VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

quarta-feira, 29 de junho de 2016

SPORT PERDE PARA O VITÓRIA DA BAHIA PELO BRASILEIRÃO 2016

Com informações do FOLHApe -

Com os nervos à flor da pele, o Sport deixou a Bahia derrotado por 3x2 para o Vitória, nesta quarta-feira (29), no Barradão. Com dois expulsos, além do treinador Oswaldo de Oliveira, o Leão não teve forças para segurar os baianos e pode retornar para a zona de rebaixamento já nesta rodada, dependendo do resultado dos demais concorrentes. O time agora concentra suas forças para buscar a reabilitação na próxima segunda-feira (04), diante do Palmeiras, na Ilha do Retiro.

Um lampejo de futebol e um descontrole geral por parte do Sport, assim pode ser resumido o primeiro tempo da partida. Entre altos e baixos, o Leão segurou a pressão inicial imposta pelos mandantes. Mantendo o esquema da goleada sobre a Chapecoense, no último domingo, o treinador Oswaldo de Oliveira teve dois desfalques importantes de última hora. O volante Rithely e o goleiro Magrão foram vetados pelo Departamento Médico e tiveram Ronaldo e Agenor como seus substitutos. E logo aos quatro minutos, Agenor abafou lance com Amaral. Aos dez, em falha da zaga, Dagoberto bateu fraco para a defesa do goleiro. Recomposto do susto, o Leão conseguiu botar a bola no chão e respirar. E assim nasceu o gol. Em linda assistência de Rodney Wallace, Matheus Ferraz foi perfeito no papel de atacante, matando no peito e batendo cruzado de primeira: 1x0.

Tudo controlado pelos pernambucanos, que passaram a dominar a partida. Mas, aos 24 minutos, um lance decisivo. Em lance de pura imaturidade, Everton Felipe, que já tinha amarelo, deu um carrinho desnecessário na lateral e tomou o vermelho. Dez minutos depois, Oswaldo de Oliveira perdeu a cabeça e também foi expulso. Com um a mais, os baianos demoraram a retomar a pressão, mas nos cinco minutos finais da primeira etapa a coisa esquentou. E aos 44, Vander dominou na área e bateu rasteiro, deixando tudo igual: 1x1.

Na segunda etapa, mais descontrole pernambucano. Sem poderio ofensivo, o time foi encurralado facilmente pelos mandantes. Aos 16, Euller foi lançado na área e bateu rasteiro para virar a partida. Desnorteado, o Leão tomou o terceiro dois minutos depois, com Nickson cabeceando sozinho e ampliando. Matheus Ferraz ainda descontou, mas não foi o suficiente para voltar para Recife com um ponto na bagagem.

Foto: Reprodução

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More