VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

domingo, 21 de junho de 2015

BRASIL VENCE A VENEZUELA POR 2x1 E ENFRENTA O PARAGUAI NA QUARTAS DE FINAL DA COPA AMÉRICA

Com informações do NE10 -

Com um futebol menos tenso e, claro, diante de um adversário inferior, o Brasil venceu a Venezuela por 2x1 neste domingo (21), em Santiago e fechou a participação na primeira fase da Copa América em primeiro lugar do Grupo C, com seis pontos. O adversário nas quartas de final será o Paraguai, em jogo marcado para sábado (27), em Concepción.

O Brasil não precisou de muito tempo para se impor. Aos nove minutos, Robinho bateu escanteio da direita e a bola passou por todo mundo, menos por Thiago Silva, que emendou de primeira, sem chance de defesa para Baroja. Era tudo que o time de Dunga precisava para conduzir o jogo sem a ansiedade e tensão que entraram em campo diante da Colômbia.

O time até cometeu o pecado de afrouxar a marcação no meio de campo nos dez minutos seguintes ao gol e ainda assim não sofrer risco. Convenhamos, por mais que a Venezuela tenha evoluído ainda está muito abaixo da condição de se impor a um time ainda vacilante, mas muito superior tecnicamente. As coisas só melhoraram quando o trio de meio - Fernandinho, Elias e Coutinho - aproximou-se da linha ofensiva formada por Robinho, Firmino e William.

Dessa forma o time Canarinho passou a roubar a bola antes do adversário ultrapassar a linha divisória do gramado e controlá-la mais distante da área. Tanto que o único lance de perigo venezuelano aconteceu aos 43 num cruzamento despretensioso de Cichero, que passou raspando a trave.

A mesma história do primeiro tempo repetiu-se no segundo. A constante troca de posições entre Robinho e William facilitou o segundo gol brasileiro aos seis minutos. O jogador do Chelsea arrancou pela esquerda e cruzou de três dedos para Firmino aparecer pelo meio e completar para as redes. Qualquer pretensão da Venezuela levou uma caixa d'água fria na cabeça.

E entramos naquela de controlar o jogo e só tentar algo no contra-ataque. O problema é que a Venezuela não se atiraria de qualquer jeito como, efetivamente, não o fez. E ainda teve a contribuição de Dunga, que acionou Marquinhos e David Luiz nos lugares de Robinho e Firmino. 

David posicionou-se como volante e Marquinhos o lado direito auxiliando Daniel Alves. O mais curioso é que a Venezuela teve mais presença ofensiva justamente quando os pentacampeões estavam mais defensivos. Isso culiminou com o gol de Fedor aos 39. Arango bateu falta e Jefferson ainda tocou na bola o suficiente para ela beijar a trave esquerda. No rebote, o jogador de nome curioso mergulhou de cabeça para diminuir.  Nos acréscimos, os Vinhos Tintos ainda deram um susto mas o Brasil segurou a vitória.

Foto: Divulgação

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More