque, Maneco lhe respondeu que nunca teve contas rejeitadas. Foi um auê.

João fez duros ataques a Cecílio Galvão, seu antecessor, a quem acusou de deixar a cidade abandonada, o lixo comendo solto na cidade (E É TUDO VERDADE, DIGA-SE DE PASSAGEM).

De tanto bombardeio e vaias, JM quis se
esconder embaixo da mesa, será? 
Ao contrário do que se esperava, João não bateu muito na gestão de Marcos Coca-Cola. Se não me engano, não chegou a citar seu nome uma única vez

Apesar de bom orador e de ter levado sua claque para a quadra da AEB, João deixou a desejar em relação aos fortes ataques que sofreu de Maneco, que lhe acusou de fechar a Casa de Saúde, de ter contas rejeitadas, de não ter feito estradas em sua gestão.

Aliás, João pisou na bola nesse assunto, pois Maneco, ao afirmar que estamos sem estradas há 12 anos, foi corrigido por João dizendo que são 16 anos, incluindo os 4 de Cecílio, ao que Maneco emendou: “então você assume que não fez nenhuma estrada”.

Vaiado em 3 momentos, João não soube sair das saias justas em que ele mesmo se colocou. Até Andréa, que se manteve alheia às discussões de ambos, lhe puxou a orelha ao corrigir sua informação de que foi ele quem fez o pátio da feira, quando toda cidade sabe que foi obra feita com o governo do Estado na época de Mendoncinha.

Virulência pra cima de JM
MANECO

Surpreendeu a todos. Teve um desempenho oratório muito superior ao que vem mostrando em seus eventos de campanha. Também levou sua claque e foi muito aplaudido quando acochou João, inclusive pelos Andreístas.

O fato de ter sido VALENTE com João Mendonça fez com que muita gente mudasse de postura em relação a sua candidatura, vista por muitos como balão de ensaio apenas.

 Maneco foi o mais combativo e também o
que mais fez promessas inexequíveis
Acontece que, se por um lado, soube encostar João na parede, por outro, não diz nada com nada. Vejamos:

- Vai dar aportes mensais para que a AEB sane seu débito com o INSS (sendo que desconhece o valor do débito)

- Disse que o estado tem 3 autarquias, quando na verdade o número é perto de 10.

- Vai iluminar e calçar TODAS AS RUAS DE TODA A CIDADE, DE TODOS OS DISTRITOS E DE TODAS AS VILAS.

- Construir um novo hospital. (AO INVÉS DE TER UM MAIS OU MENOS, TERÁ 2 RUINS)

Ou seja...Não convence pelas propostas, e sim pelos ataques bem merecidos a João Mendonça.

ANDRÉA MENDONÇA

A única que não levou torcida, como foi acordado com a organização, Andréa enfrentou a apreensão de um primeiro debate na sua vida. Saiu de cabeça erguida, sem ter enfrentado grandes percalços.

Enquadrou João quando este se quis dizer pai do Pátio da Feira. Saiu-se bem quando quiseram responsabilizá-la pelos erros da gestão de Coca-Cola, dizendo: “quero ser cobrada a partir de 1 de janeiro. Mas pelo que fizera  João Mendonça ou Marcos, eu não posso ser cobrada. Cobrem-me pelo que EU FIZER.

Quando foi interrompida pela turma de João Mendonça, que tentou vaiar quando ela falou o nome de Wilsinho, Andréa foi firme e bradou: EI, POSSO FALAR, QUERIDA? EU OUVI TODOS AGORA PEÇO QUE TAMBÉM ME OUÇAM SEM INTERROMPER. É ASSIM NAS DEMOCRACIAS.

O mais chocante foi ver que, quando o professor Estevão recriminava as tentativas de vaias com um discurso severo, os mesmo que tentaram vaiar aplaudiram, para ficar de bonzinhos na fita. Não senhores...Era a turma de JM que ensaiava vaias, mas nem isso conseguiu fazer direito.

Em síntese: Andréa foi ao debate com uma missão: apresentar suas propostas e não se emeter em ingrizia. Conseguiu isso com firmeza. Deixou as arengas para os outros dois e se portou com classe. Maneco se sobressaiu pelos fortes ataques a JM, que não sabemos se surtiu ou não o efeito esperado. João ficou o tempo todo na defensiva e atordoado, precisando que Nilton Senhorinho por diversas vezes tivesse que ir assessorá-lo passando cola.


0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More