VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

sábado, 27 de junho de 2015

NÁUTICO VACILA E FICA NO 3x3 COM O ABC EM NATAL PELA SÉRIE B

Com informações do Blog do Torcedor -

O Náutico poderia ter saído do Frasqueirão, em Natal, com uma boa prova de reação depois de dois jogos sem vencer na Série B. Poderia. Isso porque o Timbu não soube segurar o resultado de vitória, mesmo tendo ficado na frente três vezes na partida deste sábado contra o ABC. Pior para os alvirrubros, que empatam em 3×3 e amargam um gosto amargo na boca. O resultado não deixa de ser ruim por ter sido fora de casa, lógico, mas pelo contexto do duelo, e pelos resultados recentes do time do técnico Lisca, acaba sendo frustrante. Pedro Carmona e Marino, duas vezes, marcaram para os visitantes, enquanto Marcílio, Keyke e Edno empataram para os donos da casa.

Contra o Oeste, no próximo sábado, na Arena Pernambuco, o Náutico vai tentar reencontrar a vitória, já são três jogos sem ganhar na Segundona. Vencer será fundamental já que o Timbu caiu para quarto com 18 pontos. Já o ABC, que está em 11º com 12, recebe o Macaé e tentará somar três pontos pela primeira vez jogando em casa nesta Série B.

Timbu aposta na defesa e quase se sai bem

O Náutico foi para o confronto com o ABC seguindo a cartilha básica de seus jogos nesta Série B: apostou na defesa e foi eficiente com as poucas chances que teve lá na frente. Os alvirrubros ficaram lá atrás durante boa parte dos 90 minutos e exploraram praticamente os contra-ataques. Deu certo, mas nem tanto. A equipe conseguiu fazer os três gols que poderiam ter dado a vitória, mas os vacilos lá atrás castigaram uma boa estratégia dos alvirrubros. Uma equipe que deseja brigar pelo G4 não pode bobear tanto como o Timbu neste sábado, ainda mais quando está na frente no placar. Os três gols dos potiguares servem de lição para os pernambucanos.

Outro ponto que a equipe de Lisca precisa melhorar para o futuro é a saída de jogo. Também por conta disso o Náutico não saiu do Frasqueirão com um resultado melhor. O Timbu até conseguiu roubar algumas bolas do ABC, principalmente no primeiro tempo, mas cometeu muitos erros para conectar o contragolpe, principalmente de passes. Faltou também maior velocidade para chegar à meta adversária. Ainda assim dois dos gols alvirrubros, o de Carmona e o primeiro de Marino, saíram em contra-ataques. O outro do volante foi marcado em chute de fora da área.

Mas o empate não saiu apenas porque o Náutico deu bobeira. O ABC também merece méritos por sempre ter ido atrás da recuperação, especialmente no segundo tempo, quando teve maior volume de jogo. Poderia até ter virado o jogo se não cometesse tantos erros na criação.

Mandou bem, Marino

Normalmente com a missão de marcar, o volante Marino se destacou nesta partida também pelo faro de gol. Foram dois dele no jogo. E os dois foram bonitos. No primeiro dele, apareceu bem como elemento surpresa e finalizou como um atacante para o fundo das redes, foi o segundo gol do Náutico na partida. Já na outra oportunidade, acertou um belo chute de fora da área, marcando o terceiro do Timbu. Na falta de uma maior eficiência dos atacantes, Marino chamou a responsabilidade no gramado.

FICHA DA PARTIDA – ABC 3X3 NÁUTICO

ABC: Saulo; Igor Julião (Reinaldo), Suelinton, Leonardo Luiz e Marcílio (Jussandro); Fábio Bahia, Neto Coruja, Dedé e Edno; Kayke e Fabinho Alves (Bismark). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Náutico: Júlio César; Guilherme (Flávio), Diego, Fabiano Eller e Gastón; João Ananias, Marino, Willian Magrão (Felipe Soutto), Hiltinho e Pedro Carmona (Renato); Douglas. Técnico: Lisca.

Série B (9ª rodada). Local: Estádio Frasqueirão (Natal-RN). Árbitro: Eduardo de Santana Nunes (SE). Assistentes: Daniel Vidal e Oberto da Silva (ambos de SE). Gols: Pedro Carmona (N) aos 35, Kayke (ABC) aos 36 e Marino aos 45 minutos do primeiro tempo. Marcílio (ABC) aos 4, Marino (N) aos 27 e Edno (ABC) aos 41 do segundo. Amarelos: Saulo (ABC), Hiltinho (N), Suelinton (ABC), João Ananias (N), Júlio César (N), Gastón (N) e Renato (N).

Foto: Divulgação

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More