VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

sexta-feira, 3 de junho de 2016

H1N1 ESTÁ RELACIONADO A 13 MORTES QUE OCORRERAM ESTE ANO EM PERNAMBUCO

Com informações do FOLHApe -

Até o dia 21 de maio, ocorreram 13 mortes em Pernambuco relacionadas a influenza A H1N1, de acordo com um boletim divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). Os dados apontam que, neste período, ocorreram 40 casos da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) com evolução para óbito. Desses, 13 foram confirmados para H1N1 (5 no Recife, 1 em Olinda, 1 em Caruaru, 1 em Palmares, 2 em Jaboatão dos Guararapes, 1 em Petrolândia, 1 em João Alfredo e 1 em São Lourenço da Mata) e 15 por SRAG não especificada.

Os demais óbitos estão em investigação e podem ter sido provocados por diversos vírus, como adenovírus, vírus sincicial respiratório, influenza (A H1N1, AH3 Sazonal, B e vários outros subtipos), parainfluenza (1, 2 e 3), e diversas bactérias, além de outros agentes etiológicos, como fungos. Em 2015, no mesmo período, 20 casos de SRAG evoluíram para óbito, sem confirmação de influenza.

Até 28 de maio, foram notificados 605 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 54 confirmações de H1N1. No mesmo período de 2015, foram notificados 545 casos de SRAG. Ainda não houve confirmação para H1N1. No ano de 2015, no mesmo período, 20 casos de SRAG evoluíram para óbito, sem confirmação de influenza.

São Paulo
Sobre o óbito por H1N1 de uma criança pernambucana, divulgado pelo Ministério da Saúde, a SES informou que a vítima estava há 11 meses internada em um hospital de São Paulo, onde contraiu a doença e onde permaneceu até o falecimento.

Foto: Reprodução

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More